Mercado de transferências na França: Bilionários investem pesado em centroavantes

7 09 2013

Com investimento mais baixo, Lyon e Marselha jogam para surpreender na Ligue 1

Por Gustavo Soler

Paris Saint-Germain

Furacão Cavani será o novo companheiro de ataque do sueco Ibrahimovic (Foto: Getty images)

Furacão Cavani será o novo companheiro de ataque do sueco Ibrahimovic (Foto: Getty images)

Atuais campeões do Ligue 1, o bilionário sheik Nasser investiu 113 milhões de euros para montar uma equipe que brigará com os gigantes europeus pelo título da Champions League. A principal contratação do time da capital francesa foi o atacante uruguaio Cavani. O camisa 9 custou 63 mi aos cofres do PSG.

Ao lado de Cavani, garotos Digne e Marquinhos são as apostas do PSG (Foto: Divulgação / Site oficial do PSG)

Ao lado de Cavani, garotos Digne e Marquinhos são as apostas do PSG (Foto: Divulgação / Site oficial do PSG)

Junto com o centroavante, o Paris Saint-Germain investiu em dois jovens que apareceram muito bem na última temporada. Um deles foi o brasileiro Marquinhos, ex-Corinthians e peça fundamental no sistema defensivo da Roma em 2013. O novo camisa 5 custou 35 milhões de euros. O outro garoto é o lateral esquerdo francês Digne. Por 15 mi os campeões nacionais o trouxeram do Lille.

Time base: Sirigu, Jallet (Van Der Wiel), Thiago Silva, Marquinhos e Maxwell (Digne); Verratti, Matuidi, Lucas e Pastore; Ibrahimovic e Cavani.

Técnico: Laurente Blanc.

Expectativa na Ligue 1: Título.

Olympique de Marselha

Com o vice-campeonato na última temporada, a equipe do Marselha corre por fora na disputa pelo título do Campeonato Francês com os bilionários PSG e Mônaco. A equipe treinada por Élie Baup apostou em jovens promessas do país para esta temporada, sendo a principal contratação o meia-atacante Payet, ex-Lile.

Além do Payet, o Marselha também trouxe o seu companheiro de ataque Thauvin por 15 milhões de euros. O lateral esquerdo Mendy, ex-Le Havre, o volante Imbula, ex-Guingamp, e o atacante Lemina, do Lorient, também chegaram ao clube.

Time base: Mandanda, Fanni, N’Koulou, Diawara (Lucas Mendes) e Morel; Cheyrou, Imbula, Payet, Valbuena e André Ayew; Gignac (J. Ayew).

Técnico: Élie Baup.

Expectativa na Ligue 1: Vaga na Champions League.

Lyon

Mantendo a base na última temporada e apostando no talento dos seus jogadores da base, o Lyon não teve grandes investimentos na temporada, tendo contratado apenas o lateral esquerdo Bedimo, do Montpellier, por 2 milhões e euros e pego por empréstimo o lateral direito Miguel Lopes.

Time base: Anthony Lopes, Miguel Lopes, Bisevac, Umit e Bediimo; Gonalons, Mvuemba, Gourcuff e Grenier; Lacazette e Gomis.

Técnico: Rémi Garde.

Expectativa na Ligue 1: Vaga na Champions League.

Mônaco

Falcão foi a grande contratação da equipe do principado (Foto: Getty images)

Falcão foi a grande contratação da equipe do principado (Foto: Getty images)

A equipe se tornou o novo bilionário sensação da temporada. Após o regresso à primeira divisão da França, o Mônaco investiu para montar um time forte e competitivo. A principal contratação foi o atacante Falcão, ex-Atlético de Madri, custando 60 milhões de euros.

Companheiros de Falcão no Porto, James Rodriguez e João Moutinho também são destaques do novo rico (Foto: Divulgação / Site oficial do Mônaco)

Companheiros de Falcão no Porto, James Rodriguez e João Moutinho também são destaques do novo rico (Foto: Divulgação / Site oficial do Mônaco)

Além do centroavante, o também colombiano James Rodriguez, do Porto, e o seu companheiro João Moutinho chegaram ao time do principado. Os experientes Ricardo Carvalho, Toulalan e Abidal chegaram à Mônaco para serem os líderes do time. Além deles, os jovens Kondogbia e Martial, e o goleiro argentino Romero foram apresentados ao clube.

Time base: Romero, Fabinho, Ricardo Carvalho, Raggi (Kurzawa) e Abidal; Toulalan, Kondogbia, João Moutinho; James Rodriguez, Falcão e Ocampos.

Técnico: Claudio Ranieri.

Expectativa na Ligue 1: Título.

Anúncios




Lazio anuncia contratação do brasileiro Ederson

2 07 2012

O meio-campista, que não havia renovado o contrato com o Lyon, assinou até 2017

Por Filipe Barbosa

A Lazio da Itália anunciou a contratação do meio-campista brasileiro Ederson, do Olympique de Lyon, numa negociação em regime de transferência livre. Foi o que informou hoje o clube da série A do Campeonato Italiano.

O meio-campista Ederson adquiriu um bom valor de mercado, após ser transferido para o futebol europeu (Foto: Michael Steele/ Getty Images)

Após passagens destacadas pelo Internacional e Juventude, ambos do futebol gaúcho, o atleta foi envolvido numa transação com o Nice da França, em 2005, quando tinha apenas 19 anos. Passados três anos, com uma performance notória, o Lyon investiu 14 milhões de euros para adquirir o jogador. No entanto, as seguidas contusões comprometeram o rendimento física e a produtividade técnica do meio-campista.

Segundo informações da agência de notícias Reuters, o jogador de 26 anos, que atuou mais de 100 vezes pela equipe francesa, havia tido o período de contrato expirado com o Lyon e firmou um acordo de transferência para a Lazio até 2017.

“A Lazio anuncia que chegou a um acordo com o jogador Ederson Honorato Campos para as próximas cinco temporadas”, afirmou o clube sediado em Roma em seu site oficial.





Pouco convincente, Lyon bate o Apoel na Champions

14 02 2012

Mesmo contando com o calor da torcida, time francês venceu pelo placar mínimo

Por Luiz Queiroga

Em partida válida pelas oitavas-de-final da UEFA Champions League, Olympique de Lyon e Apoel entraram em campo no estádio Gerland, na França. O time da casa tomou conta do jogo, mas pouco conseguiu aproveitar as inúmeras chances criadas,

Com o apoio da torcida, o Lyon controlou os principais lances de perigo e ao mesmo tempo sou segurar o Apoel no seu campo. Tendo posse maior de bola, o prata da casa Lacazette e Ederson eram os responsáveis de dar trabalho para o goleiro Chiotis. O brasileiro apareceu aos 12min após assistência do francês e chutou cruzado forte, mas foi defendida.

O camisa 10 novamente assustou, aos 27min, quando arrematou da entrada da área pra longe. A pressão do Lyon seguiu nos minutos seguintes, primeiro com o argentino Lisandro López, que mirou o canto esquerdo do gol, e depois com Lacazette, que fez bela jogada individual, mas chutou por cima.

O time da casa criava bastantes oportunidades, mas as desperdiçava. Michel Bastos e Kallstrom também arrematavam bastante de fora da área, mas sem sucesso. O último grande lance do primeiro tempo foi com Lacazette, que soltou uma bomba de fora da área, exigindo difícil defesa de Chiotis.

Na etapa complementar, o Lyon seguia melhor, mas precisava balançar as redes para não ter problemas no jogo de volta, na casa do adversário. Logo aos dois minutos, Ederson avançou pela direita, passou do goleiro, mas seu chute foi interceptado pelo zagueiro Paulo Jorge, que se jogou para evitar o gol.

Na base da insistência, o time da casa abriu o marcador com Lacazette, melhor da partida, aos 12min. O francês contou com a assistência do brasileiro e capitão Cris, que avançou por todo o meio de campo, e chutou contando com desvio para anotar o primeiro da partida. Logo após o gol, o atacante deu lugar para Briand, saindo de campo bastante ovacionado pela torcida.

O Lyon passou a administrar a partida, controlando bem o Apoel, que tinha bastante dificuldade de criar jogadas. Os franceses agora contam com a vantagem para se classificar à próxima fase da competição no confronto de volta, que acontecerá no dia 7 de março, no Chipre.





Campeonato Francês – 23ª Rodada

13 02 2012

Goleada de Montpellier e tropeço do PSG esquentam a briga pela ponta

Por Luiz Queiroga

Neste final de semana aconteceu a 23º Rodada do Campeonato Francês e o Jornalismo FC traz um resumo dos principais jogos da League 1:

Nice 0 x 0 PSG

Mesmo com um empate sem gols, o Paris Saint-Germain segue na liderança do torneio, um ponto apenas à frente do Montpellier. Mesmo Nenê, Alex, Maxwell e Thiago Motta, o time do técnico Carlo Ancelotti não conseguiu balançar as redes.

Chamou atenção a expulsão do auxiliar do treinador, o ex-jogador Claude Makelele, após discussão com membros da arbitragem. Nenê foi um dos melhores em campo, criou boas oportunidades, mas não conseguiu dar a vitória ao time da capital francesa.

Montpellier 3 x 0 Ajaccio

Com 49 pontos somados, o Montpellier segue firme em busca do título. A surpreendente campanha da equipe teve mais uma grande vitória nesse sábado (11) e está apenas a um ponto do líder PSG.

O primeiro tempo foi sem grandes emoções, mas a etapa complementar teve uma partida completamente diferente. Aos oito minutos, Belhanda marcou de pênalti. Depois foi a vez de Cabella balançar as redes, aos 19min. Quatro minutos depois, Giroud deu números finais à goleada.

Próxima rodada decisiva e com fortes emoções: Paris Saint-Germain e Montpellier se enfrentarão em pleno Parque dos Príncipes, casa do time de Nenê.

Lyon 1 x 2 Caen

Atuando diante de sua torcida no estádio Gerland, o Olympique de Lyon decepcionou ao perder para o modesto Caen. O time que está lutando contra o rebaixamento abriu o placar logo aos 13min, com Hamouma. Aos 29, Nabab anotou o segundo dos visitantes.

O time dos brasileiros Cris, Ederson e Michel Bastos não acordou e pouco criou em toda a partida. O argentino Lisandro López foi o responsável pelo gol de honra do Lyon, aos 41min do segundo tempo. A equipe está em quarto lugar com apenas 39 pontos.
Lille 4 x 5 Bordeaux

O principal destaque da rodada foi a grande partida entre Lille e Bordeaux. Desde o apito inicial, o clima de goleada surgiu quando Nicolas Maurice-Belay aproveitou o rebote do goleiro após chute de Ludovic Obraniak para estrear o placar logo aos dois minutos para o Bordeaux.

Pouco depois, o time da casa empatou com David Rozehnal e virou aos 18min, quando Grouffan tocou para Obraniak virar o jogo. O resultado voltou apenas a ser alterado no segundo tempo, quando Maurice-Belay arrematou para anotar o terceiro gol. Aos 15min, Grouffan marcou mais um para o Bordeaux, praticamente selando a vitória.

Os minutos seguintes, porém, não foram como os visitantes esperavam. O Lille teve uma reação surpreendente, começando pelos pés de Eden Hazard, cobiçado por grandes da Europa, ao cobrar perfeitamente falta próxima à área, sem chances de gol, aos 19min. Aos 29, Debuchy diminuiu o prejuízo e o empate veio aos 44min.

Mais surpreendente que a reação do time da casa, contudo, foi a determinação girondina em não deixar que a vitória quase assegurada ao decorrer do jogo fosse em vão. No último de acréscimos, o ex-Fluminense Mariano cruzou para Sertic desviar de cabeça e deixar o polonês Obraniak em ótima posição para deixar o Bordeaux novamente à frente no placar.

SÁBADO (11/02)
Auxerre 1×1 Lorient
* Evian x Olympique de Marselha
Lyon 1×2 Caen
Montpellier 3×0 Caen
Valenciennes 1×0 Nancy
Rennes 1×0 Sochaux
Brest 1×1 Dijon

DOMINGO (12/02)
Lille 4×5 Bordeaux
Nice 0x0 PSG
Toulouse 0x1 Saint Etienne

* Jogo adiado devido ao mau tempo





Com Kaká ovacionado, Real vence o Ajax pela Champions

28 09 2011

Brasileiro tem sua melhor partida pelo clube merengue e time goleou por 3 a 0; Lyon também ganha, com direito a um belíssimo gol

Por Luiz Queiroga

Sem o técnico José Mourinho, suspenso, comandando a equipe à beira do gramado, coube ao auxiliar Aitor Karanta liderar o Real Madrid diante do Ajax em pleno Santiago Bernabéu. Mesmo sem nenhuma estrela em campo, o time holandês assustou os merengues nos primeiros minutos de partida, logo aos 40 segundos de bola rolando, Casillas foi obrigado a efetuar uma complicada defesa contra o chute forte de Boerrigter. Aos sete minutos,  o islandês Sigthórsson assustou novamente o time da casa.

Com Kaká titular, o Real demorou em acertar seu ritmo de jogo, mas, quando finalmente o entrosamento surgiu, os lances de ataque do Real Madrid foram acontecendo. Aos 16 minutos, Benzema recebeu belo passe de Khedira, mas chutou rente à trave. O lance fez com que o time merengue ousasse mais e, aos 25, em um contra-ataque espetacular envolvendo passes rápidos entre Özil, Kaká e Benzema, o francês encontrou Cristiano Ronaldo livre na área, que tocou para o fundo da rede.

Aos 41, o brasileiro recebeu do português e chutou da entrada da área com o pé esquerdo, sem chances para o goleiro adversário. O gol foi o primeiro de Kaká na UEFA Champions League desde setembro de 2009. O meia apareceu novamente, no início do segundo tempo, dando uma assistência para Benzema dar números finais à partida.

Lyon 2 x 0 Dinamo Zagreb

Pelo outro confronto do grupo D, o Olympique Lyon não teve dificuldades de vencer o Dinamo Zagreb jogando em casa, com o apoio da torcida, pelo placar de 2 a 0. Os gols aconteceram no primeiro tempo e o que estreou o marcador foi de cobertura, em lindo lance protagonizado pelo atacante Gomis, aos 23 minutos. Koné também anotou o seu.





Sorteio coloca Barça e Milan no mesmo grupo da UEFA Champions League

25 08 2011

Além dos espanhóis, os ingleses do Manchester City também caíram num grupo complicado, ao lado de Vilarreal e Bayern de Munique 

Por Luiz Queiroga

 Nesta quinta-feira, em Mônaco, a UEFA sorteou os grupos da Champions League 2011-2012, o maior torneio entre clubes da Europa. Como é de costume, gigantes do Velho Continente se enfrentarão logo na fase de classificação, dando emoção ao campeonato logo nas primeiras rodadas.

O atual campeão Barcelona vai disputar a primeira posição do Grupo H com o forte Milan dos brasileiros Robinho, Pato e Thiago Silva, uma vez que os outros dois clubes da mesma chave são mais fracos tecnicamente: Bate Borisov, campeão da Bielorússia, e Viktoria Plzen, da República Tcheca.

Pelo grupo D, o Real Madrid, maior campeão da competição com nove títulos, terá pela frente o Lyon. O clube francês sempre deu trabalho para os merengues nos últimos anos, eliminando-os na fase de mata-mata, exceto na temporada passada, quando os espanhóis conseguiram se classificar para a fase seguinte.

O grupo da morte desta vez é o A, que tem Bayern de Munique, Manchester City, Villarreal e Napoli juntos, clubes de tradição da Europa.

O evento marcou a presença especial de personalidades do futebol mundial, como o craque português Luís Figo, o gênio Bobby Charlton, campeão do mundo pela Inglaterra na Copa de 1966, o ex-meia holandês Ruud Gullit, o ex-capitão alemão Lothar Matthaus, além da presença de Puyol, capitão do Barcelona, último a erguer o troféu de campeão.

Confira os grupos da edição da Liga dos Campeões  2011/2012:

Grupo A: Bayern de Munique, Villarreal, Manchester City, Napoli

Grupo B: Inter de Milão, CSKA Moscou, Lille, Trabzonspor

Grupo C: Manchester United, Benfica, Basel, Otelul Galati

Grupo D: Real Madrid, Lyon, Ajax, Dínamo Zagreb

Grupo E: Chelsea, Valencia, Bayer Leverkusen, Genk

Grupo F: Arsenal, Olympique de Marselha, Olympiacos, Borussia Dortmund

Grupo G: Porto, Shakhtar Donetsk, Zenit, Apoel

Grupo H: Barcelona, Milan, BATE Borisov, Viktoria Plzen





Real Madrid encara Lyon para terminar com tabu

22 02 2011

O Real Madrid enfrenta hoje o Lyon no Stade de Gerland, em Lyon, na França, no jogo de ida das oitavas de final da Champions League. Maior vencedor da história da competição com nove títulos, o time da capital espanhola não passa desta fase há seis anos. Na outra partida da noite, o Chelsea vai até à Dinamarca jogar contra o Copenhague no Parken Stadion.

Lyon x Real Madrid
O destaque desta partida vai para o Real Madrid, mas não pelos seus jogadores, nem pelo seu técnico. O colosso espanhol não atinge as quartas de final desde a temporada 2003/2004. Na altura, bateu o Bayern de Munique nas oitavas de final (resultado agregado de 2 a 1) e foram eliminados pelo Mônaco, finalista dessa edição, nas quartas de final (venceram 4 a 2 no jogo de ida e perderam 3 a 1 no de volta, 5 a 5 no total e os franceses avançaram devido à regra dos gols marcados fora).

Na temporada passada, o Real Madrid foi eliminado pelo Lyon nesta fase da competição. Perdeu o jogo de ida na França por 1 a 0 com um gol do meia Makoun, e empatou em casa a um gol, tentos de Cristiano Ronaldo para os “merengues” e de Pjanic para o Lyon.
Vale lembrar ainda que o Real Madrid jamais venceu o Lyon na Champions League. Nos seis encontros anteriores, o time gaulês levou a melhor por três ocasiões e empatou outras três:
13/09/2005 – Fase de Grupos – Lyon 3 x 0 Real Madrid
23/11/2005 – Fase de Grupos – Real Madrid 1 x 1 Lyon
13/09/2006 – Fase de Grupos – Lyon 2 x 0 Real Madrid
21/11/2006 – Fase de Grupos – Real Madrid 2 x 2 Lyon
16/02/2010 – Oitavas de Final – Lyon 1 x 0 Real Madrid
10/03/2010 – Oitavas de Final – Real Madrid 1 x 1 Lyon – Lyon se classificou com 2 a 1 no agregado

O Lyon passou em segundo lugar no Grupo B com 10 pontos, três atrás do Schalke 04, marcando 11 gols (1,83 por jogo) e sofrendo 10 (média de 1,67) no processo.
No Campeonato Francês, vem de uma vitória por 4 a 0 sobre o Nancy e ocupa a quarta colocação com 41 pontos, quatro a menos que o líder Lille.
Para este encontro, o técnico Claude Puel não poderá contar com o atacante argentino Lisandro López, que se lesionou na coxa na quinta-feira passada (17) e ficou de fora da partida de sexta-feira (18) contra o Nancy. No entanto, os meias Gourcuff, Grenier e César Delgado, estão de regresso após lesão.

Os comandados de José Mourinho se classificaram no primeiro lugar do Grupo G, também conhecido como “grupo da morte” – onde jogou contra Milan, Ajax e Auxerre -, com 16 pontos em 18 possíveis, conquistando cinco vitórias e um empate – o melhor desempenho entre todos os participantes. Marcou 15 gols (2,5 por jogo) e sofreu apenas dois (0,33 por jogo).
É a equipe que mais chutou até agora nesta edição da liga milionária. Foram 54 a gol (média de 9 por jogo) e 56 fora do alvo (9,33 por partida).
Vem de uma vitória por 2 a 0 frente ao Levante no Campeonato Espanhol e ocupa a segunda posição com 60 pontos, cinco atrás do Barcelona.
O zagueiro Pepe é a principal dúvida para este jogo devido a uma lesão na panturrilha e poderá ser substituído por Albiol no eixo da defesa.

Copenhague x Chelsea
Os dinamarqueses do Copenhague já se encontraram por duas ocasiões com o atual campeão inglês Chelsea. No ano de 1998, pela extinta Taça das Taças, conhecida no Brasil como Recopa Europeia, os escandinavos foram a Londres empatar por 1 a 1 no jogo de ida e perderam em casa pelo placar mínimo no jogo de volta – gol do atacante Brian Laudrup, que no ano seguinte viria a representar o Copenhague -, sendo então eliminados da competição.
Na Champions League, o atual campeão dinamarquês chega às oitavas de final pela primeira vez na sua história e pretende aproveitar a má fase do seu adversário.

O Chelsea não vence desde o dia 1 de fevereiro pelas competições nacionais. Na altura, bateu o Sunderland fora de casa por 4 a 2. Desde então, pela Premier League, perdeu em casa frente ao Liverpool e empatou sem gols contra o Fulham, o que deixou o time de Carlo Ancelotti no quinto posto com 45 pontos, 12 a menos que o líder Manchester United. No passado sábado (19), foi eliminado da Taça da Inglaterra pelo Everton perante os seus torcedores após disputa de pênaltis.
Na Champions, passou em primero lugar no Grupo F com 15 pontos, na frente do Olympique de Marselha, que terminou com 12. Os “Blues” marcaram 14 gols (2,33 por jogo) e sofreram 4 (0,67 por jogo).

Para a deslocação desta noite, Ancelotti não poderá contar com o zagueiro David Luiz, contratado ao Benfica no final de janeiro. Visto que disputou a Champions pelos “encarnados”, está inelegível para o confronto desta noite e deve ser rendido por Ivanovic, enquanto Bosingwa deverá ocupar a lateral direita.

O time da casa se classificou no segundo lugar do Grupo D com 10 pontos, quatro a menos que o Barcelona. Para tal, balançou as redes em 7 ocasiões (1,17 por encontro) e viu o goleiro Wiland ser batido 5 vezes (0,83 por jogo).
O Copenhague jogou pela última vez no Campeonato Dinamarquês no dia 4 de dezembro de 2010, quando bateu o Esbjerg em casa por 3 a 1. Voltará a disputar o campeonato apenas no dia 6 de março, na partida fora de casa contra o Midtjylland, válida pela 20ª rodada.








%d blogueiros gostam disto: