Mercado de transferência na Espanha: Real Madrid e Barcelona prometem polarizar a briga pelo título

9 09 2013

Atlético de Madrid, Valencia e Real Sociedad correm por fora e devem disputar as outras duas vagas para a Champions League

Por João Siqueira

Real Madrid

Gareth Bale, o homem de 100 milhões de euros, agora pertence ao Real Madrid (Fonte: Daily Star)

 

O time do recém-contratado Carlo Ancelotti teve que lidar com a saída de Mesut Özil, Gonzalo Higuaín, Kaká, Raul Albiol e Callejón, mas tudo indica que a ausência desses jogadores não será um problema. A chegada dos jovens Isco e Ilarramendi é vista pela torcida como essencial para recomposição e reformulação do elenco. Além disso, com a contratação do astro Gareth Bale junto ao Tottenham, Cristiano Ronaldo terá uma grande companhia no ataque e o time do Real Madrid deve, finalmente, fazer frente ao grande elenco do Barcelona e apimentar ainda mais a briga pelo título.

Time base: Casillas (Diego López); Daniel Carjaval, Sergio Ramos, Pepe e Marcelo; Khedira, Isco, Cristiano Ronaldo, Gareth Bale, Modric; Benzema.

Técnico: Carlo Ancelotti

Expectativa na LFP: Título.

Barcelona

Messi e Neymar, agora juntos, prometem desestabilizar as defesas adversárias (Fonte: Fox Sports)

Os defensores do título da LFP prometem lutar pela conquista do bi-campeonato espanhol. A chegada de Neymar promete suprir facilmente a saída de David Villa para o Atlético de Madrid. O novo comandante do time catalão – Gerardo Martino – promete resgatar o vistoso futebol que encantou o mundo com sua posse de bola altíssima, troca de passes, marcação pressão e velocidade.

Além do brasileiro, o Barça contou com a ascensão de várias promessas da base ao time profissional. A ausência de uma defesa sólida talvez seja um problema para o elenco de Martino, mas, sem dúvidas, o elenco catalão é, ao lado do Real Madrid, um dos favoritos ao título.

Time base: Valdés; Dani Alves, Mascherano, Piqué e Jordi Alba (Adriano); Busquets, Xavi e Iniesta (Fabregas); Neymar (Pedro), Sanchéz e Messi.

Técnico: Gerardo Martino

Expectativa na LFP: Título.

Atlético de Madrid

David Villa chega ao time de Madrid com um baixíssimo custo (Fonte: Teamtalk.com)

O Atlético de Madrid, apesar de ter perdido a sua maior estrela, Falcao García, contará com os gols e a presença de David Villa, que chegou por apenas 2,1 milhões de euros. O time que conseguiu manter Diego Costa e trazer Léo Baptistão ainda se fortaleceu defensivamente. Com a chegada da grande promessa belga, o goleiro Courtois, a defesa do time de Madrid, que atualmente já conta com Miranda e Godín, promete ficar ainda mais sólida.

Time base: Courtois; Juanfran, Miranda, Godín e Filipe Luis; Gabi, Mario Suárez, Koke e Turan (Léo Baptistão); Diego Costa e David Villa.

Técnico: Diego Simeone

Expectativa na LFP: Vaga na Champions League

Valencia

O experiente Hélder Postiga chega para comandar o ataque ao lado do brasileiro Jonas (Fonte: Getty Images Europe)

O Valencia lidou com a perda de Soldado – atacante da seleção espanhola – para o Tottenham. Para suprir a vaga deixada no ataque, a diretoria buscou o português Hélder Postiga, que deve comandar o ataque do Valencia ao lado de Jonas. A chegada de Oriol Romeu para o meio-campo pode auxiliar as belas atuações de Banega, camisa 10 e responsável pela armação e criação de jogadas. Além disso, o brasileiro Diego Alves tem apresentado atuações espetaculares e tudo indica que será um dos melhores goleiros da temporada 2013/14.

Time base: Diego Alves; João Pereira, Rami, Ricardo Costa e Guardado; Javi Fuego, Banega, Sergio Canales e Michel; Jonas (Pabón) e Hélder Postiga.

Técnico: Ernesto Valverde

Expectativa na LFP: Vaga na Champions League

Real Sociedad

Haris Seferovic, um dos poucos investimentos do Real Sociedad para a temporada 2013/14 (Fonte: UEFA)

O Real Sociedad, para a temporada 2013/14, não realizou muitos investimentos. Os únicos contratados foram o jovem Haris Seferovic e Granero e Cote que chegaram por empréstimo. Sem grandes negócios, a perda de Ilarramendi não aparenta ser um obstáculo para a equipe que conseguiu a classificação para a Champions League na última temporada.

Mantendo a base do time da temporada passada e confiando no mexicano Carlos Vela, o Real Sociedad espera figurar na parte de cima da tabela durante todo o campeonato.

Time base: Claudio Bravo; Dani Estrada, Ansotegi, Íñigo Martínez e De la Bella; Bergara, Xabi Prieto e Zurutuza; Griezmann (Granero), Carlos Vela e Seferovic.

Técnico: Jagoba Arrasate

Expectativa na LFP: Vaga na Champions League

Anúncios




Após adiamento, Campeonato Espanhol começa com times sem patrocínio e muitas novidades

27 08 2011

Greve de jogadores, times de tradição sem marcas no uniforme, vendas milionárias, fique por dentro de todas as curiosidades

Por Luiz Queiroga

Cristiano Ronaldo e Messi: os melhores do mundo num dos campeonatos mais charmosos do planeta

Com uma semana de atraso, o Campeonato Espanhol iniciará neste sábado após a Liga de Futebol Profissional (LFP) e a Associação de Jogadores (AFE) terem chegado a um acordo e encerrando a greve dos atletas. Com isso, um dos torneios mais charmosos do Velho Continente estreará neste sábado, às 13h (de Brasília), com a partida entre Sporting de Gijón e Real Sociedad.

Repleta de grandes nomes do futebol mundial, como Messi, eleito melhor jogador do mundo da FIFA na última temporada, Cristiano Ronaldo e Xavi, a La Liga permanece com o enorme abismo econômico e de qualidade em elencos de Real Madrid e Barcelona, maiores clubes do país, e as outras equipes.

A crise econômica na Europa tem também complicado o mundo do futebol. Na Espanha não é diferente e oito dos 20 clubes que disputam o título nesta temporada estão sem patrocínio. Com dificuldades financeiras, as equipes espanholas não estão conseguindo pagar em dia o salário de seus elencos, acarretando em mais de 300 denúncias de jogadores da Primeira e Segunda Divisão Espanhola pelo atraso do recebimento, segundo detalhou o jornal “Marca”.

Atlético de Madri: um dos clubes de maior tradição da Espanha sem patrocíncio

Alguns investidores não veem mais vantagem nem interesse em patrocinar clubes no país, fazendo com que várias equipes recebem propostas bastante inferiores ao que esperavam, chegando a ofertas menores de R$ 6,9 milhões. Enquanto os grandes Real Madrid e Barcelona pedem pelo menos dez vezes mais para que empresas estampem suas marcas em seus uniformes.

Equipes de tradição como Valencia, Villarreal (presentes na UEFA Champions League), Sevilla e Atlético de Madri (participantes da Liga Europa) ainda não acertaram com nenhum patrocínio. Pela primeira vez na história do clube, o Barcelona acertou com uma empresa para estampar sua logomarca na camisa azul-grená: a Qatar Foundation investirá cerca de € 150 milhões (R$ 348,2 milhões) por cinco anos.

A exceção espanhola:

A maior sensação para esta temporada é o Málaga, comprado em junho do ano passado pelo bilionário Abdullah bin Nasser bin Abdullah Al Ahmed Al Thani, que conseguiu contratar diversos nomes neste ano, como Toulalan, Van Nistelrooy, Mathijsen, Sergio Sánchez, Joaquín, Isco, Buonanotte, Monreal e Santiago Cazorla. O clube ainda paga para anunciar a marca UNESCO, órgão da ONU. O mais novo milionário briga para ser a terceira potência do futebol espanhol este ano e, pelo visto, não terá muitas dificuldades para atingir este objetivo. No ano passado, a equipe do técnico Júlio Baptista conseguiu uma excelente sequência na fase final do campeonato, evitando o rebaixamento quase certo, e briga agora para tentar conseguir uma classificação para a UEFA Champions League.

Principais contratações na temporada:

Além do já citado Málaga, que desembolsou uma enorme quantia para reforçar seu elenco, outras equipes também se movimentam para seguir o mesmo caminho. O atual campeão Barcelona foi mais cirúrgico desta vez e escolheu a dedo no mercado as peças ideias para refinar a qualidade de uma equipe repleta de craques como Messi, Xavi e Puyol. À pedido do técnico Josep Guardiola, Cesc Fàbregas, sonho de consumo, e o chileno Aléxis Sánchez chegaram ao clube e já demonstraram enorme potencial para defender a equipe catalã.

No rival Real Madrid, Zinedine Zidane, ídolo da torcida, tornou-se diretor de futebol da equipe merengue e foi responsável direto pela contratação do compatriota Raphael Varane, zagueiro de apenas 18 anos, e do turco Nuri Sahin. Hamit Altintop também foi um dos destaques para esta temporada, deixando o Bayern de Munique para tentar a sorte no Santiago Bernabéu. A principal contratação, porém, foi a do lateral-esquerdo Fabio Coentrão, parceiro do astro Cristiano Ronaldo na Seleção Portuguesa, e que chegou a Madri devido às ótimas atuações pelo Benfica e indicação do próprio companheiro de seleção.

Cristiano Ronaldo e Fábio Coentrão: companheiros de seleção, agora também de clube

Outro vindo de terras lusitanas é o atacante Falcão Garcia, maior reforço do Atlético de Madri para a disputa da La Liga. O colombiano custou cerca de R$ 91 milhões aos espanhóis, já que o artilheiro Diego Forlán foi para a Inter de Milão, da Itália, segundo o jornal “As”. Diego, ex-Santos, pode ser anunciado ainda pela diretoria da equipe. O brasileiro é pretendido e deverá deixar o Wolfsburg, da Alemanha.

Da Espanha para o mundo:

O mercado espanhol também foi bastante movimentado em termos de venda de jogadores. A maior delas foi a transferência milionária do craque Sergio Agüero para o Manchester City, por cerca de 45 milhões de euros. O jornal “As” cravou a ida do uruguaio Diego Forlán para a Internazionale, da Itália, mas o certo é que o ídolo da Celeste não permanecerá na equipe nesta temporada. Outro jogador do Atlético que está de saída é o brasileiro Elias, ex-Corinthians. Após a chegada de Miranda, ex-São Paulo, e do colombiano Falcão Garcia, o volante será está fora dos planos devido o limite de extracomunitários permitidos pela LFP.

Mata, Adebayor e Agüero: Craques que disputaram a La Liga na última temporada que se transferiram para a Terra da Rainha

O Barcelona confirmou as saídas de Jeffren e Gabriel Milito da equipe, os jogadores acertaram com Sporting de Lisboa e Independiente-ARG, respectivamente. No rival, a imprensa a cada semana confirma que Kaká está mais longe do Real Madrid, mas o próprio jogador e inclusive o técnico José Mourinho confirmaram que ele está nos planos dos merengues neste ano. O atacante Emmanuel Adebayor não teve seu contrato de empréstimo renovado e deixará o Santiago Bernabéu. O Manchester City, que detém seu passe, confirmou o empréstimo do togolês ao Tottenham Hotspur.

Outro grande nome do futebol espanhol que deixou o país foi Juan Mata, ex-Valencia, que foi contratado por cerca de 23 milhões de libras pelo Chelsea e estreou nos Blues balançando as redes.

Confira os primeiros jogos do Campeonato Espanhol

Sábado:

Sporting de Gijón x Real Sociedad
Valencia x Racing Santander
Granada x Real Betis

Domingo:

Atlético de Madri x Osasuna
Athletic de Bilbao x Rayo Vallecano
Mallorca x Espanyol
Getafe x Levante
Zaragoza x Real Madrid
Sevilla x Málaga

Segunda-feira:

Barcelona x Villarreal

 OBS: Com a greve dos jogadores, a primeira rodada do Campeonato Espanhol não aconteceu dentro do previsto, por isso terá início a partir da segunda rodada. As partidas não realizadas foram remarcados para janeiro.








%d blogueiros gostam disto: