Mercado de transferência na Espanha: Real Madrid e Barcelona prometem polarizar a briga pelo título

9 09 2013

Atlético de Madrid, Valencia e Real Sociedad correm por fora e devem disputar as outras duas vagas para a Champions League

Por João Siqueira

Real Madrid

Gareth Bale, o homem de 100 milhões de euros, agora pertence ao Real Madrid (Fonte: Daily Star)

 

O time do recém-contratado Carlo Ancelotti teve que lidar com a saída de Mesut Özil, Gonzalo Higuaín, Kaká, Raul Albiol e Callejón, mas tudo indica que a ausência desses jogadores não será um problema. A chegada dos jovens Isco e Ilarramendi é vista pela torcida como essencial para recomposição e reformulação do elenco. Além disso, com a contratação do astro Gareth Bale junto ao Tottenham, Cristiano Ronaldo terá uma grande companhia no ataque e o time do Real Madrid deve, finalmente, fazer frente ao grande elenco do Barcelona e apimentar ainda mais a briga pelo título.

Time base: Casillas (Diego López); Daniel Carjaval, Sergio Ramos, Pepe e Marcelo; Khedira, Isco, Cristiano Ronaldo, Gareth Bale, Modric; Benzema.

Técnico: Carlo Ancelotti

Expectativa na LFP: Título.

Barcelona

Messi e Neymar, agora juntos, prometem desestabilizar as defesas adversárias (Fonte: Fox Sports)

Os defensores do título da LFP prometem lutar pela conquista do bi-campeonato espanhol. A chegada de Neymar promete suprir facilmente a saída de David Villa para o Atlético de Madrid. O novo comandante do time catalão – Gerardo Martino – promete resgatar o vistoso futebol que encantou o mundo com sua posse de bola altíssima, troca de passes, marcação pressão e velocidade.

Além do brasileiro, o Barça contou com a ascensão de várias promessas da base ao time profissional. A ausência de uma defesa sólida talvez seja um problema para o elenco de Martino, mas, sem dúvidas, o elenco catalão é, ao lado do Real Madrid, um dos favoritos ao título.

Time base: Valdés; Dani Alves, Mascherano, Piqué e Jordi Alba (Adriano); Busquets, Xavi e Iniesta (Fabregas); Neymar (Pedro), Sanchéz e Messi.

Técnico: Gerardo Martino

Expectativa na LFP: Título.

Atlético de Madrid

David Villa chega ao time de Madrid com um baixíssimo custo (Fonte: Teamtalk.com)

O Atlético de Madrid, apesar de ter perdido a sua maior estrela, Falcao García, contará com os gols e a presença de David Villa, que chegou por apenas 2,1 milhões de euros. O time que conseguiu manter Diego Costa e trazer Léo Baptistão ainda se fortaleceu defensivamente. Com a chegada da grande promessa belga, o goleiro Courtois, a defesa do time de Madrid, que atualmente já conta com Miranda e Godín, promete ficar ainda mais sólida.

Time base: Courtois; Juanfran, Miranda, Godín e Filipe Luis; Gabi, Mario Suárez, Koke e Turan (Léo Baptistão); Diego Costa e David Villa.

Técnico: Diego Simeone

Expectativa na LFP: Vaga na Champions League

Valencia

O experiente Hélder Postiga chega para comandar o ataque ao lado do brasileiro Jonas (Fonte: Getty Images Europe)

O Valencia lidou com a perda de Soldado – atacante da seleção espanhola – para o Tottenham. Para suprir a vaga deixada no ataque, a diretoria buscou o português Hélder Postiga, que deve comandar o ataque do Valencia ao lado de Jonas. A chegada de Oriol Romeu para o meio-campo pode auxiliar as belas atuações de Banega, camisa 10 e responsável pela armação e criação de jogadas. Além disso, o brasileiro Diego Alves tem apresentado atuações espetaculares e tudo indica que será um dos melhores goleiros da temporada 2013/14.

Time base: Diego Alves; João Pereira, Rami, Ricardo Costa e Guardado; Javi Fuego, Banega, Sergio Canales e Michel; Jonas (Pabón) e Hélder Postiga.

Técnico: Ernesto Valverde

Expectativa na LFP: Vaga na Champions League

Real Sociedad

Haris Seferovic, um dos poucos investimentos do Real Sociedad para a temporada 2013/14 (Fonte: UEFA)

O Real Sociedad, para a temporada 2013/14, não realizou muitos investimentos. Os únicos contratados foram o jovem Haris Seferovic e Granero e Cote que chegaram por empréstimo. Sem grandes negócios, a perda de Ilarramendi não aparenta ser um obstáculo para a equipe que conseguiu a classificação para a Champions League na última temporada.

Mantendo a base do time da temporada passada e confiando no mexicano Carlos Vela, o Real Sociedad espera figurar na parte de cima da tabela durante todo o campeonato.

Time base: Claudio Bravo; Dani Estrada, Ansotegi, Íñigo Martínez e De la Bella; Bergara, Xabi Prieto e Zurutuza; Griezmann (Granero), Carlos Vela e Seferovic.

Técnico: Jagoba Arrasate

Expectativa na LFP: Vaga na Champions League

Anúncios




David Villa se apresenta ao Atlético de Madrid

16 07 2013

Ex-Barcelona chega ao Atlético de Madrid motivado

Por Camila Andrade

David Villa apresentado no Atletico de Madri (Foto: AP)

Villa durante coletiva (Foto: AP)

Nesta segunda-feira (15), David Villa, ex-Barcelona, foi apresentado ao Atlético de Madrid, no Vicente Calderón, para cerca de 20 mil torcedores, batendo recorde de público. O jogador superou Falcão García, que em 2009, levou 10 mil ao estádio para recepcioná-lo.

Antes ir ao gramado, Villa, que assinou contrato com um valor de cerca de 5 milhões de euros, concedeu entrevista coletiva e respondeu questões sobre Falcão García e se o time de Madrid e Valencia, seriam a terceira força da Espanha e sobre sua saída do Barcelona e falou também de sua motivação.

– Ele foi muito querido aqui e espero poder fazer com que sua ausência não seja notada.

– A partir de hoje, o melhor time do mundo para mim é o Atlético de Madrid – declarou o jogador.

– Saí do Barça porque não jogava, não por causa da Copa do Mundo. Amo este esporte e não estava jogando – respondeu quando questionado se ele teria saído do clube catalão visando a Copa do Mundo.

– Eu vou tentar dar o melhor Atlético de Madrid David Villa. Minha motivação é alta, eu prometo a mim mesmo poupar em cada treino – disse ele, que em seguida vestiu a camisa do novo clube.

No gramado, o novo contratado cumprimentou os torcedores que ali estavam, distribuiu bolas autografadas e alguns invadiram o gramado, afim de ter um contato maior com o jogador e acabou assinando a camisa de um torcedor.

David Villa apresentado no Atletico de Madri torcedor camisa Barcelona (Foto: AP)

Torcedores invadem gramado (Foto: AP)





David Villa sai do Barcelona e assina com Atlético de Madrid

8 07 2013

Clube catalão vende seu goleador para o time de Madrid

Por Camila Andrade

David Villa assina contrato com Atlético de Madrid (Foto: Lluis Gene/AFP)

O Barcelona confirmou nesta segunda-feira (08), a venda do atacante, David Villar, para o Atlético de Madrid, em uma negociação que não deve atingir 5 milhões de euros. Este valor é quase metade do que o clube catalão pediu ao Tottenham.

A princípio, será pago 2,1 milhões à vista e caso o jogador continue nos colchoneros para a temporada em 2014/15, eles desembolsarão dois milhões e se seguir mais uma temporada, mais um milhão. O Barça ainda retém 50% de seus direitos para garantir ganhos em caso de uma futura transferência.

O goleador, começou a carreira em 1999, no Sporting de Gijón e se profissionalizou no clube somente em 2001. Em 2003 foi para o Real Zaragoza e entre 2005/10 defendeu o escudo do Valencia, logo após foi transferido para o Barcelona, pouco antes da Copa do Mundo, na África do Sul, por 40 milhões de euros.

No clube catalão, jogou 119 partidas, marcando 48 gols, conquistando oito títulos. Pela seleção espanhola, foi campeão da Eurocopa, em 2008 e a Copa do Mundo, em 2010, neste mesmo ano, foi Bola de Bronze e Chuteira de Prata, defendendo seu país. Neste ano foi reserva na Copa das Confederações e conquistou o vice da competição, perdendo o título para o Brasil, no Estádio do Maracanã.

No novo time, o atacante deverá substituir Falcão García, que foi negociado com o Monaco logo no início da janela de transferências.





Mônaco acaba com a especulação e anuncia contratação de Falcao

31 05 2013

Falcao é a quarta contração do clube do principado nesta janela de transferências

Por Renato Fugulin

Depois de ser o principal nome do Atlético de Madrid nas duas últimas temporadas, Falcao irá jogar defender o Mônaco na Ligue 1. Foto: Getty Images

O Mônaco anunciou esta tarde no seu site oficial a contratação do atacante Radamel Falcao. Os valores da transferência não foram divulgados, mas especula-se que o clube monegasco tenha pago cerca de 60 milhões de euros (aproximadamente R$ 166,2 milhões) ao Atlético de Madrid para contar com os serviços de “El Tigre”.

“O Mônaco está muito feliz em anunciar que chegou a acordo com o Atlético de Madrid e com o jogador Radamel Falcao. Falcao, 27, assinou por cinco temporadas”, informa o site do Mônaco.

O dono e presidente do clube do principado, Dmitry Rybolovlev, também deixou o seu comentário a respeito da contratação. “Estamos muito felizes por Falcao ter escolhido o Mônaco como seu futuro desafio. É um orgulho para nós ter um dos melhores jogadores do mundo em nossos quadros”, afirmou ao site oficial.

Em um vídeo presente na página do Mônaco, Falcao diz estar “feliz por transferir-se para o Mônaco e também por vestir a sua camisa”.

Não é de hoje que Falcao chama a atenção de grandes clubes do Velho Continente. Chelsea, Barcelona e Manchester City foram os principais clubes a serem ligados ao colombiano. No entanto, os milhões do Mônaco aumentaram as especulações em torno do futuro de “El Tigre”. Na noite de ontem, Vadim Vasilyev, CEO do clube gaulês, confirmou à rádio francesa RMC que as negociações por Falcao estavam “avançadas”.

Depois de duas temporadas com a camisa do Porto, Falcao foi contratado em 2011 pelo Atlético de Madrid para substituir Sergio Agüero. Sagrou-se o artilheiro do “Atleti” nas duas temporadas a serviço dos rojiblancos, ajudando o clube da capital espanhola a vencer a Supercopa Europeia – marcou três gols na vitória por 4 a 1 frente ao Chelsea – e a Europa League – foi artilheiro do torneio, com 12 gols -, ambas em 2012.
Nesta última temporada, foi campeão da Copa do Rei – fez o passe para o gol do brasileiro Diego Costa, o primeiro na vitória por 2 a 1 contra o arquirrival Real Madrid – e marcou 28 gols no Campeonato Espanhol, ficando somente atrás de Cristiano Ronaldo (34) e Lionel Messi (46).

Falcao é a quarta contratação do Mônaco para a temporada que marca o regresso do clube à Ligue 1. Antes, o emblema monegasco havia assegurado as transferências dos meias João Moutinho e James Rodríguez, ambos provenientes do Porto, e do zagueiro Ricardo Carvalho, que não teve o seu contrato prolongado pelo Real Madrid.





Com direito a hat-trick de Falcão García, Atlético de Madrid goleia o Chelsea e leva a Supercopa da UEFA

31 08 2012

Conhecido como “senhor Liga Europa”, o atacante colombiano Radamel Falcão García, marcou três gols e ajudou o Atlético de Madrid a golear o Chelsea por 4 a 1

Por Stéfano Bruno

Atlético de Madrid goleia o Chelsea e conquista a Supercopa da UEFA (Foto: Reuters)

Com três gols do artilheiro colombiano Falcão García, agora “senhor Supercopa”, o Atlético de Madrid não tomou conhecimento do Chelsea e goleou o atual campeão da Liga dos Campeões, por 4 a 1. O zagueiro brasileiro Miranda fez o outro gol da equipe espanhola. Gary Cahill diminuiu para os Blues.

Crônica da partida

A partida começou equilibrada, com ambas as equipes tentando controlar o tradicional nervosismo de disputar uma final.

Logo na primeira jogada de ataque da partida, aos três minutos, o Atlético de Madrid quase abriu o placar. Filipe Luís recebeu bom passe pela esquerda, foi à linha de fundo e cruzou a meia altura. O artilheiro Falcão García se adiantou a marcação e acertou o travessão. No rebote, os jogadores do clube espanhol reclamaram de um possível pênalti cometido pelo zagueiro brasileiro David Luiz no espanhol Koke.

Exercendo uma certa pressão, os Colchoneros não demoraram para abrir o placar. No ataque seguinte, três minutos depois, Gabi deu excelente passe para Falcão García, que frente a frente com Petr Cech, não desperdiçou. Com muita categoria, o artilheiro tocou de “cavadinha”, na saída do goleiro. O brasileiro David Luiz ainda tentou evitar o gol do colombiano, mas a bola tocou na trave esquerda e morreu no fundo das redes. 1 a 0.

Com dificuldades para conter o ímpeto da equipe espanhola, os Blues tentavam responder com jogadas rápidas, mas bem posicionada, a defesa da equipe espanhola conseguia conter as jogadas da equipe inglesa.

Superior na partida, o Atlético não demorou a ampliar o placar. Aos 19min, David Luiz falhou ao tentar cortar um passe e a bola chegou para o colombiano Falcão García. O atacante teve tempo para dominar, olhar para o gol e bater colocado, no ângulo direito de Petr Cech, que nada pode fazer. Golaço! 2 a 0.

Chelsea e Atlético de madrid (Foto: Getty Images)

Com atuação apagada, Fernando Torres não conseguiu evitar o vexame do Chelsea (Foto: Getty Images)

Mesmo com a boa vantagem no placar, a pressão da equipe espanhola sobre a equipe inglesa continuava. Aos 28min, após boa troca de passes, Gabi apareceu livre na área, mas Cech saiu bem e evitou o que poderia ser o terceiro gol da equipe de Madrid.

O Chelsea encontrava muita dificuldade para furar o sistema defensivo do Atlético. Já os Colchoneros pareciam desconhecer os defensores da equipe inglesa. Aos 34min, os espanhóis quase marcaram o terceiro gol. Em posição duvidosa, Arda Turan recebeu livre pela direita, invadiu a área e tocou para Adrián, que mesmo sozinho, pegou errado na bola e não conseguiu empurrá-la para o fundo das redes. A bola ainda sobrou para Falcão, que cabeceou na trave.

Quando a partida caminhava para o final da primeira etapa, o Atlético de Madrid chegou ao terceiro gol. Depois de uma jogada rápida, Arda Turan recebeu a bola na entrada da área e segurou até a chegada de Falcão García. Turan tocou para o colombiano, que ganhou de Ramires e tocou na saída de Petr Cech, fazendo o seu hat-trick na partida. 3 a 0.

Conhecido com o “senhor Liga Europa”, por ter sido o destaque do Atlético de Madrid na competição, Radamel Falcão García já dava sinais que seria também o “senhor Supercopa”.

Segundo tempo

Com a entrada do recém-contratado Oscar, no lugar de Ramires, o Chelsea voltou para a segunda etapa com uma postura mais ofensiva. Mas o que se viu nos primeiros minutos do segundo tempo foi o mesmo que ocorreu durante a primeira etapa. O Chelsea encontrando dificuldades para entrar na defesa do Atlético, que respondia com contra-ataque e gol.

Isso mesmo, gol. O quarto “tento” da equipe espanhola ocorreu aos 15min. Após cruzamento pela direita, Falcão García tentou o chute, mas pegou mal na bola, que acabou sobrando para o ex-são paulino Miranda. Na saída de Petr Cech, o defensor desviou com categoria. O zagueiro Gary Cahill ainda tentou cortar, mas entrou com bola e tudo para o gol. Goleada em Mônaco. 4 a 0.

Aos 21min, em um dos poucos lances de perigo dos Blues, Oscar pegou rebote da defesa espanhola e bateu firme. A bola passou rente a trava esquerda do gol defendido por Courtois.

Falcao comemoração gol Atlétido de Madri contra Chelsea (Foto: Reuters)

Com três gols, Falcão García foi o grande destaque da Supercopa (Foto: Reuters)

Dois minutos depois o Atlético quase ampliou ainda mais o placar. Koke cobrou falta pela esquerda, ninguém desviou e no reflexo, Peter Cech fez grande defesa, evitando o quinto gol da equipe espanhola.

Aos 29min, o Chelsea diminuiu a goleada. Lampard cobrou escanteio pela direira e Gary Cahill cabeceou firme. A bola pegou nas costas do defensor. No rebote, a bola sobrou para o próprio Cahill, que bateu firme, para diminuir a diferença. 4 a 1.

O Chelsea se animou com o gol e partiu para cima, tentando diminuir ainda mais o prejuízo. Aos 35min, Juan Mata recebeu livre pela direita, carregou a bola e bateu por cima do gol, assustando o goleiro Courtois.

Com a equipe inglesa partindo para cima, o Atlético tinha espaços para contra-atacar. E em uma jogada rápida, Cristian Rodríguez tocou para o lateral brasileiro Filipe Luís, que entrou na área a bateu cruzado. Bem posicionado, Cech fez a defesa em dois tempos.

Aos 45min, o Atlético quase fez o quinto gol. Emre recebeu livre pela esquerda, invadiu a área e cruzou para Arda Turan. Na tentativa de cortar o passe, David Luiz quase fez gol contra. O defensor brasileiro deu um carrinho e acertou a trave esquerda.

Com o resultado garantido, a equipe espanhola apenas esperou o árbitro apitar o final da partida para comemorar o título da Supercopa da UEFA.

CHELSEA 1×4 ATLÉTICO DE MADRID

Local: Stade Louis II, Mônaco (FRA)
Data-Hora: 31/08/2012, às 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Damir Skomina (SLO)
Cartões amarelos: Ivanovic (CHE)
Gols: Falcao García (6’/1ºT), Falcao García (18’/1ºT), Falcao García (45’ºT), Miranda (15’/2ºT), Cahill (29’/2ºT)

CHELSEA: Cech, Ivanovic, Cahill, David Luiz e Ashley Cole; Mikel, Lampard e Ramires (Oscar, intervalo); Hazard, Mata (Sturridge, 36’/2ºT) e Torres. Técnico: Roberto Di Matteo.

ATLÉTICO DE MADRID: Courtois, Juanfran, Miranda, Godín e Filipe Luís; Suárez, Gabi, Turan, Adrián (Cristian Rodríguez, 10’/2ºT) e Koke (Raúl García (36’/2ºT); Falcao García (Emre, 41’/2ºT). Técnico: Diego Simeone.





Liga Europa: depois de eliminar o Manchester City, Sporting encara o Metalist, de Taison, Marlos e Cleiton Xavier nas quartas de final

16 03 2012

Todos os duelos das quartas de final são inéditos

Por Renato Fugulin

A taça da Liga Europa. Oito times brigam para levantá-la no dia 9 de maio. Foto: http://www.uefa.com

Após o sorteio das quartas de final da Champions League, sorteou-se, também em Nyon, na Suíça, o destino das equipes nas quartas de final da Liga Europa. O Sporting enfrenta o Metalist, clube de Cleiton Xavier (ex-Palmeiras), Marlos (ex-São Paulo) e Taison (ex-Internacional). O Athletic Bilbao, que eliminou o Manchester United, encara agora o Schalke 04. Confira abaixo os encontros das quartas de final da Liga Europa.

Um dia depois de assegurar uma histórica classificação frente ao milionário Manchester City (os “leões” venceram o City por 1 a 0 no Estádio de Alvalade, foram derrotados no Etihad Stadium por 3 a 2 e avançaram devido aos gols marcados fora de casa), o Sporting soube que terá pela frente os ucranianos do Metalist. A equipe que avançar às semifinais jogará contra Schalke 04 ou Athletic Bilbao.

O emblema basco, comandado por “El Loco” Marcelo Bielsa, vem de duas vitórias frente ao Manchester United (3 a 2 em Old Trafford e 2 a 1 no San Mamés) e terá no caminho os alemães do Schalke 04, equipe do espanhol Raul.

Na Holanda, o AZ Alkmaar receberá o Valencia. O time holandês foi semifinalista na temporada 2004/2005, ainda quando o torneio era conhecido como Copa da UEFA. Na altura, foram eliminados pelo Sporting com um gol do lateral direito Miguel Garcia nos últimos segundos do jogo. O Valencia, do atacante Jonas (ex-Grêmio) foi campeão da competição em 2004 e chegou às quartas de final na sua última participação, na temporada 2009/2010.

O outro emblema espanhol na Liga Europa é o Atlético de Madrid. O sorteio ditou que os “colchoneros” enfrentassem o Hannover, marinheiros de primeira viagem no torneio. Os brasileiros Diego, Paulo Assunção, Filipe Luís e Miranda tentarão espelhar-se na equipe “rojiblanca” que conquistou a Liga Europa da temporada 2009/2010 frente ao Fulham. O vencedor da eliminatória enfrentará o AZ ou o Valencia.

Os jogos de ida das quartas de final estão marcados para o dia 29 de março, enquanto que os de volta serão jogados no dia 5 de abril. Nas semifinais, as partidas de ida ocorrerão no dia 19 de abril e as de volta terão lugar no dia 26 do mesmo mês. A final terá lugar no dia 9 de maio no Estádio Nacional, em Bucareste.

Confira abaixo os jogos do sorteio da Liga Europa:

Quartas de final
29/03 (ida) e 05/04 (volta)

Sporting x Metalist
AZ x Valencia
Atlético de Madrid x Hannover
Schalke 04 x Athletic Bilbao

Semifinais
19/04 (ida) e 26/04 (volta)

Atlético de Madrid/Hannover x AZ/Valencia
Sporting/Metalist x Schalke 04/Athletic Bilbao





Campeonato espanhol – 22ª rodada

6 02 2012

Confira resultados, tabela de classifição e os principais artilheiros do Campeonato Espanhol

Por Stéfano Bruno

Sergio Ramos gol Real Madrid (Foto: EFE)
Sergio Ramos marcou o gol da vitória do Real Madrid sobre o Getafe.
Mesmo com um super time, a situação do Barcelona começa a ficar cada vez mais difícil no Campeonato Espanhol. Com sete pontos atrás do líder Real Madrid, o Barcelona vai ter que suar a camisa e talvez até mesmo contar com a sorte para manter a supremacia na La Liga, como é chamada a competição na Espanha. E para complicar ainda mais a situação do barça, o Real Madrid já somou 28 pontos fora de casa neste campeonato, sendo o visitante mais indigesto dos clubes europeus.
Nesta rodada, Real Madrid e Barcelona venceram seus jogos, enquanto Atlético de Madrid e Valência não sairam do 0x0. O Villareal venceu o Sevilla fora de casa e se afastou conseguiu respirar na lutra contra o rebaixamento.
RESULTADOS DA 22ª RODADA
Mallorca 1×0 Bétis
Athletic Bilbao 3×3 Espanyol
Levante 1×1 Racing Santander
Getafe 0x1 Real Madrid
Barcelona 2×1 Real Sociedad
Sporting Gijón 1×1 Osasuna
Sevilla 1×2 Villareal
Zaragoza 1×2 Rayo Vallecano
Atlético de Madrid 0x0 Valencia
Granada x Málaga (hoje, 18:00 – estádio: Nuevo Los Cármenes)
CLASSIFICAÇÃO
1- Real Madrid – 55 pontos (21 jogos)*
2- Barcelona – 48 pontos (21 jogos)*
3- Valencia – 37 pontos (21 jogos)*
4- Levante – 32 pontos (21 jogos)*
 5- Espanyol – 32 pontos (21 jogos)**
6- Athletic Bilbao – 30 pontos (21 jogos)**
 7- Atlético de Madrid – 30 pontos (21 jogos)
8- Málaga – 28 pontos (20 jogos)
9- Osasuna – 28 pontos (21 jogos)
10- Getafe – 27 pontos (21 jogos)
11- Sevilla – 26 pontos (21 jogos)
12- Mallorca – 25 pontos (21 jogos)
13- Rayo Vallecano – 25 pontos (21 jogos)
14- Real Sociedad – 24 pontos (21 jogos)
15- Villareal – 23 pontos (21 jogos)
16- Bétis – 23 pontos (21 jogos)
17- Racing Santander – 22 pontos (21 jogos)
 18- Granada – 22 pontos (20 jogos)***
19- Sporting Gijón – 19 pontos (21 jogos)***
20- Zaragoza – 12 pontos (21 jogos)***
* LIGA DOS CAMPEÕES
** LIGA EUROPA
*** REBAIXAMENTO
PRINCIPAIS ARTILHEIROS
1- Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 24 gols
2- Messi (Barcelona) – 22 gols
3- Higuain (Real Madrid) e Falcão Garcia (Atlético de Madrid) – 14 gols
4- Soldado (Valencia) – 13 gols
5- Fernando Llorente (Athletic Bilbao) – 11 gols







%d blogueiros gostam disto: