Vasco usa bem a bola parada, e vence o Cricíuma-SC

27 07 2013

Sob o comando de Juninho, Cruz-maltino vence o time catarinense por 3 a 2, e chega a sua segunda vitória consecutiva na Série A

Por Artur Rebouças

Juninho novamente foi o destaque do Vasco. ( Foto: Paulo Sérgio / Agência Lance)

Juninho novamente foi o destaque do Vasco. ( Foto: Paulo Sérgio / Agência Lance)

Em uma partida com grande público em São Januário,  de vários gols de bola parada, e de estreia de seu terceiro uniforme, o Vasco, em confronto válido pela nona rodada, derrotou o Criciúma, pelo placar de  3 a 2, na noite deste sábado,  e chegou à sua segunda vitória consecutiva, nesse Brasileirão.

Os gols do Vasco foram marcados por Juninho e Rafael Vaz, ambos em cobrança de falta, e Edmilson. Ivo e Wellington Paulista descontaram para o Tigre.

Com a vitória, Vasco chegou aos seis pontos, e ocupa momentaneamente a sexta posição na tabela de classificação.

Pela Série A do Campeonato Brasileiro, o Vasco volta a campo na próxima quinta-feira, para enfrentar o Goiás, no estádio Serra Dourada.

O JOGO

Embalado por um público de mais de 18 mil torcedores, e sob o comando de Juninho Pernambucano, que retornava a São Januário desde a sua saída para os Estados Unidos, o Vasco entrou em campo muito motivado a buscar a vitória.

Logo aos oito minutos de partida, em falta cometida sobre o atacante Éder Luis, Juninho Pernambucano, em cobrança de falta de muito veneno, que também contou com a ajuda do goleiro adversário, abriu o placar para o Vasco, 1 a 0.

Após o gol, o jogo ficou bastante trucado, com vários erros de ambas as equipes. Dessa forma, a partida ia se desenrolando, até que, a partir dos 30 minutos, o Vasco acomodou-se, e o Criciúma, até então, sem nenhuma reação na partida, passou a agredir o adversário. O atacante Cassiano, na parte final do primeiro tempo, desperdiçou a melhor chance do Criciúma no jogo, ao ser lançado sem nenhuma marcação, à frente do goleiro Diogo Silva, que acabou saindo bem do gol, evitando o empate do Tigre. Assim terminou o primeiro tempo, 1 a 0.

Rafael Vaz e Juninho comemoram o segundo gol ( Foto: Celso Pupo/ Ag. Estado)

Rafael Vaz e Juninho comemoram o segundo gol ( Foto: Celso Pupo/ Ag. Estado)

Na segunda etapa, o Vasco voltou empenhado em chegar ao segundo gol, que acabou saindo nos primeiros dez minutos de partida, também em cobrança de falta.  Dessa vez, a cobrança não foi de Juninho, e sim do zagueiro Rafael Vaz, que com muita perfeição, colocou a bola no ângulo do goleiro Bruno, do Criciúma, ampliando o placar para 2 a 0.

Quando já se imaginava que a partida se encaminharia para uma vitória fácil do Vasco, o meia Ivo, seis minutos após o gol vascaíno, tratou de recolocar o Tigre de volta à partida, em uma cobrança de falta, que contou com a falha do goleiro Diogo Silva, 2 a 1.

De ânimo renovado, o Criciúma partiu pra cima do Vasco em busca do empate, que acabou acontecendo dez minutos depois, aos 26, em uma nova falha do setor defensivo vascaíno. Se aproveitando da falha de Rafael Vaz, e de Diogo Silva, o atacante Wellington Paulista deixou tudo igual no placar, 2 a 2.

No entanto, enquanto ainda comemorava o gol de empate, o Tigre foi surpreendido, por uma cobrança de falta de Juninho, que encontrou Edmilson, sozinho na pequena área, aos 28 minutos, 3 a 2. Assim terminou uma partida de muitas emoções.

Anúncios




Fred pode ser punido pelo STJD

23 07 2013

Atacante foi expulso no clássico, Jomar do Vasco também deve ser julgado

Por Matheus de Andrade

Fred, sendo expulso após cotovelada em Jomar (Foto: André Durão / Globoesporte.com)

A fase no Fluminense já está complicada. Após a derrota de domingo, no clássico contra o Vasco, a situação pode ainda piorar nas Laranjeiras. O STJD pretende punir o atacante Fred pelo lance na última partida, no qual o camisa 9 agrediu o jogador Jomar do clube da Colina, e acabou sendo expulso.

O atleta pediu desculpas pelo twitter logo após o jogo e disse que fez o mesmo com seus companheiros. No entanto a menor pena que o atacante, caso seja considerado culpado,  pode pegar, é de quatro jogos e no pior dos casos, 12 partidas. O artigo pelo qual pode haver a punição é o 254-A: “desferir dolosamente soco, cotovelada, cabeçada ou golpes similares em outrem, de forma contundente ou assumindo o risco de causar dano ou lesão ao atingido”.

Jomar, do Vasco, também deve ser julgado, pois antes da cotovelada de Fred, o jogador vascaíno havia agredido oadversário, situação que pode ter gerado um revide. No caso de Jomar, sequer houve marcação de falta, no entanto o vídeo do lance pode ser disponibilizado e o jogador ser enquadrado no mesmo artigo que o atacante da seleção.

Dentro de campo o tricolor parecia muito nervoso, além de Fred, o zagueiro Digão foi expulso no segundo tempo. Já a equipe do São Januário aparentava  tranquilidade e conseguiu fazer 3×1 no time das Laranjeiras. Esta foi a quarta derrota seguida do Fluminense e já ocupa a décima quarta colocação e tem sua próxima partida na Arena Grêmio, domingo (28) às 16:00. O clube da Colina está na décima primeira posição e recebe o Criciúma, no sábado (27) ás 18:30.

 





Fágner é apresentado no Vasco da Gama

22 07 2013

Lateral-direito vestirá novamente a camisa 23, a mesma utilizada na primeira passagem vitoriosa

Por Luiz Queiroga

Quase um ano depois, Fágner está de volta ao Vasco da Gama (Foto: Bruno de Lima/Lance!Press)

O lateral-direito Fágner foi apresentado na tarde desta segunda-feira (22) no Vasco da Gama. O jogador acertou o retorno ao clube pelo qual se destacou em 2009 e 2012, com direito a título da Série B do Campeonato Brasileiro de 2009 e Copa do Brasil de 2011.

No retorno ao Rio de Janeiro, Fágner voltará a trabalhar com o técnico Dorival Júnior, responsável pelo retorno do Vasco à elite do futebol nacional, e também vestirá novamente a camisa 23. A diretoria cruz-maltina fez questão de ceder a numeração ao reforço. Antes da chegada dele, o atacante Reginaldo era quem utilizava.

TAMBÉM PELA DIREITA: Luis Ricardo está na mira do Palmeiras e do São Paulo

Fágner já está regularizado no BID e participou dos treinos desta tarde com Dorival Júnior. Como vinha treinando normalmente na Alemanha, já pode estrear diante do Criciúma, próximo sábado, em São Januário.

– Gostaria de agradecer ao presidente e ao Ricardo, pela oportunidade que está me dando de poder mais uma vez vestir a camisa do Vasco. É um clube muito grande, de tradição. Fico feliz não só pela oportunidade, mas pelo carinho todo que recebi desde que voltei. Isso é legal. Estou pronto para ajudar meus companheiros – declarou.





Guiñazu é o novo reforço do Vasco

20 07 2013

Presidente confirma acerto com o volante ex-Internacional: “Fechamos esta manhã”

Por Victória Rodrigues

Diretoria do Vasco confirma a contratação do volante Guiñazu (Foto: Juan Mabromata / AFP)

O volante Pablo Guiñazu, ex-internacional, de 35 anos,  é o mais novo reforço do Vasco da Gama. O presidente do clube, Roberto Dinamite, confirmou o acerto nesta sexta-feira (19). Dinamite agradeceu ao Internacional por terem desistido de uma cláusula junto ao Libertad, do Paraguai, com o qual tinha sido negociado em janeiro.

O jogador ainda vai realizar exames médicos, mas provavelmente já será apresentado na próxima semana. Falta apenas regularizar o atleta, enviando os documentos de rescisão dele até o fechamento da janela de transferência.

– Já havíamos fechado com o Fagner, e fechamos a situação do Guiñazu na manhã de hoje. Serão dois jogadores importantes para o clube. Ele já está indo para o Rio acertar os detalhes. A parte que existia em relação ao Internacional, de contrato, foi resolvida. Agradeço publicamente ao presidente do Inter, que entendeu a nossa situação – disse Dinamite.

Mesmo não sendo mais jogador do Internacional, no contrato com o Libertad constava que se fosse negociado com outro time brasileiro teria que pagar multa. Porém houve um acordo entre as diretorias e o atleta foi liberado. Agora o Vasco corre para conseguir inscrever Guiñazu no último dia da janela.





Brasileirão: Vasco x Flamengo, Criciúma x Goiás

15 07 2013

Flamengo vence e coloca Vasco na zona de rebaixamento. Criciúma e Goiás empatam sem gols.

Por Camila Andrade

Confira no Jornalismo Futebol Clube, o resumo de duas partidas que fecharam a sétima rodada do Campeonato Brasileiro, neste domingo (14), às 18h30.

Vasco 0 x 1 Flamengo

Paulinho marcou o gol da Gávea (Foto: Francisco Stuckert/LANCE!Press)

Vasco e Flamengo foram ao Estádio Mané Garrincha, em Brasilía, para disputar o clássico, que terminou com a vitória do time da Gávea, por 1 x 0, o que colocou o rival na zona de rebaixamento.

Após a saída do técnico Paulo Autuori, que assinou com o São Paulo, Dorival Júnior assumiu o comando do luso-carioca e viu seu novo clube sofrer a derrota. Já aos 29, do primeiro tempo, o novo treinador e os mais de 60 mil torcedores, acompanharam Elias entrar na área e chutar para a defesa de goleiro e no rebote, o jovem Paulinho mandar para as redes e marcar seu primeiro gol com a camisa rubro-negra.

A vitória tirou o Flamengo da zona de degola e agora o time ocupa a 11ª posição na tabela com nove pontos. Já o Vasco, afundou e foi para a 17ª colocação, com sete pontos.

Na próxima rodada, a equipe de Mano Menezes, vai ao Centenário, enfrentar o Internacional, domingo às 16h. Mais tarde, às 18h30, quem entra em campo é o time do São Januário, para o confronto contra o Fluminense, no Maracanã.

CONFIRA TAMBÉM: Cruzeiro goleia Náutico no Mineirão

Criciúma 0 x 0 Goiás

Valmir Lucas e Wellington Paulista, Criciuma x Goiás (Foto: Fernando Ribeiro/Futura Press)

Equipes não sairam do zero (Foto: Fernando Ribeiro/Futura Press)

A chuva parece ter esfriado a partida entre Criciúma e Goiás e as duas equipes não saíram do zero, no Heriberto Hülse, na partida que fechou a rodada.

O começo da partida ainda foi boa, com algumas chances de gols, porém, no decorrer do tempo, as equipes foram enfraquecendo, houveram muitos passes errados, para os dois lados e o resultado não poderia ter sido outro.

O que esquentou por um instante o jogo, foi em um lance no segundo tempo, quando Ivo bateu escanteio e quase marcou um gol olímpico. Mas, Serginho cabeceou e a bola não entrou.

Com um ponto para as duas equipes, o Criciúma foi a sete pontos e o Goiás, nove, ocupando a 16ª e 13ª posição, respectivamente. Na rodada de número oito, o Criciúma recebe o Grêmio, sábado, às 18h30. Neste mesmo horário, mas no dia seguinte, o Goiás, enfrenta a Portuguesa, no Serra Dourada.

Confira os jogos da sétima rodada do Campeonato Brasileiro:

13/07 – Sábado 

Fluminense 2 x 3 Internacional

Santos 4 x 1 Portuguesa

Ponte Preta 0  x 0 Bahia

14/07 – Domingo

Corinthians 0 x 1 Atlético MG

Vitória 3 x 2 São Paulo

Grêmio 2 x 1 Botafogo

Coritiba 1 x 0 Atlético PR

Vasco 0 x 1 Flamengo

Criciúma 0 x 0 Goiás

Cruzeiro 3 x 0 Náutico





Vasco fecha contrato com a Caixa

13 07 2013

Cruz-maltino receberá  R$ 20 milhões anuais da estatal

Por Artur Rebouças

Atualmente a camisa do Vasco está sem patrocínio.  (Foto:  Divulgação/ Pênalty/ VIPCOMM)

Camisa do Vasco estava sem patrocínio master. (Foto: Divulgação/ Pênalty/ VIPCOMM)

Às vésperas do clássico diante do Flamengo, o Vasco conseguiu neste sábado, uma importante vitória nos bastidores: o tão esperado acerto de patrocínio master com a Caixa Econômica Federal.

Para a formulação do contrato de patrocínio, o departamento jurídico do clube apresentou um documento com as garantias necessárias à estatal, que comprova a renegociação das dívidas com a Fazenda Nacional, restando apenas a publicação no Diário Oficial da União.

Com o acerto de patrocínio  com a Caixa no valor de R$ 20 milhões anuais, e com a liberação de novas receitas, o Vasco deverá colocar em dia os salários atrasados de jogadores e funcionários, já na próxima semana.

Agora o clube corre contra o tempo para estampar a publicidade no uniforme, já no clássico deste domingo, diante do Flamengo, que também é patrocinado pela estatal.

Além da Caixa, o Vasco também poderá anunciar nos próximos dias o acordo com a montadora Nissan, que acrescentará aos cofres do clube um patrocínio de R$ 8 milhões.





Juninho retorna ao Vasco com salário mínimo

12 07 2013

Após despedida no ano passado, Reizinho volta ao time para encerrar a carreira

Por Victória Rodrigues

Juninho já participa dos treinamentos (Foto: Alexandre Cassiano / O Globo)

Foi apresentado ao Vasco nesta sexta-feira (12) o jogador Juninho Pernambucano. Após sete meses longe do clube, o atleta volta para encerrar a carreira. Em novo contrato, aceitou receber até o fim do ano um salário mínimo, mais parcelas mensais da dívida de mais de R$ 500 mil da última passagem por São Januário.

Juninho deixou claro que não será possível jogar todos as partidas pelo clube em ritmo intenso e com muitas viagens. O Vasco chegou a propor um contrato de um ano, porém o atleta preferiu assinar somente até o final do ano. No fim do contrato, caberá a ele decidir se continua jogando ou se aposenta.

Em entrevista, o jogador afirmou que já havia decidido parar de jogar, porém um telefone do presidente, Roberto Dinamite o fez desistir de parar.

– Eu tinha a intenção de parar de jogar. Rescindi meu contrato na quarta-feira. O primeiro clube a me procurar não foi o Vasco, mas depois que o Roberto ligou e falou que contava comigo, fizemos um acordo e espero que eu possa ajudar – disse Juninho.








%d blogueiros gostam disto: