Paixão por vocação!

9 09 2013

A história de um garoto apaixonado por futebol, que se tornou padre, mas que nunca abandonou o seu amor por esse esporte

Por Artur Rebouças
Especial do F9

Cornélio mostra com orgulho a camisa de seu maior ídolo no futebol, Francesco Totti ( Foto: Artur Rebouças)

Cornélio mostra com orgulho a camisa de seu maior ídolo no futebol, Francesco Totti ( Foto: Artur Rebouças)

É possível conciliar uma vida sacerdotal com o amor por um clube de futebol? Para Francisco Cornélio Freire Rodrigues, sim! De origem humilde, Cornélio foi criado na comunidade de Melancias, município de Apodi-RN. Sua vocação espiritual já era visível desde muito jovem. Sempre engajado com a Igreja, ele tinha um sonho que também era compartilhado pela mãe: se tornar padre.

No entanto, apesar de dedicar boa parte de seu tempo às atividades da Igreja, Cornélio também cultivava outra paixão, o futebol. Em entrevista ao “F9 Esportes”, ele contou que passou a acompanhar o futebol ao lado dos irmãos mais velhos através do rádio, em 1990, aos sete anos de idade. Segundo ele, a Copa do Mundo daquele ano foi um fator a mais, que contribuiu para a paixão por esse esporte.

Cornélio, nos tempos de criança, frequentando as arquibancadas do Nogueirão com seu inseparável radinho de pilha ( Foto: arquivo pessoal)

– Eu sempre gostei de rádio e era por meio dele que eu acompanhava os jogos. Em 1990 era ano de Copa, ou seja, era uma época em que o futebol estava muito em evidência. Foi a partir desse momento que passei a gostar do futebol. É um pedaço de mim– afirmou.

Em nível nacional, o Corinthians sempre foi o clube do coração de Cornélio, mas no Rio Grande do Norte é o Potiguar de Mossoró quem faz seu coração bater mais forte. Indagado sobre de onde teria surgido esse carinho pelo Time Macho, Cornélio foi enfático:

– Não há explicação, como na verdade nunca há. Aconteceu – frisou.

Em meio ao amor pelo futebol, Cornélio continuava trilhando a sua vocação e no ano de 2008 acabou indo morar em Roma-ITA, onde permaneceria durante cinco anos, cursando um bacharelado em Teologia.

Eis que ao desembarcar na Itália outro clube entraria para a sua vida, a Roma. Durante a estadia na capital italiana, Cornélio passou a criar um laço de amor e paixão com o clube romano.

– Sempre que conversava com meu irmão que é torcedor do Internacional-RS, eu ouvia falar de Falcão, “O rei de Roma”. Então, quando vim para Roma, escolhi esse time. Outro fator foram as cores do time – ressaltou.

Além de acompanhar sempre que possível às partidas da Roma, no estádio Olímpico, Cornélio não se desprendia do Corinthians e do Potiguar.

– Por conta da diferença de fuso horário entre a Itália e o Brasil (5 horas a mais) eu dormia mais cedo, para acordar a tempo de assistir os jogos – declarou.

Cornélio também contou uma situação bem curiosa em sua trajetória.

– Já cheguei a usar a camisa da Roma sob a batina – brincou.

Prosseguindo com a vida acadêmica religiosa, Cornélio concluiu o curso de Teologia em 2011 e atualmente cursa mestrado em teoria bíblica, que terá sua conclusão em fevereiro de 2014. Nessa preparação para a vida sacerdotal, ele ainda foi ordenado Diácono, no ano de 2012, antes de ser ordenado Padre, pela Diocese de Mossoró, em cerimônia realizada na comunidade de Melancias-RN, no dia 4 de agosto deste ano.

Anúncios




Sósia de Neymar, atacante do Potiguar de Mossoró espera seguir os mesmos passos do ídolo: ‘Minha fonte de inspiração’

14 08 2013

Tiago, que já foi apelidado de ‘Neymarzinho’ pela semelhança com o craque do Barcelona, participou de uma entrevista bastante descontraída com o JFC

Por Artur Rebouças

José Marcelo Diaz

Tiago Neymarzinho explicou o porquê do apelido (Foto: José Marcelo Diaz)

Enquanto Neymar continua atraindo todos os olhares do mundo vestindo agora a camisa do Barcelona, outro jogador, também atacante, mas menos badalado, vem chamando atenção de muitas pessoas na cidade de Mossoró-RN, pela forte semelhança com o craque brasileiro.

Tiago Ferreira, ou “Tiago Neymarzinho”, como é mais conhecido, tem 18 anos, é atacante do Potiguar de Mossoró e fã declarado do atacante Neymar.

Comparado ao ídolo por causa da  aparência e por certa habilidade, Tiago vai iniciando a  trajetória no futebol com a camisa do Time Macho. O jogador disputa competições de base. O jovem atacante espera aos poucos construir a própria história, tendo de semelhante apenas a Neymar o sucesso, através de muito empenho e dedicação.

– As pessoas cobram e falam: “Pô, e o futebol é igual?”, elas até brincam: “O futebol pode ser igual, mas a conta bancária também? (risos)… Mas é isso mesmo, elas cobram – declarou, ao portal.

Confira a entrevista exclusiva ao Jornalismo FC na íntegra com Tiago Neymarzinho ao final da reportagem.

Um pouco mais sobre Tiago Neymarzinho

Tiago até garante uma habilidade semelhante a de Neymar, mas a conta bancária já é difícil (Foto: José Marcelo Diaz)

Tiago até garante uma habilidade semelhante a de Neymar, mas a conta bancária já é difícil (Foto: José Marcelo Diaz)

O atacante, natural de Recife-PE, participava de um projeto social, também da cidade natal, intitulado AVA- Associação Amando, Vivendo e Aprendendo, que é comandado por Marcão, ex-preparador de goleiros do Potiguar. Marcão, que sempre manteve o projeto em Recife, indicou o jogador ao auxiliar técnico, Edinho Cardoso, que pediu a contratação dele.

O jogador tem 50% do passe ligado ao Potiguar, enquanto a outra metade fica com Marcão. Integrado ao grupo, Neymarzinho ainda não possui um contrato profissional e recebe uma ajuda de custo, nas categorias de base, informação confirmada pelo gerente de futebol, José Neto.

O jogador, bastante elogiado pela comissão técnica, ainda vive um processo de amadurecimento dentro do time. Tiago cita a falta de experiência como um fator a ser superado e afirma que espera adquirir essa bagagem ao longo do tempo, haja vista que o jogador já vive a expectativa de ser integrado ao time profissional, definitivamente.

Confira a conversa descontraída de Tiago Neymarzinho ao JFC:

JFC: Por que escolheu se inspirar no Neymar? Por que não escolheu, por exemplo, Cristiano Ronaldo ou Messi? Quais as diferenças?Todos os três são excelentes jogadores, mas, para mim, o Neymar é diferenciado. Não dizendo que os outros não sejam, os três têm um grande futebol, mas eu preferi o Neymar, muito pela aparência, por as pessoas me dizerem que eu parecia com o Neymar. De lá pra cá, isso foi pegando, ai ficou o Neymarzinho.

JFC: Você gosta de ser chamado de Neymarzinho? Quem deu o apelido? Como surgiu?
É bom sempre se inspirar em um ídolo. Desde que começaram a falar nele, na época da estreia no Campeonato Paulista, eu comecei a assistir ao jogo dele e comecei a me agradar. É um excelente jogador também. Já o apelido, saiu na comunidade, onde todos falavam: “Você tem o olhinho puxado, o sorriso, corte o cabelo também”. Ai eu adotei a moda e hoje estou assim. 

JFC: Todo “sósia” sempre carrega uma responsabilidade grande (comparação). Está pronto para sofrer cobranças por ser parecido com o Neymar?
As pessoas cobram e falam: “Pô, e o futebol é igual?”, elas até brincam: “O futebol pode ser igual, mas a conta bancária também?” (risos) Mas é isso mesmo, elas cobram.

JFC: Nos últimos anos, vários “novos Messi” surgiram no futebol, mas nenhum deles obteve sucesso. Teme o mesmo fracasso sendo comparado ao Neymar?
Teve um tempo em que eu fui fazer um teste em um clube, e falaram: “Pô, porque você não para com isso?”, mas, para mim é uma fonte de inspiração. Eu já cheguei a um clube, o treinador chegou pra mim e disse que não me viu jogando nada, isso me deixou triste, mas eu não desanimei, pois a fonte de inspiração é maior, que é o “Craque da Vila”.

JFC: Ser comparado ao Neymar ajuda ou atrapalha na carreira?
Caraca, é uma responsabilidade tremenda! Ajuda, as pessoas falam que eu pareço, e eu gosto de ser comparado com o craque. 

Tiago Neymarzinho não escondeu o lado descontraído durante a conversa (Foto: José Marcelo Diaz)

Tiago Neymarzinho não escondeu o lado descontraído durante a conversa
(Foto: José Marcelo Diaz)

JFC: O que você tem que o Neymar não tem?
Cara é difícil, eu sou alegre e ousado como ele, mas eu acho que não tem… Ah, tem, a conta bancária! (risos) Não é igual, é diferente.

JFC: Dentro de campo, quais as suas principais características? Você se acha habilidoso e decisivo como o Neymar?
Isso sempre foi mais responsabilidade pra mim, eu confio no meu potencial. Eu sempre preciso ajudar a equipe. A habilidade e velocidade são o meu forte.

JFC: O Neymar também faz sucesso fora de campo. Atualmente, namora a atriz Bruna Marquezine. Você também faz sucesso? Está namorando? É famosa na região?
(risos) As pessoas brincam: “Cadê a Bruna Marquezine?” Ah a Bruna Marquezine está lá com o Neymar verdadeiro! Mas, falando sério, hoje eu tenho uma pessoa que é especial na minha vida. Fora de campo existem os assédios, mas é saber conviver com isso.

JFC: Você já teve algum contato com o Neymar? Já viu ou conversou com ele pessoalmente?
Eu já o vi pessoalmente, a gente se falou, mas só isso mesmo. O pessoal até comparou, mas foi só isso mesmo. 

JFC: Se você pudesse pedir um favor ao Neymar… Qual seria?
Conhecer meu ídolo

JFC: Sonha em um dia jogar ao lado de Neymar?
Meu sonho é jogar ao lado do craque Neymar, que é minha fonte de inspiração. Pretendo chegar um dia a conhecê-lo e, quem sabe, bater uma bolinha com o meu ídolo.





América-RN confirma saida de dois jogadores, e anuncia nova contratação

2 08 2013

Enquanto o meia Netinho e o volante Jerson deixam o clube, atacante Laércio, de 23 anos, chega para reforçar o Mecão nessa Série B.

Por Artur Rebouças

Alto salário pesou para a saída do meia ( Foto: Facebook oficial do clube)

Alto salário pesou para a saída do meia ( Foto: Facebook oficial do clube)

O América-RN anunciou na última quinta-feira, que o meia Netinho e o volante Jerson entraram em acordo com a diretoria, e não vestem mais a camisa do Mecão na Série B do Campeonato Brasileiro.

No caso do meia Netinho, houve um acordo entre o jogador e diretoria, que resultou na rescisão amigável do seu contrato, já o volante Jerson, foi emprestado ao Luverdense-MT até ao final da temporada.

Segundo informações do site oficial do clube, a saída dos atletas foi a forma que o clube encontrou para equilibrar o as suas finanças, já que os dois recebiam altos salários, e eram pouco utilizados na equipe titular.

REFORÇO

Buscando qualificar o time, o presidente do América-RN, Alex Padang, confirmou nesta sexta-feira, a contratação do atacante Laércio, como o mais novo reforço do Mecão para a sequência da temporada.

O atacante de 23 anos chega ao Mecão por indicação do técnico Argel Fucks, com quem trabalhou no Avaí-SC, na temporada passada.

Recentemente, Laércio defendeu o América-MG, na  disputa do último Campeonato Mineiro.

Ficha do Atleta

Nome: Laércio Gomes Costa
Posição: Atacante
Nascimento.: 03/03/1990
Cidade: Caiabú – SP
Altura: 1,70 m
Peso:  67Kg

Clubes:  Avaí  – 2010 –Catarinense/Série A
Boa Esportes – 2011 – Catarinense/Série B
Avaí – 2012 – Catarinense/Série B
América/MG 2013 – Mineiro/Série A





Léo Gamalho comemora estreia com gol pelo Ceará

31 07 2013

Atacante marcou o primeiro gol do Vozão na vitória de 3 a 1, diante da Chapecoense, na noite da última terça-feira

Por Artur Rebouças

Léo Gamalho marcou o primeiro gol do Ceará na partida ( Foto: Divulgação/Site oficial do clube)

Léo Gamalho marcou o primeiro gol do Ceará na partida ( Foto: Divulgação/Site oficial do clube)

Recém-contratado pelo Ceará, o atacante Léo Gamalho estreou com a camisa alvinegra, marcando um dos gols da vitória do Vozão de 3 a 1, diante da Chapecoense, na noite da última terça-feira, na Arena Castelão.

Léo Gamalho, em entrevista ao site oficial do clube, enalteceu a sua estreia com gol  pelo Ceará, e afirmou que espera continuar marcando, para ajudar o alvinegro a conquistar os objetivos.

– O torcedor tinha a expectativa de me ver em campo por conta das minhas atuações anteriores, quando eu defendia o ASA. Graças a Deus eu pude corresponder e marquei um gol logo na estreia. Mas podem ter certeza que vou trabalhar para quem venham muitos nos próximos jogos para ajudar o Ceará a sair de campo vencedor – afirmou.

O Ceará, de Léo Gamalho, volta a campo na próxima sexta-feira, para enfrentar o América-MG, no estádio Independência, pela 12° rodada da Série B.





Léo Gamalho é apresentado pelo Ceará-CE

27 07 2013

Atacante, ex-ASA-AL, é o novo reforço do Vovô para a sequência da Série B

Por Artur Rebouças

Léo Gamalho, de 27 anos, é o novo reforço do Vozão ( Foto: Divulgação/ site oficial do clube)

Léo Gamalho, de 27 anos, é o novo reforço do Vozão ( Foto: Divulgação/ site oficial do clube)

O Ceará segue reforçando o seu elenco, visando o retorno à Série A do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, o Vovô anunciou a contratação do atacante Léo Gamalho, ex-ASA-AL, como o mais novo reforço para o setor ofensivo da equipe.

O atacante de 27 anos, já marcou cinco gols contra o proprio Ceará, nesta temporada, vestindo a camisa do time alagoano. No desembarque em Fortaleza-CE, o atacante elogiou o novo clube, e afirmou que vai se dedicar ao máximo para ajudar o time a conquistar os seus objetivos.

– Chego ao Ceará com o pensamento de trabalhar forte. Quero me entregar e honrar a camisa. Joguei contra e sei a diferença que faz a torcida do Ceará… Tenho uma imagem muito marcante do torcedor e agora vou representá-los… Espero que dê tudo certo – disse ao site oficial do clube.

HOMENAGEM: Dominguinhos será homenageado pelo Náutico-PE, neste domingo

Ainda na sexta-feira, o jogador realizou os exames médicos, antes de assinar contrato com o Vozão. A sua apresentação deve acontecer na próxima semana.

FICHA TÉCNICA
Nome: Leonardo Gamalho de Souza;
Apelido: Léo Gamalho;
Posição: Atacante;
Data de nascimento: 30/01/1986;
Natural de: Porto Alegre/RS;
Peso: 87 Kg;
Altura: 1.88m;
Clubes: Grêmio/RS, River Plate/Argentina, Internacional/RS, América/RN, Valdevez/Portugal, Shenyang Dongjin/China, Pudong Zobon/China, Grêmio Barueri/SP, ABC/RN, Caxias/RS e ASA/AL.





Naútico-PE prestará homenagem a Dominguinhos contra o Internacional

26 07 2013

Além de estampar o nome do sanfoneiro na camisa, a diretoria do Timbu exibirá no telão do estádio, um vídeo em homenagem ao grande ídolo pernambucano, que faleceu na última terça-feira

Por Artur Rebouças

Pernambucano, torcedor do Sport-PE, Dominguinhos será homenageado pelo Náutico ( Foto: Reprodução da Internet)

Pernambucano, torcedor do Sport-PE, Dominguinhos será homenageado pelo Náutico ( Foto: Reprodução da Internet)

Na última terça-feira, a música brasileira perdeu um de seus grandes ícones: O compositor e músico Dominguinhos. Apadrinhado pelo “Rei do Baião”, Luiz Gonzaga, Dominguinhos foi  também um dos grandes disseminadores do Forró em todo o Brasil.

Pernambucano de nascença, e torcedor assumido do Sport-PE, o sanfoneiro que lutava contra um câncer, há mais de seis anos, e  estava internado desde o mês de dezembro,  com pneumonia e arritmia cardíaca, acabou falecendo em São Paulo, vítima de complicações infecciosas e cardíaca.

HOMENAGEM

Clube estampará o nome do sanfoneiro em sua camisa, diante do Internacional ( Foto:  Divulgação)

Clube estampará o nome do sanfoneiro em sua camisa, diante do Internacional ( Foto: Divulgação)

Após a notícia da morte de Dominguinhos, a diretoria do Náutico-PE preparou uma homenagem ao grande sanfoneiro, que sempre foi um dos ícones de Pernambuco.Na partida diante do Internacional, neste domingo, na Arena Pernambuco, os jogadores do Timbu entrarão em campo com o nome de Dominguinhos, estampado na parte de trás da camisa, abaixo do número. (veja no vídeo ao fim da reportagem)

E as homenagens não acabam por aí, pois além da presença do nome do grande sanfoneiro estampado na camisa, será exibido no telão da Arena Pernambuco, um vídeo produzido pela diretoria do clube, sobre a carreira de Dominguinhos e sua importância para Pernambuco.

Finalizando a homenagem, a diretoria do Náutico já afirmou que os seus jogadores entrarão no gramado, ao som de um sanfoneiro, que ditará o ritmo da entrada dos atletas.O Náutico enfrenta o Internacional, neste domingo, às 16h, na Arena Pernambuco.

Confira a homenagem feita pelo Náutico:





Meia do ABC-RN destaca a importância do confronto diante do Paysandu, na recuperação do time na Série B

25 07 2013

Erick Flores ressalta que a vitória nessa partida é fundamental para as pretensões do alvinegro na competição

Por Artur Rebouças

Erick flores segue treinando forte. ( Foto: Júnior Santos / Tribuna do Norte)

Erick flores segue treinando forte. ( Foto: Júnior Santos / Tribuna do Norte)

O ABC-RN segue treinando visando o confronto diante do Paysandu, neste sábado, no estádio Frasqueirão, pela Série B do Campeonato Brasileiro

Lanterna da competição com apenas três pontos, o Mais Querido ainda busca sua primeira vitória na competição, o que ainda não ocorreu em nove rodadas decorridas.

Para o meia Erick Flores, a única saída para o ABC-RN reverter essa difícil situação, partirá do esforço e do trabalho de todos os jogadores, em prol da equipe.

– Na situação em que nós nos encontramos, temos que trabalhar forte mesmo, sair tarde do CT, treinar exaustivamente, para que possamos aprimorar os detalhes e corrigir tudo aquilo que estamos pecando. A equipe vem jogando bem, mas, infelizmente os resultados não estão acontecendo. Por isso, vamos trabalhar, pois só assim sairemos conseguiremos reverter o quadro – disse ao site oficial do clube.

O meia também afirmou que a vitória diante do Paysandu é fundamental para as pretensões do time, de se livrar do rebaixamento.

– Acredito que esse jogo contra o Paysandu é fundamental para a nossa equipe. É um jogo em casa, ao lado do nosso torcedor, e uma vitória será muito importante, pois depois saímos para dois jogos complicados fora de casa. Daí a importância de se conquistar os três pontos e começar a nossa recuperação – finalizou.

GRUPO MANTÉM PREPARAÇÃO PARA O CONFRONTO

Elenco se prepara para enfrentar o Paysandu (Foto: Divulgação)

Elenco se prepara para enfrentar o Paysandu (Foto: Divulgação)

Em busca de corrigir os erros apresentados nos últimos jogos, o técnico Waldemar Lemos segue intensificando os treinamentos com o grupo. Na manhã da última quarta-feira, o comandante realizou trabalhos de movimentação e finalização com os jogadores, além de treinar jogadas de cruzamento.

Ficaram de fora o zagueiro Gladstone e o lateral Raulen, que estão em tratamento intensivo com os médicos e fisioterapeutas do clube.

O ABC-RN enfrenta o Paysandu, neste sábado, às 21h, no Estádio Frasqueirão, em partida válida pela décima rodada da Série B.








%d blogueiros gostam disto: