Brasileirão dos ‘quarentões’, jogadores experientes se destacam no início da competição

6 08 2013

Alex, Seedorf, Forlán e Juninho Pernambucano mostram que a experiência aliada ao comprometimento e a boa forma física resultam em uma combinação perfeita

Por Diogo Arraes

O Campeonato Brasileiro de 2013 chegou a sua 11ª rodada e um fato chama atenção, os jogadores experientes estão se destacando e sendo essenciais para a campanha vitoriosa de suas equipes. Todos eles já passaram dos 30 anos e alguns estão próximos dos 40, mas atletas como Alex, Seedorf, Forlán e Juninho Pernambucano vem demonstrando que a vivência que eles tem no mundo do futebol tem sido muito importante.

Alex tem sido decisivo para o Coritiba no brasileirão (Foto: Andrey Heuler/Agif/Gazeta Press)

Alex tem sido decisivo para o Coritiba no brasileirão (Foto: Andrey Heuler/Agif/Gazeta Press)

Começamos por Alex, o meia esta prestes a completar 36 anos e iniciou sua carreira no Coritiba, passou por Palmeiras, Cruzeiro, Flamengo, Parma e Fenerbahçe time que atuou por 8 anos. Em Outubro de 2012 retornou ao Coritiba com a intenção de conquistar títulos com a camisa do Coxa.

Já ganhou o Campeonato Paranaense deste ano e está sendo primordial para a equipe no Brasileirão. Com ele o Coritiba fez 10 jogos, ganhou 5 e empatou outros 5. Alex fez 6 gols, é o artilheiro do time e vice-artilheiro do campeonato. Sem Alex, o Coritiba perdeu o seu único jogo, contra o Cruzeiro.

Outro jogador de destaque é o holandês Clarence Seedorf, ele tem 37 anos e já passou por Ajax, Sampdoria, Real Madrid, Intenazionale e Milan, equipe pela qual atuou por 10 anos. Casado com uma brasileira, ele aceitou a proposta do Botafogo em Junho de 2012 e a torcida o recepcionou com muita festa no aeroporto.

VEJA TAMBÉM: Sérgio Aguero oferece ajuda financeira ao Independiente

Neste ano de 2013, foi campeão estadual e o time aprendeu a jogar sob seu comando. É o homem de confiança do técnico Oswaldo de Oliveira e praticamente todas as bolas passam por ele. Fez 4 gols até agora no campeonato e disputou 10 dos 11 jogos do Botafogo. Com o camisa 10 em campo foram 6 vitórias, 2 empates e 2 derrotas.

Seedorf se adaptou rapidamente ao futebol brasileiro (Foto: Bruno de Lima)

Seedorf se adaptou rapidamente ao futebol brasileiro (Foto: Bruno de Lima)

Diego Forlán foi escolhido como melhor jogador da Copa do Mundo de 2010, acabou indo para a Internazionale de Milão, mas não repetiu o bom desempenho do Mundial. Em Julho de 2012 assinou um contrato com o Internacional e foi recebido por cerca de 3.500 torcedores no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre.

Forlán é o artilheiro do Internacional neste brasileirão com 5 gols (Foto: Alexandre Lopes/Divulgação)

Forlán é o artilheiro do Internacional neste brasileirão com 5 gols (Foto: Alexandre Lopes/Divulgação)

Teve algumas dificuldades no começo, mas neste ano de 2013 deu a volta por cima. Sob a batuta do técnico Dunga, o atacante uruguaio marcou 15 gols em 24 partidas. Aos 34 anos anotou 5 gols no brasileirão e com a chegada de Alex e Scocco pode ter a sua tarefa de fazer mais gols facilitada.

O mais experiente da lista é Juninho Pernambucano, aos 38 anos, em sua terceira passagem pelo clube, parece que o ‘reizinho’ não perdeu o dom de ajudar o Vasco quando ele mais precisa. Depois de 7 meses atuando pelo New York Red Bull, dos Estados Unidos, Juninho teve um problema com o treinador e rescindiu seu contrato. Optou por voltar ao Vasco, mesmo sem receber qualquer salário ou bonificação por isso.

Juninho Pernambucano voltou ao Vasco e o time melhorou sensivelmente (Foto: Marcelo Sadio)

Juninho Pernambucano voltou ao Vasco e o time melhorou sensivelmente (Foto: Marcelo Sadio)

Foi apresentado há pouco menos de um mês e os resultados já podem ser vistos. O Vasco jogou sem Juninho até a 7ª rodada, com 4 derrotas, 2 vitórias e 1 empate. Já com o meia foram 3 jogos com 2 vitórias e 1 derrota, sendo que o jogador marcou 2 gols e deu passes para outros gols do Vasco. Desde a sua volta, a única partida em que ele não atuou foi contra o Goiás, empate por 1 a 1.

Outros ‘velhinhos’ do brasileirão que fazem a diferença para os seus times são: D’Alessandro (32 anos), Ronaldinho Gaúcho (33 anos), Zé Roberto (39 anos), Dida (39 anos) e Rogério Ceni (40 anos).

O fato é que muitos times do futebol brasileiro sofrem com a falta de jogadores assim em seu elenco. Com experiência e qualidade técnica aliada a boa forma física, podem levar o clube há um objetivo final com mais facilidade. Sorte dos poucos times que tem jogadores desse porte em suas equipes.

Anúncios




Lugano segue negociando com o São Paulo, diz site

2 11 2012

Mesmo que a direção são paulina não confirme, Lugano segue negociando com o clube para 2013 

Por Felipe Lemos

Lugano servindo a seleção uruguaia (Foto: EFE)

São Paulo segue em negociação com o zagueiro Diego Lugano. No dia 19 de outubro, o Tricolor Paulista fez uma proposta para ter o jogador na próxima temporada. Segundo o portal Lancenet, o São Paulo é o único clube que mantém contato frequente com o jogador para tê-lo na próxima janela de transferências, logo no primeiro semestre.

Lugano chegou a revelar sua insatisfação no PSG no início de outubro. No clube francês, o zagueiro não vem sendo utilizado pelo técnico Carlo Ancelotti e é quarta opção na zaga do time parisiense. Na frente dele estão o francês Mamadou Sakho e os brasileiros Thiago Silva e Alex. O ex-são-paulino ficou de fora da lista de 25 atletas que disputam a Liga dos Campeões.

Ney Franco chegou a elogiar o zagueiro uruguaio e disse que o atleta seria muito importante para o clube, caso o Tricolor conquiste a vaga para a Copa Libertadores. Mesmo que a direção são-paulina não confirme publicamente o interesse pelo campeão mundial de 2005 pelo São Paulo, o empresário Juan Figer negocia as tratativas do atleta com a diretoria paulista.

O Grêmio, recentemente, demonstrou interesse no zagueiro. Ele é considerado um dos sonhos antigos do clube gaúcho, que deve esperar as mudanças na diretoria para conversar mais uma vez com Diego Lugano. Fabio Koff foi eleito, reassume a presidência no meio de dezembro e tentará retomar os contatos com o zagueiro da seleção uruguaia.

Para Lugano voltar ao São Paulo, ele teria que reduzir o seu atual salário, que chega na casa dos R$ 860 mil, e estaria disposto a ganhar R$ 330 mil. Uma possível saída no time francês não será dificultada pela direção do PSG: os franceses aceitam receber 3 milhões de euros, o mesmo valor que o clube usou para pagar o Fernebahçe na época de sua contratação.





Ney Franco elogia Lugano e diz que o uruguaio seria importante para a Libertadores

28 10 2012

Técnico do São Paulo disse que o zagueiro uruguaio seria bem vindo no clube pela história que conquistou no Tricolor

Por Felipe Lemos

Lugano na mira do Grêmio e São Paulo (Foto: Site Oficial do PSG)

Grêmio e São Paulo, mais uma vez, entrarão em mais uma disputa fora de campo. Depois da “novela Ganso”, agora é a vez da negociação do zagueiro Diego Lugano, que não está sendo aproveitado pelo PSG. Segundo a “Rádio Guaíba”, o defensor uruguaio tem uma proposta do Tricolor Gaúcho, mas também tem em mãos o projeto para atuar no São Paulo na próxima temporada, conforme veiculado pelo Jornalismo FC.

Lugano, que recebe, hoje, um salário que chega a R$ 860 mil mensais, estaria disposto abaixar seu salário para R$ 330 mil por mês, para voltar a  jogar em campos brasileiros. Ney Franco, atual técnico do São Paulo, destaca o histórico que o defensor tem com o Tricolor Paulista pelo título da Libertadores e Mundial de 2005, além de ressaltar que Diego seria muito importante para o elenco são-paulino em caso de disputa da Libertadores 2013.

– Jogador que está com 33 anos, joga na seleção uruguaia. Então pelo histórico que ele tem no São Paulo e ainda estar servindo uma seleção, com certeza é um jogador que viria no bom momento, principalmente se a gente estiver disputando uma Libertadores – disse o técnico do São Paulo, ao Terra Esporte.

Lugano servindo a seleção uruguaia, com a braçadeira de capitão (Foto: Divulgação)

Até o momento, a direção do São Paulo não se pronunciou oficialmente sobre Diego Lugano, mas as chances de ele voltar ao Morumbi é muito grande, devido a história que o atleta no clube. Além disso, o Conselho Deliberativo do clube é a favor da contratação da contratação do jogador.

Lugano não conseguiu se firmar como titular do PSG desde que se transferiu do Fenerbahçe em agosto do ano passado. Atualmente o jogador não vem sendo relacionado para os jogos do time francês, isso porque a dupla de zaga é formada pelos brasileiros Alex e Thiago Silva. O técnico Carlo Ancelotti ainda deixou o uruguaio de fora da lista de inscritos para a Liga dos Campeões.

Pelo lado do Grêmio, o novo presidente eleito no clube gremista, Fábio Koff, admitiu que tem um jogador para qual apresentou um projeto, e esse atleta é o zagueiro, que é sonho antigo da equipe gaúcha. Juan Figer, empresário do jogador, pretende ouvir, nos próximos dias, a proposta do São Paulo.





O bom filho a casa torna: após 15 anos, meia Alex acerta seu retorno ao Coritiba

17 10 2012

Revelado no clube paranaense, Alex assinará contrato de dois anos com o Coxa

Por Caio Martins

Alex está de volta ao Coritiba (Foto: Reuters)

O meia Alex voltará a vestir as cores verde e branco. E elas não serão paulistas. Após 15 anos, o experiente atleta acertou seu retorno ao clube que o revelou para o mundo do futebol: o Coritiba. O novo compromisso do jogador com o Coxa será válido por dois anos e deve ser anunciado pelo clube no intervalo do jogo contra o Náutico, já na noite desta quarta-feira (17), no estádio Couto Pereira.

A apresentação do craque deverá ser na tarde desta quinta, no próprio estádio coxa-branca. A diretoria paranaense estaria planejando uma bela recepção ao meia e um telão já teria sido posto nas arquibancadas do Couto Pereira. Nele, um vídeo com o próprio Alex anunciando seu retorno e convidando a torcida para sua apresentação.

Alex em sua primeira passagem pelo Coxa (Foto: Arquivo/Coritiba)

A vontade do meio-campista foi fundamental para a sua volta ao Coritiba. Torcedor declarado do clube, Alex foi muito disputado por Coxa, Palmeiras e Cruzeiro, ex-clubes do atleta no Brasil que contavam com sua preferência em caso de retorno ao país. Especula-se que mais de 10 presidentes de clubes brasileiros teriam sondado o jogador. Após pedido da família, o atleta recusou a proposta do Cruzeiro. A partir deste momento, sobraram os dois alviverdes na disputa. O paulista, apesar de contar com a disputa da Libertadores 2013 como trunfo, tem uma iminente queda para a Série B pela frente, algo que não atrai o futebolista. Tudo isso aliado a vontade de voltar a sua “casa” fez com que Alex retornasse ao seu clube do coração para jogar o que podem ser seus últimos dois anos de carreira.





Novela à vista: Após manifestação cruzeirense e otimismo palmeirense, irmão de Alex vê meia perto do Coxa

9 10 2012

Destino do experiente jogador ainda é indefinido

Por Caio Martins

Alex voltará para o futebol brasileiro, mas seu destino é uma incógnita (Foto: Reuters)

A definição do destino de Alex deverá se tornar uma verdadeira novela. Logo após o anúncio da rescisão de contrato do jogador com o Fenerbahçe, da Turquia, os ex-clubes do meio campista no Brasil, Coritiba, Palmeiras e Cruzeiro, passaram a olhar a situação do atleta com atenção especial. Alex é idolatrado pela torcida dos três clubes e todas elas praticamente exigem a volta do ídolo às suas equipes. Em entrevistas, o jogador sempre disse que, em uma volta ao país, daria atenção especial ao trio. Aparentemente, o Verdão paulista havia saído na frente na disputa pelo atleta, já montando toda uma engenharia financeira para apresentar uma proposta a Alex. A concorrência, no entanto, será altíssima. O Jornalismo FC traz um resumo da situação de cada clube na “corrida pelo ídolo”.

Coritiba

O Coxa tem o mais recente capítulo da nova novela. O irmão do craque, Alexandre de Souza, revelou que Alex tem um acordo verbal com o clube paranaense para, assim que terminasse seu compromisso com o Fener, voltar ao Alto da Glória. O jogador é esperado pela família em Curitiba já no próximo sábado.

Alex foi revelado no Alto da Glória (Foto: Divulgação)

– O Alex é bem decidido. Quando coloca uma coisa na cabeça, ninguém tira. Ele se decidiu no fim do ano, mas ainda vai aguardar para acompanhar a situação do Coritiba. Ele chegou a fazer um acordo com o Coritiba, para quando terminasse o vínculo com o Fenerbahçe. A única “exigência” que ele fez foi que o time não disputasse a Série B do Brasileirão – revelou Alexandre, dando a entender que, em caso de rebaixamento coxa-branca, Alex não voltaria ao Coritiba.

Diferente dos rivais na disputa pelo atleta, o Coxa não aposta em um salário astronômico para seduzir Alex de volta ao Couto Pereira. O trunfo é, literalmente, o coração do meia. Torcedor coxa-branca assumido, ele jogaria seus últimos dois anos de carreira pelo Coritiba por amor e, de certa forma, gratidão ao clube que o revelou para o mundo do futebol.

– O negócio dele não é dinheiro, não precisa mais se decidir através de propostas boas. Agora pode seguir o coração, e ele gosta muito do Coritiba. Nós estamos bem confiantes e temos certeza de que ele estará conosco no ano que vem – disse.

O problema, porém, é que o presidente do clube paranaense, Vilson Ribeiro, nega todos esses fatos. Ele afirma que realmente houve uma reunião com o futebolista no ano passado, mas que o encontro foi de cunho informal.

Palmeiras

Alex foi fundamental para a conquista da Libertadores no Palmeiras em 1999 (Foto: Folhapress)

Antes da revelação do irmão do craque, o time supostamente mais perto da contratação. Prestes a oferecer uma proposta praticamente irrecusável ao ídolo, o Palmeiras tem como trunfos a Libertadores do ano que vem, o centenário do clube em 2014 e a amizade dele com Gilson Kleina, atual técnico alviverde, e com César Sampaio, gerente de futebol do Verdão.

A diretoria do Palmeiras tem um encontro marcado com o meia de 35 anos para o próximo dia 18, logo que ele voltar ao Brasil. Ao portal Globoesporte.com, o presidente do clube, Arnaldo Tirone, revelou que realmente há uma reunião, mas não confirmou a data.

– O Alex é prioridade e já vamos nos reunir com ele quando estiver no Brasil, não sei a data certa. Será uma primeira conversa, espero que seja proveitosa – afirmou.

O Verdão, aliás, diz ter a palavra de Alex de que o time do Palestra Itália seria o primeiro clube a ser ouvido por ele. De certa forma, isso poderia deixar implícita uma preferência do atleta.

Cruzeiro

O meia participou da histórica tríplice coroa do Cruzeiro em 2003 (Foto: Divulgação)

Teoricamente, a Raposa larga atrás. Há dois anos sem empolgar, o time mineiro não faz um bom Campeonato Brasileiro e pode ter dificuldades para montar uma grande equipe para o ano que vem, já que provavelmente não disputará a Libertadores, algo que coloca o Cruzeiro atrás do Palmeiras. O Coritiba, pelo menos, conta com o coração coxa-branca de Alex.

A torcida cruzeirense, no entanto, fez questão de fortalecer o Cruzeiro na disputa. Na última segunda-feira (8), milhares torcedores mineiros foram às ruas de Belo Horizonte para pedir a volta do craque à Toca da Raposa. Todos os detalhes do evento, você confere aqui. A manifestação fez efeito: pouco tempo depois, Alex, via twitter, se disse emocionado com a passeata e agradeceu aos cruzeirenses.

Fim da temporada deve ser decisivo para a definição

O fim de ano deverá ser determinante para o final dessa novela. Supostamente os “favoritos” de Alex, Palmeiras e Coritiba devem, antes de sonhar com o retorno de seu ídolo, escapar da temida zona de rebaixamento do Brasileirão. O meia já disse que não disputará a segunda divisão, algo que fará as equipes terem ainda mais motivação para escapar do descenso. Ao Cruzeiro, resta arranjar parceiros para montar uma equipe competitiva e, com uma ótima proposta salarial, convencer Alex a voltar à Belo Horizonte.

Futuro incerto de Alex gera dúvidas e angústias nas torcidas de Coritiba, Palmeiras e Cruzeiro (Foto: Divulgação)





Torcida cruzeirense faz manifestação no centro da capital pedindo o retorno do meia Alex

9 10 2012

Milhares de torcedores fizeram uma caminhada no centro da capital mineira pedindo o retorno de Alex ao clube; os torcedores aproveitaram para questionar o trabalho da atual diretoria e do técnico Celso Roth

Por Stéfano Bruno

Rodrigo Clemente/EM/D.A Press

Milhares de torcedores celestes fizeram uma manifestação no centro de Belo Horizonte, pedindo o retorno do meia Alex (Foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)

Milhares de torcedores cruzeirenses fizeram na noite desta segunda-feira (09), uma manifestação pacífica pedindo o retorno do meia Alex, principal destaque da equipe que conquistou o Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro, todos em 2003. O clamor das redes sociais chegou as ruas do centro da capital mineira, onde os torcedores se reuniram na Praça 7 e fizeram uma caminhada até a sede do clube, que fica no Barro Preto, também na região central da capital.

Com várias faixas que demonstravam a enorme vontade de contar com o ídolo de volta, os torcedores celestes entoaram cantos pedindo o retorno do craque e com ameças a diretoria, caso ela não acerte o retorno do meia. Músicas como: “Alex, guerreiro, volta para o Cruzeiro”, e “se o Alex não voltar, o pau vai quebrar”, eram cantadas durante quase toda a caminhada até a sede do clube.

Torcida cruzeirense faz manifestação em Belo Horizonte  pedindo retorno de Alex ao clube  - Rodrigo Clemente/EM/D.A Press

Torcedores celestes reunidos na Praça 7 (Foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)

Alguns torcedores que participaram da manifestação, conversaram com exclusividade com a reportagem do Jornalismo FC. João Santos, de 56 anos, já viu outros craques do Cruzeiro em campo, mas para ele, Alex é diferente de todos. “Eu vi Tostão, Nelinho, Joãozinho e vários outros, mas o Alex é diferente. Ele comandou um time desacreditado, levando ele a conquistar três títulos em um mesmo ano. O Alex é gênio!”, disse João. Já Júlio César, de 20 anos, e Diego Nunes, 19 anos, fazem parte dos jovens cruzeirenses que veem o Alex, como o melhor jogador que viram atuar pelo Cruzeiro. Júlio acredita no retorno do meia e guarda com carinho as lembranças da reta final do Brasileirão de 2003, onde o Cruzeiro sagrou-se campeão e ainda conquistou a tríplice coroa. “O Alex tem história. O ano de 2003 foi um dos mais especiais para mim, e ele representou muito”, disse Júlio César. Já Diego, acredita que o retorno do jogador pode trazer novas conquistas ao clube. “Ele é a esperança que temos de novas conquistas”.

Para Erick Oliveira, de 25 anos, todo esforço é válido pra contar novamente com um grande ídolo como o Alex. Erick e vários outros torcedores celestes, consideram o jogador como o maior craque do clube na última década. Questionado sobre como a manifestação poderia ser favorável para o retorno do craque, Erick acredita que o Cruzeiro saí na frente, pois todo jogador gosta de jogar em um clube onde o torcedor é apaixonado pelo seu futebol. “Acredito que ele acompanha as redes sociais, ainda mais as que estão ligadas ao Cruzeiro, Palmeiras e Coritiba. Tenho certeza que o que aconteceu na Praça 7 foi visto pelo jogador. Assim, saímos na frente, pois qualquer jogador quer atuar por um clube onde a torcida é apaixonada pelo futebol dele”, declarou o jovem.

Apesar da manifestação dos torcedores cruzeirenses, o que se especula até o momento é que o Palmeiras estaria preparando uma proposta “irrecusável” para o meia, que além de um alto salário, contaria com boas premiações para retornar ao Palestra Itália. Mas ontem, em uma conversa informal com a imprensa, o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, revelou que o clube já conta com um possível parceiro para tentar repatriar o meia. Uma grande rede de supermercados, ajudaria o clube a pagar os vencimentos do atleta.

Via Twitter, Alex agradece carinho do torcedor cruzeirense

Na manhã desta terça-feira (09), através de sua conta no Twitter, Alex agradeceu o carinho do torcedor celeste. “Acabei de ver as imagens dos torcedores do Cruzeiro ontem a noite em BH. Realmente é emocionante ver essas imagens. Muito obrigado por tudo!”, disse o meia em sua rede social.

alex cruzeiro Fenerbahçe (Foto: Reprodução/Twitter)

Alex agradeceu o carinho do torcedor cruzeirense (Foto: Reprodução/Twitter)

Protestos também contra a diretoria e o treinador

Enganou-se quem pensou que a manifestação seria apenas pelo retorno do meia Alex. Além dos cartazes pedindo o retorno do craque, também foi possível ver vários cartazes pedindo a saída do atual treinador, Celso Roth. Em frente a sede do clube, a torcida aproveitou para pedir a saída do presidente do clube, Gilvan de Pinho Tavares.





Palmeiras prepara proposta irrecusável para Alex

5 10 2012

Entre os atrativos para o meia voltar ao Palestra Itália estão premiações e um alto salário

Por Caio Martins

Alex é o sonho de consumo do Palmeiras para a temporada 2013 (Foto: Getty Images)

O Palmeiras realmente quer Alex. Visando o retorno do ex-camisa 10 ao clube, a diretoria do Verdão está preparando uma grande proposta para o jogador. Praticamente irrecusável. O que facilita o planejamento e os gastos é o fato de o Palmeiras não precisar se preocupar em pagar uma alta quantia a um clube ou até uma multa rescisória: Alex já não tem mais contrato com o Fenerbahçe e está livre para negociar com qualquer clube.

A proposta ainda não foi formalizada, mas especula-se que haja alguns bons trunfos que podem atrair o meia de 35 anos a vestir novamente a camisa alviverde. Na oferta, estaria um alto salário, mais alto até do que o de Valdivia, que recebe os maiores vencimentos do elenco. Há também a ideia de usá-lo em grandes jogadas de marketing para o ano do centenário do Palmeiras, em 2014. Ao lado de Marcos, maior ídolo da história do clube, Alex participaria de ações promocionais. A infra-estrutura também deve ser levada em consideração: já no ano que vem, o Verdão irá inaugurar a nova Arena Palestra Itália. Premiações por metas na Taça Libertadores 2012 também devem figurar entre os ítens propostos ao jogador na oferta.

O Palmeiras também estaria disposto a prever, em contrato, uma porcentagem específica de vendas de produtos licenciados do clube para o atleta. A melhor ideia para essa medida seria devolver a camisa 10 a Alex, que a usou entre 1997 e 2001. Para isso, Valdivia, atual dono do número, já se disse disposto a abrir mão da principal camisa alviverde.

– Como ele tem um histórico limpo e grande aceitação junto ao torcedor, acredito que o Alex seria um sucesso de vendas. Em relação à camisa, é barbada. Poderíamos também explorar outros produtos. Assim, o Alex se paga – disse um dirigente alviverde, que pediu anonimato.

O jornalista Alex Muller, da Bandnews FM, conversou diretamente com o mandatário palmeirense. Tirone afirmou que Alex disse a ele que não acertaria com outro clube sem antes consultar o Verdão.

Muller conversou com Tirone e disse o que o mandatário falou pelo twitter (Foto: Reprodução)

A amizades do jogador com o técnico Gilson Kleina e com o gerente de futebol alviverde, César Sampaio, podem ajudar, mas não serão determinantes na negociação, segundo o próprio presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone.

– O César e o Kleina conhecem o Alex há muito tempo, é importante que eles tenham esse contato. Queremos oferecer um contrato bom, se possível por dois anos, para que ele possa jogar no centenário – afirmou.

O fim deste ano, porém, é fundamental para uma possível chegada de Alex. O próprio meio-campista já afirmou que, a esta altura da carreira, não gostaria de jogar na Série B do Campeonato Brasileiro. O Palmeiras vem reagindo na competição, mas ainda está na zona de rebaixamento no torneio. Cruzeiro e Coritiba, ex-clubes do jogador, também sonham com o atleta para o ano que vem.

 








%d blogueiros gostam disto: