Copa das Confederações: Espanha goleia, mas a festa é Taitiana

21 06 2013

Mesmo com 4 gols de Torres e 3 de Villa, goleiro Roche vira o personagem do jogo

Por Gustavo Soler

PróximoAnteriorAnterior

Anterior

Anterior

Espanhóis goleiam sem dificuldades equipe do Taiti (Foto: Daniel Ramalho / Terra)

Nesta quinta-feira (20), Espanha e Taiti se enfrentaram no estádio do Maracanã. A Fúria vinha de vitória na primeira rodada contra o Uruguai e precisava vencer para ficar com um pé na semifinal da Copa das Confederações. Já a Seleção Taitiana, que virou o xodó da torcida brasileira, sofreu uma goleada de 6 a 1 no primeiro confronto, porém, os gestos fora de campo encantavam o público. A equipe doou os ingressos que havia recebido da FIFA para uma instituição de caridade no Rio de Janeiro, assim as crianças poderiam ir assistir à partida. Com uma festa incrível da torcida pela equipe da Oceania, a Seleção Espanhola goleou por 10 a 0.

PRÉ-JOGO: Com reservas, Espanha enfrentará o Taiti

Antes do apito inicial, os jogadores do Taiti distribuíram colares de boa energia para a equipe espanhola. O jogo começou com a Espanha indo para o ataque e antes do primeiro minuto de jogo, David Villa recebeu na entrada da área, no entanto, o camisa 7 foi flagrado em impedimento. Com quatro minutos, Torres tabelou com Mata, o atacante do Chelsea invadiu a área, ameaçou o cruzamento, o goleiro Roche caiu na dele e ofereceu o cantinho do gol, inteligentemente El Niño percebeu e empurrou para o fundo da rede. Aos dez, Villa recebeu lançamento de Carzola e ajeitou de primeira para Torres, que partiu com velocidade, invadiu a área, mas acabou tocando por cima do gol.

Trocando passes e acumulando posse de bola, a Espanha chegava ao ataque sem problemas. Aos 23 minutos, Juan Mata ajeitou de cabeça e Torres completou de voleio, mas o chute saiu fraco e Roche fez a defesa. Aos 28, David Silva cobrou falta, Albiol tocou de cabeça, mas Ludivion salvou. Com 29 min, Cazorla arriscou de fora da área e Roche fez uma grande defesa. A Fúria dominava o jogo  sem problema algum. Aos 32, Villa trouxe da esquerda para o meio e tocou para Silva, o camisa 21 veio por trás da zaga, dominou e tocou no cantinho de Roche para ampliar.

No minuto seguinte, Silva lançou Fernando Torres, o atacante se livrou de Roche e com o gol aberto marcou o terceiro. Aos 36 minutos, Azpilicueta cruzou na medida, Villa ajeitou no peito e bateu firme, a bola bateu na rede pelo lado de fora. David Silva retribuiu o passe de Villa no segundo gol e deixou o seu ex-companheiro de Valencia cara a cara com o goleiro para marcar marca o quarto. No último lance do jogo, Villa cruzou e Mata, de voleio, mandou para fora.

LEIA TAMBÉM: “Não somos favoritos!”

O segundo tempo começou igual ao primeiro, logo aos três minutos, Monreal fez a jogada de linha de fundo e deixou para David Villa marcar o quinto. Aos 11, David Silva deixou o seu novo companheiro de Manchester City, Jesús Navas livre pela direita, o camisa 22 avançou, invadiu a área e deixou para Fernando Torres marcar o hat-trick. O segundo hat-trick da partida saiu aos 18 minutos: Villa recebe lançamento, Roche fura na saída de bola e o camisa 7 empurra para o gol. Decepcionado com o erro, o goleiro Roche ficou estirado no chão se lamentando, a torcida brasileira o apoio e Fernando Torres levantou o arqueiro do chão.

Solidariamente, Torres ajuda Roche a se levantar após falhar no sétimo gol (Foto: Gettyimages)

Com 20 minutos, Juan Mata tabelou na entrada da área e bateu na saída do goleiro para marcar o oitavo gol. Depois de falhar no lance do sétimo gol, Roche operou um milagre aos 24 min, após cobrança de falta de Villa, o goleiro foi no cantinho e colocou para escanteio. Na sequencia o camisa 1 saudou a torcida que respondeu vibrando. Aos 31, Navas cruzou e Lemaire tocou com braço na bola, pênalti. Na cobrança, Fernando Torres mandou no travessão e a bola saiu para delírio da torcida.

Porém, no lance seguinte, a bola chegou ao camisa 9, que driblou Roche e marcou o nono. Aos 40 minutos, Tehau invadiu a área e se jogou, o juiz mandou o jogo seguir e como de costume no Brasil, a torcida xingou o árbitro da partida. Com 43 min, Torres recebeu a área e tocou para Silva, o camisa 21 girou e marcou o décimo gol espanhol. Na próxima partida a Espanha enfrentará a Nigéria, já o Taiti se despede da Copa das Confederações contra o Uruguai. No final do jogo, Eddy Etaeta agradeceu o apoio dos brasileiros.

FICHA TÉCNICA:

ESPANHA 10 X 0 TAITI
Local: Maracanã, Rio de Janeiro
Data/Hora: 20/6/2013, às 16h
Árbitro: Djamel Haimoudi (ALG)
Auxiliares: Redouane Achik (MAR) e Abdelhak Etchiali (ALG)
Gols: Torres, 5’/1ºT (1-0), David Silva, 31’/1ºT (2-0); Torres, 33’/1ºT (3-0); Villa, 38’1ºT (4-0); Villa, 3’/2ºT (5-0); Fernando Torres, 13’/2ºT (6-0); David Villa, 19’/2ºT (7-0); Mata, 21’/2ºT (8-0); Fernando Torres, 33’/2ºT (9-0); David Silva, 44’/2ºT (10-0)
Cartões amarelos: Cazorla (ESP)

ESPANHA: Reina, Azpilicueta, Sergio Ramos (Jesus Navas, intervalo), Albiol e Monreal; Javi Martínez, Cazorla (Iniesta, 30’/2ºT) e David Silva; Juan Mata (Fàbregas, 24’/2ºT)), Fernando Torres e David Villa. T: Vicente Del Bosque

TAITI: Roche, Aitamai, J.Tehau, Vallar, Ludivion e Lemaire (Vero, 34’/2ºT); Vahirua, Bourebare (L. Tehau, 24’/2ºT), Caroine; Chong Hue e A. Tehau (T. Tehau, 8’/2ºT). T: Eddy Etaeta.

Cobertura completa da Copa das Confederações

A Copa das Confederações acontecerá entre os dias 15 e 30 de junho e contará com cobertura especial do Jornalismo Futebol Clube. Acompanhe de perto cada lance por meio do site e do Google Plus. Em parceria com o Google, divulgaremos nosso conteúdo na página do G+ dedicada à competição, busque pela hashtag #jornalismoFC e fique por dentro de tudo o que acontece nos gramados do Brasil.

Anúncios




Copa das Confederações: Com reservas, Espanha enfrentará o Taiti

20 06 2013

A Espanha, com equipe modificada, enfrentará o Taiti no Maracanã em busca de uma goleada histórica.

Por Michel Corbacho

A segunda rodada da Copa das Confederações para o Grupo B terá início nesta quinta (20), à partir das 16h. A Espanha, considerada a principal favorita ao título da competição, enfrentará o modesto Taiti no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Para esta partida, o técnico da seleção espanhola preservará grande parte do time considerado titular. Apenas Sérgio Ramos atuará neste confronto. Nomes como os de Casillas, Xavi e Iniesta assistirão o duelo do banco de reservas. Será uma oportunidade para os jogadores que não vem tendo seqüência na seleção demonstrar que podem vestir a camisa de titular da equipe. Contudo, os jogadores que deverão atuar diante do Taiti possuem capacidades suficientes para vestir a camisa de titular da Fúria, segundo Vicente Del Bosque.

O OUTRO CONFRONTO: Uruguai e Nigéria farão a primeira decisão do campeonato

Del Bosque modificará a Espanha para enfrentar o Taiti (Foto: Reprodução/Terra)

– Não é um menosprezo a ninguém, mas uma chance para todos se sentirem úteis. Temos 23 jogadores, e não há tanta diferença entre eles – concluiu o comandante da Espanha.

As maiores goleadas da Copa das Confederações

A maior goleada da história da Copa das Confederações aconteceu no dia 01 de agosto de 1999, quando o Brasil venceu a Arábia Saudita por 8 a 2 na semifinal da competição – que acabou sendo conquistada pelo anfitrião, México. O Taiti levou a terceira maior goleada da história do torneio, quando derrotado para os nigerianos na estréia da competição por 6 a 1. Pelo visto, a seleção do Taiti precisará se esforçar além da conta para não engrossar seu retrospecto negativo na competição.

As prováveis escalações

Modificada, a Espanha deverá ir à campo com Victor Valdés; Azpilicueta, Albiol, Sérgio Ramos e Monreal; Javi Martinez, Carzola e David Silva; Mata, Fernando Torres e David Villa.

Fernando Torres(direita) terá nova chance no ataque da Fúria (Foto: DiarioMarca)

Enquanto isto, o Taiti que buscará não sofrer uma goleada histórica, e seguem admirados pela oportunidade de atuarem no Maracanã, deverá entrar em campo com Roche; Alvin Tehau, Vahirua, Ludivion e Caroine;  Bourebare, Vallar, Chong e Aitamai; Jonathan Tehau e Simon.

Cobertura completa da Copa das Confederações

A Copa das Confederações acontecerá entre os dias 15 e 30 de junho e contará com cobertura especial do Jornalismo Futebol Clube. Acompanhe de perto cada lance por meio do site e do Google Plus. Em parceria com o Google, divulgaremos nosso conteúdo na página do G+ dedicada à competição, busque pela hashtag #jornalismoFC e fique por dentro de tudo o que acontece nos gramados do Brasil.





Copa das Confederações: Uruguai e Nigéria farão a primeira decisão do campeonato

20 06 2013

Equipes entram em campo em busca de vaga para a próxima fase

Por Gustavo Soler

Nesta quinta-feira (20), Uruguai e Nigéria se enfrentarão na Arena Fonte Nova, em Salvador. Disputando a segunda posição do Grupo B, as equipes começaram a competição de forma diferente. Os sul-americanos enfrentaram a Espanha e perderam por 2 a 1, agora precisam desesperadamente da vitória para tentar a classificação para a próxima fase. Por outro lado, os africanos golearam a Seleção Taitiana por 6 a 1 e podem garantir vaga na semifinal na segunda rodada.

O jogo contra a Espanha mostrou a necessidade de mudança na Seleção Uruguaia. A Celeste foi dominada do começo ao fim da partida e ficou refém do sistema de jogo e posse de bola da Fúria. O zagueiro Martin Cáceres alertou sobre este desempenho e cobrou de sua equipe mais força ofensiva para a partida contra a Nigéria.

– Esperemos jogar mais. A Espanha complicou o nosso jogo em Recife, foi um jogo difícil, mas agora será diferente. Não importa as dificuldades. Temos que encarar da melhor maneira sempre. Esperamos ganhar – afirmou o defensor da Juventus.

Óscar Tabárez deve fazer alterações com relação ao time que enfrentou a Espanha (Foto: Edgard Maciel de Sá)

Visando a velocidade, principalmente dos atacantes nigerianos, o técnico Óscar Tabárez deve iniciar a partida usando um esquema com três zagueiros e dois alas no meio de campo, que voltam para compor o sistema defensivo uruguaio. Porém, o treinador não quis falar muito sobre o assunto e disse para os jornalistas esperarem pela partida.

Óscar Tabárez deve fazer alterações com relação ao time que enfrentou a Espanha (Foto: Edgard Maciel de Sá)

– Já falei demais. No jogo todos vão ver. Já estou dando a escalação 24 horas antes do jogo. Acredito que isso é muito. Tudo é pensando com base nas características dos rivais. Cada jogo tem sua história. Usamos muito os dados científicos que temos, não apenas a nossa experiência, para tomarmos a decisões sobre quem está em melhores condições para jogar – disse o técnico.

Os nigerianos sabem da dificuldade que terão na partida desta quinta-feira, diferentemente da estréia com goleada sobre o Taiti, a Seleção Nigeriana tem preocupações extras com a dupla Cavani e Luis Suarez, no entanto, o goleiro Enyeama afirmou que os atacantes não são as únicas peças que podem desequilibrar a partida.

 

LESÕES: David Luiz e Paulinho serão avaliados, mas não preocupam

Enyeama durante a entrevista coletiva (Foto: EFE)

– Pessoalmente nós não vamos ter nenhuma questão especial com esses atacantes. Temos 11 jogadores, os reservas e a gente vai enfrentar o Uruguai da melhor maneira que puder jogar. A combinação deles que é difícil. Cavani e Suárez são dois bons jogadores. E, como já respondi anteriormente, não vamos nos focar neles dois. Vamos nos focar no Uruguai. Não vai jogar contra um determinado jogador. A gente vai enfrentar todos os jogadores do Uruguai – comentou o experiente goleiro.

Assim como Óscar Tabárez, o técnico da Nigéria, Stephen Keshi também não revelou o esquema tático e nem a equipe que iniciará a partida. Porém, o treinador deixou em aberto a possibilidade de por o mesmo time em campo nesta quinta-feira, na Arena Fonte Nova.

FAVORITISMO: Fábregas analisa a Espanha: ‘não somos favoritos’

– Se você é um profissional, sua mentalidade é forte, e vai te carregar até o fim do jogo. Então, quero ter certeza de que meus jogadores estejam em suas posições e apenas focados no jogo – afirmou o treinador.

O jogo entre Uruguai e Nigéria será às 19 horas, pelo horário de Brasília. O vencedor da partida deve ficar bem próximo da classificação, pois na última rodada, a última rodada será tranquila para a Celeste e muito complicada para os africanos, que enfrentarão Taiti e Espanha respectivamente.

Ficha técnica:

 

Uruguai: Muslera; Martin Cáceres, Lugano e Godin; Maxi Pereira, Arévalo Ríos, Cristian Rodríguez e González; Fórlan, Suarez e Cavani

Técnico: Óscar Tabárez

Nigéria: Enyeama; Ambrose, Oboabona, Omeruo e Echiejile; Ogude, Obi Mikel e Sunday M’ba; Anthony Ujah, Musa e Oduamadi.

Técnico: Stephen Keshi

Árbitro: Bjorn Kuipers (HOL)

Auxiliares: Sander van Roekel e Edwin Zeinstra (HOL)

Local: Arena Fonte Nova.

Data: 20/06/2013. Horário: 19h.

 

Cobertura completa da Copa das Confederações

A Copa das Confederações acontecerá entre os dias 15 e 30 de junho e contará com cobertura especial do Jornalismo Futebol Clube. Acompanhe de perto cada lance por meio do site e do Google Plus. Em parceria com o Google, divulgaremos nosso conteúdo na página do G+ dedicada à competição, busque pela hashtag #jornalismoFC e fique por dentro de tudo o que acontece nos gramados do Brasil.








%d blogueiros gostam disto: