Zebra cipriota, Apoel bate Lyon nos pênaltis e avança na Champions

7 03 2012

Gigante francês esbarrou no mau momento e na raça cipriota dentro de campo

Por Luiz Queiroga

Na base da superação, o Apoel bateu o Lyon diante de sua torcida e avançou às quartas de final (Foto: Getty Images)

A legião luso-brasileira do Apoel entrou em campo nesta quarta-feira (7) e promoveu uma das maiores zebras dos últimos anos da UEFA Champions League. Com quatro brasileiros e três portugueses, o time do Chipre bateu o gigante Olympique de Lyon nos pênaltis e conseguiu o feito inédito na história do clube de avançar para às quartas de final da competição.

Precisando reverter o resultado adverso do primeiro jogo, quando os franceses venceram por 1 a 0, o Apoel contou com o apoio da fanática torcida para balançar as redes logo aos oito minutos, com o brasileiro Manduca.

O gol fez com que o Lyon saísse da postura defensiva para a ofensiva, aproveitando as descidas de Michel Bastos pela esquerda e os chutes de Ederson pela direita. O empate só não aconteceu por incompetência de Lisandro López e Briand, que estavam desperdiçando grandes oportunidades.

O melhor momento francês no primeiro tempo foi em lance inusitado de Ederson, que cruzou na área mas teve a bola lançada em direção ao gol, assustando ao goleiro Chiotis, que espalmou para fora.

Na etapa complementar, a superação cipriota permanecia. Desperdiçando alguns bons lances no ataque, o Apoel soube se segurar bem na defesa, ainda mais depois de Manduca ter sido expulso, e levou a decisão para a prorrogação.

Meia hora de jogo não foi suficiente para a classificação ser assegurada por uma das duas equipes, que precisou ser definida nos pênaltis. Em duas grandes defesas do goleiro Chiotis nas bolas de Michel Bastos e Lacazette, o Apoel foi a zebra amarela e azul do torneio europeu.

Alexandrou não desperdiçou sua cobrança (Foto: Getty Images)

FICHA TÉCNICA:
APOEL 1 (4) X (3) 0 LYON

Estádio: GSP Stadium, Nicósia (CHP)
Data/hora: 07/3/2012 – 16h45 (de Brasília)
Árbitro: Alberto Undiano (ESP)
Auxiliares: Roberto Fernández (ESP) e Jesus Guadamuro (ESP)
Cartões amarelos: Manduca (APO), Solari (APO), Ailton (APO), William (APO); Michel Bastos (LYO), Gonalons (LYO)
Cartões vermelhos: Manduca (APO)
GOLS: Manduca 8’/1ºT (1-0)

APOEL: Chiotis, Paulo Jorge, Oliveira, Poursaitides e Hélder Sousa (Alexandrou 3’/1ºT prorrogação); William, Charalambides (Marcinho 31’/2ºT), Manduca e Nuno Morais; Aílton e Solari (Trickoviski 28’/2ºT). Técnico: Ivan Jovanovic.

LYON: Lloris, Cris, Koné e Réveillère; Cissokho, Källström, Ederson (Gomis 27’/2ºT) e Michel Bastos; Gonalons, Lisandro López e Briand (Lacazette 9’/1ºT prorrogação). Técnico: Rémi Garde.

Anúncios




Em disputa pela liderança, PSG empata com o Montpellier e assegura ponta

20 02 2012

Time parisiense contou abriu o marcador com bonito chute de Alex; briga pela classificação para a Europa League está acirrada

Por Luiz Queiroga

Nesse final de semana aconteceu a 24ª rodada do Campeonato Francês e o Jornalismo FC traz um resumo dos principais resultados:

PSG 2 x 2 Montpellier

Alex comemora com o companheiro Nenê primeiro gol da partida (Foto: Reuters)

O confronto entre Paris Saint-Germain e Montpellier era visto como uma final antecipada pela imprensa local ao decorrer da semana. Os dois são os únicos que brigam pelo título, mas o empate por 2 a 2 apenas deu mais emoção ao campeonato.

Em jogo disputado no Estádio Parque dos Príncipes, o marcador só foi inaugurado aos 40min, em lance brasileiro. Cobrando falta próxima da área, Nenê rolou a bola para o companheiro Alex acertar um fortíssimo chute. Passados apenas seis minutos, o Montpellier empatou com Belhanda, de cabeça.

Na etapa complementar, os visitantes viraram com Utaka, aos 37min. Com o resultado, a equipe assumia a liderança, mas graças a bela jogada individual de Menez pelo lado do campo, o PSG retomou o topo da tabela após o francês cruzar para Hoarau igualar o marcador. O resultado fez com que os parisienses somassem 51 pontos, um a mais que o Montpellier.

Olympique de Marselha 1 x 1 Valenciennes

Brandão e Gil: companheiros de Cruzeiro se reencontraram na França (Foto: AP)

O Valenciennes conseguiu um empate fora de casa contra o Olympique de Marselha graças a um brasileiro. Disputando vaga para a UEFA Europa League, o time da casa partiu para o ataque e balançou as redes logo aos 16 minutos, em grande jogada de Alou Diarra.

No segundo tempo, porém, os visitantes conseguiram o empate após o ex-cruzeirense Gil finalizar bem aos seis minutos. O resultado fez com que o Olympique embolasse a briga pela classificação para o torneio europeu somando 39 pontos, alcançando a quarta posição. Já o Valenciennes está em 13º lugar, com apenas 25 pontos.

 

Briga pela vaga da UEFA Europa League

A quarta posição do Campeonato Francês, atualmente do Olympique de Marselhesa, recebe uma análise especial por estar sendo disputada por seis equipes.

O Bordeaux venceu o rival direto Olympique de Lyon pelo placar mínimo, com o gol de Gouffran, aos 41min do primeiro tempo, em casa. O resultado fez com que os girondinos somassem 36 pontos.

A equipe girondina conseguiu um grande resultado diante o rival (Foto: Divulgação/Olympique de Lyon)

Outro que também venceu foi o Saint-Etienne com uma goleada de 4 a 0 em cima do Rennes, adversário direto para a vaga tão desejada. Os gols foram feitos por Mignot, Batlles, Sako e Gradel, deixando a equipe com os mesmos pontos que o Bordeaux.

O Toulouse fecha a lista da concorrência, com 37 pontos. A equipe venceu por três a zero o Nancy e segue firme na briga.

Confiras os jogos da 24ª rodada do Campeonato Francês:

Sábado, 18/02
Sochaux 0 x 0 Auxerre
Ajaccio 0 x 0 Brest
Caen 2 x 2 Évian Thonon Gaillard
Lorient 0 x 1 Lille
Dijon 3 x 0 Nice
Nancy 0 x 3 Toulouse
Olympique de Marselha 1 x 1 Valenciennes

Domingo, 19/02
Paris Saint-Germain 2 x 2 Montpellier
Bordeaux 1 x 0 Lyon
Saint-Etienne 4 x 0 Rennes








%d blogueiros gostam disto: