Flamengo visita Inter e volta apenas com o empate

21 08 2011

No Beira-Rio,  Flamengo fica duas vezes na frente, mas cede empate para o Internacional

Por Mariana Barreto

Neste domingo, no Beira-Rio, o Flamengo foi a Porto Alegre e saiu duas vezes em vantagem sobre o Internacional, porém, mesmo com um jogador a mais desde o fim do primeiro tempo, cedeu o empate por 2 a 2, desperdiçando a chance de se igualar ao Corinthians na liderança do Campeonato Brasileiro.

Ronaldinho disputa a bola com o zagueiro Índio. Os dois foram os autores dos primeiros gols da partida. (Foto: Gazeta Press)

No primeiro tempo, poucas finalizações, mas muita disputa do meio campo. Sem lances marcantes, o camisa dez do Flamengo foi decisivo para o gol da equipe rubro-negra. Em cobrança de falta com veneno, Ronaldinho Gaúcho abriu o placar na etapa inicial, aos 25 minutos.

O Internacional respondeu, mas não a altura. Aos 37, D´Alessandro fez boa jogada, avançou pela linha de fundo e caiu dentro da área. No entanto, o árbitro entendeu que o argentino se jogou e deu o cartão amarelo ao jogador. No finalzinho do primeiro tempo, em mais um lance dentro da área, Guiñazu recebeu dentro da área, caiu e o árbitro entendeu que ele simulou e aplicou o amarelo. Como ele já tinha cartão, recebeu o vermelho e o Inter ficou com um homem a menos.

Na segunda etapa, o técnico Dorival Junior mudou o time para buscar o empate e viu seu time empatar aos cinco minutos. Leandro Damião tocou de calcanhar para Índio deixar tudo igual. Mas, aos 15, Jael, que entrou na segunda etapa, aproveitou cruzamento de Junior Cesar, depois de bela jogada do craque R10 e recolocou o Flamengo na frente.

O Flamengo teve a chance de chegar ao terceiro gol aos 29, mas Deivid perdeu uma inacreditável chance de cabeça dentro da pequena área. Logo em seguida o colorado não desperdiçou sua chance e Leandro Damião empatou com um golaço de meia bicicleta, aos trinta e dois.

As equipes até tentaram o terceiro, partindo pra cima, mas o placar permaneceu inalterado.

Com o resultado, o Flamengo foi a 35 pontos, na segunda colocação. O Inter, com 27, é o sétimo, a quatro da zona de classificação para a Libertadores. Na próxima rodada, os cariocas têm clássico com o Vasco, e os gaúchos encaram Gre-Nal no Olímpico. Antes, na quarta-feira, o Colorado decide a Recopa contra o Independiente, e o Flamengo visita o Atlético-PR pela Sul-Americana.

Anúncios




De olho na Libertadores, Internacional fecha com argentino Cavenaghi

25 01 2011

Nesta terça-feira, 25 de janeiro, a diretoria do Internacional anunciou a contratação do atacante Fernando Cavenaghi, de vinte e sete anos. O contrato é de empréstimo, válido por um ano.

O clube gaúcho acertou a negociação com o Bordeaux, da França, que havia cedido o jogador ao Mallorca, da Espanha. Os valores não foram anunciados por ambas as partes, mas ao término do contrato, o Inter terá a opção de compra, por 2,5 milhões de euros (cerca de R$ 6,8 milhões).

El Torito, como é conhecido o atacante, deverá vestir a camisa 9, já que Alecsandro está de partida do Colorado para o futebol árabe. Roberto Siegmann, vice-presidente de futebol do Internacional, espera alguma proposta que chegue próximo aos dois milhões de euros que a diretoria deseja para vender o jogador.

Para a negociação ser concluída, basta o jogador passar por exames médicos. Cavenaghi chega a Porto Alegre nesta quinta-feira, 27 de janeiro. Após concluído os tratamentos, o atacante já poderá se juntar ao restante do elenco e estará em boas condições físicas para a estreia na Libertadores, contra o Emelec, em Guayaquil, no Equador, no dia 16 de fevereiro.





Luís Fabiano confirma permanência no Sevilla e frustra Internacional

28 12 2010

O atacante Luís Fabiano frustrou os planejamentos do Internacional para 2011. O clube gaúcho pretendia contratá-lo para a disputa da próxima Libertadores, no ano que vem. O jogador declarou que pretende seguir no atual time, o Sevilla, e mais, quer ganhar muitos títulos.

Tenho um contrato aqui e minha intenção é cumpri-lo. E essa é a última coisa que direi sobre isso”, declarou o centroavante ao diário espanhol As, nesta terça-feira.

Internazionale e Olympique de Marselha também estavam interessados pelo atacante, que foi titular da seleção brasileira na última Copa do Mundo. O contrato de Luís Fabiano é válido até 2013 e seu discurso é de otimismo.

“Meu desejo é que o Sevilla siga ganhando títulos. Entraremos o ano novo com confiança e espero que possamos ter mais regularidade para atingirmos nossas metas”, declarou o jogador.





Internacional renova com Celso Roth

22 12 2010

Mesmo após fracasso no Mundial, Roth permanecerá no Internacional

Foi oficializada nesta terça-feira a renovação do contrato do técnico Celso Roth. A diretoria garantiu ainda nos Emirados Árabes que a permanência do profissional já estava assegurada, apenas faltavam alguns detalhes.

Após a conquista da terceira colocação do Mundial de clubes, sendo eliminado nas semifinais contra o modesto Mazembe, da África do Sul, muitos davam como certa a demissão do treinador. A renovação, porém, aconteceu sem problemas. Os valores do novo contrato não foram divulgados pelas partes.

Celso Roth permanece no time gaúcho por mais um ano e já começa os preparativos para a próxima temporada, tendo em foco o título da Libertadores. O primeiro adversário em 2011 será o Cruzeiro, no dia 16 de janeiro, no Campeonato Gaúcho.





Goiás chega à primeira decisão internacional após duas tentativas fracassadas

7 12 2010
Por Iuri Iacona

Goiás venceu na última quarta-feira o Independiente. O jogo, válido pela Sul-Americana, define o campeão do torneio e uma vaga na Copa Libertadores. Título que pode ser inédito para a equipe.

Essa é apenas a terceira vez que a equipe de 43 anos participa de um torneio internacional. E se vencer fará a torcida esquecer o rebaixamento para a Série B, o terceiro do time se não levarmos em conta o ano de 1992 quando houve virada de mesa.

A primeira vez, foi em 2004, quando eliminou o Atlético-MG na primeira fase, e foi eliminado na segunda fase para o Cruzeiro.

Depois, em 2005 terminou o campeonato Brasileiro na terceira posição e se classificou para a Copa Libertadores de 2006, sua segunda competição internacional.

Na Libertadores, teve um ótimo desempenho na primeira fase. O grupo em que ficou nem era tão forte. Era formado por Newell’s Old Boys (Argentina), União Espanhola (Chile) e The Strongest (Bolívia). Foi líder do grupo com 3 vitórias, 2 empates e apenas uma derrota. Caiu nas oitavas de finais diante de um argentino o Estudiantes.

Em sua terceira participação em competições internacionais, o Goiás tem a chance de conquistar seu primeiro título internacional. Na quarta-feira, jogando na Argentina, pode perder por até um gol de diferença ou empatar que será o campeão.

Fluminense 2×0 Grêmio
Goiás 0x2 Grêmio
Grêmio 5×1 Ceará
Santos 0x0 Grêmio
Grêmio 3×1 Atlético-PR
Guarani 0x3 Grêmio
Grêmio 3×0 Botafogo

2004-Primeira vez num torneio internacional- cai na segunda fase
2006- Libertadores – cai nas oitavas





Richarlyson não enfrenta o Inter na Libertadores

30 07 2010

Com estiramento na coxa esquerda, Richarlyson está vetado para a partida de volta do São Paulo na semi-final da Libertadores, quinta feira, contra o Internacional.O volante reclamou de dores após o primeiro jogo  e foi submetido nesta sexta-feira a uma ressonância magnética que constatou a lesão.

Richarlyson desfalcará o time por cerca de três semanas e o técnico Ricardo Gomes já estuda quem será seu substituto.Duas opções são prováveis, a entrada de Xandão, mantendo o time com três zagueiros ou a alteração do esquema tático para 4-4-2 com Cléber Santana na equipe.





Oscar é apresentado no Inter

17 06 2010

Após uma longa briga na justiça contra o São Paulo Futebol Clube o jogador Oscar, de 18 anos, foi apresentado nesta quinta-feira (17) como novo reforço do Internacional, de Porto Alegre, adversário do Tricolor na Libertadores.

Na última segunda-feira a juíza Eumara Nogueira liberou o jogador para negociar com outros clubes. Oscar que firmou compromisso com o colorado por 5 anos, falou sobre sua escolha pelo Inter.

“Tinha várias propostas, mas escolhi a melhor opção, pois o Inter é um time de ponta que disputa titulos. Sei que terei oportunidades aqui. Vim para ser feliz, e se tiver uma chance, vou aproveitar da melhor maneira”, declarou o reforço na coletiva de apresentação.

O jogador revelado no São Paulo disse gostar de ser comparado com Kaká, que também foi do Tricolor, mas lembrou que tem sua própria história a ser construida, agora, no Inter. “Sempre fiquei feliz com a comparação ao Kaká. Temos estilos de jogo parecidos, e cresci no São Paulo assim como o Kaká. Mas tenho minha própria trajetória e vou buscar meus espaço com muita dedicação aqui no Inter”

Fotos: Jeffernson Bernades/Vipcomm

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 








%d blogueiros gostam disto: