Mercado de transferência na Argentina: Disputa pelo título do Torneio Inicial promete ser acirrada

10 09 2013

River Plate e Boca Juniors querem voltar a reinar, entretanto San Lorenzo, Vélez Sarsfield e Newell’s Old Boys aparecem como pedra no sapato dos dois grandes de Buenos Aires. Racing e Lanús brigam por vaga na Libertadores.

Por Michel Corbacho

O Torneio Inicial do Campeonato Argentino demonstra desde o início que será muito disputado, visto que, os grandes clubes se reforçaram para cada qual atingir o seu objetivo na competição. O Vélez Sarsfield, por ser o atual campeão da Superfinal, já garantiu vaga na Libertadores de 2014, assim como o Newell’s Old Boys, que obteve este êxito por conquistar o Torneio Final da temporada 2012/2013. River Plate, Boca Juniors, San Lorenzo, Racing e Lanús disputam as outras três vagas que restam para a principal competição internacional do continente. Garantem vaga o campeão da Copa da Argentina (San Lorenzo é o único grande que está na semifinal), o campeão deste Torneio Inicial e a equipe melhor classificada na Copa Sul-Americana (Lanús e River Plate ainda estão na disputa).

River Plate

River Plate apresenta seus reforços para a próxima temporada (Foto: Olé)

A equipe do River Plate dirigida pelo técnico Ramón Díaz foi ao mercado de passes em busca de jogadores para reforçar o seu elenco. Alguns desejos do treinador foram realizados pelo Presidente Daniel Passarela, que trouxe nomes como os de Jonathan Fabbro, ex-Cerro Porteño(PAR), Teo Gutierrez, Carbonerno, Ferreyra, além da renovação de empréstimo do atacante Rodrigo Mora junto ao Benfica(POR).

Time base: Barovero; Mercado, Maidana, Balanta, Vangioni; Carbonero, Ponzio, Ariel Rojas; Jonathan Fabbro (Lanzini); Rodrigo Mora e Teo Gutierrez.

Técnico: Ramón Díaz

Expectativa para o Torneio Inicial: Título

Boca Juniors

Fernando Gago é o principal reforço do Boca Juniors (Foto: Diario Xeneize)

Para garantir a vaga na próxima Libertadores, o Boca Juniors necessita conquistar o Torneio Inicial 2013 e para alcançar este objetivo, o mandatário ‘xeneize’, Daniel Angelici, contratou peças fundamentais para o elenco de Carlos Bianchi. O volante Fernando Gago, jogador de seleção Argentina e ex-Valencia(ESP), chega para ajudar a Riquelme no meio de campo. Além dele, chegaram para a equipe da Ribeira os atletas Daniel ‘Cata’ Díaz, Emanuel Gigliotti, Franco Cangele e Claudio Riaño. Um defensor, dois atacantes e um meia-atacante para suprir as ausências de Riquelme e/ou Juan Martínez.

Time base: Orion; Marín, Cata Díaz, Burdisso, Insúa; Erbes (Ledesma), Gago, Sanchéz Miño; Riquelme; Martínez e Blandi (Gigliotti).

Técnico: Carlos Bianchi

Expectativa para o Torneio Inicial: Título

San Lorenzo

Cauteruccio, Elizari, Más e Cristian Alvarez, alguns dos reforços do San Lorenzo (Foto: Clarín)

O San Lorenzo de Almagro foi o clube que mais se reforçou para a disputa do Torneio Inicial. As principais contratações foram dos atletas Cauteruccio e Elizari que se destacaram no Quilmes, Emanuel Más e Cristian Alvarez, goleiro ex-Espanyol(ESP). Com isto, a equipe de Boedo se candidata ao título da competição e vaga à próxima Libertadores, visto que, é um dos quatro clubes semifinalista da Copa Argentina, onde o campeão garante vaga na principal competição Sul-Americana.

Time base: Cristian Alvarez; Buffarini, Mauro Cetto, Gentiletti, Emanuel Más; Mercier, Kalinski; Ignacio Piatti (Romagnoli), Gonzalo Verón, Ángel Correa (Alan Ruíz); Cauteruccio.

Técnico: Juan A. Pizzi

Expectativa para o Torneio Inicial: Título

Vélez Sarsfield

Canteros e Zárate, os principais reforços do Vélez Sarsfield para o Torneio Inicial (Foto: Clarín)

O Vélez Sarsfield, atual campeão da Superfinal do Campeonato Argentino, é um dos clubes candidatos ao título do Inicial. A equipe segue dirigida por Ricardo Gareca, porém, perdeu o seu principal goleador para o futebol ucraniano, Facundo Ferreyra transferiu-se para o Shaktar (UCR). Para suprir a ausência de ‘Chucky’ Ferreyra, o Vélez conseguiu a repatriação do atacante Mauro Zárate, que estava na Lazio (ITA). Esta foi a principal contratação do ‘fortín’ para a temporada. Além de Zárate, outro que retornou ao clube de Liniers foi o volante Héctor Canteros, após uma temporada de empréstimo no Villarreal (ESP).

Time base: Sosa; Cubero, Tobio, Sebá Domínguez, Papa; Canteros, Cerro, Cabral; Insúa; Mauro Zárate (Rescaldani) e Pratto.

Técnico: Ricardo Gareca

Expectativa para o Torneio Inicial: Título

Newell’s Old Boys

Trezeguét é o nome para suprir a saída de Scocco no ataque do Newell’s (Foto: Olé)

O Newell’s Old Boys, campeão do último Torneio Final, apresentou o atacante David Trezeguét como o principal reforço para o setor ofensivo da equipe. Com a saída de Ignacio Scocco para o Internacional, os dirigentes dos ‘leprosos’ buscaram um substituto a altura para a equipe. Além de Trezeguét, os rubro-negros de Rosário conseguiram a repatriação do meia Damián Manso, que estava no Deportivo Cuenca (EQU). Apesar das saídas de Scocco e Gerardo Martino, o Newell’s Old Boys segue com a mesma base semifinalista da Libertadores, o que consagra o clube como um dos favoritos à conquista do Torneio Inicial.

Time base: Nahuel Guzmán; Cáceres, Víctor Lopez, Gabriel Heinze, Casco; Pablo Pérez, Diego Mateo, Lucas Bernardi (Cruzado); Maxi Rodríguez, Víctor Figueroa e David Trezeguét (Aquino).

Técnico: Alfredo Berti

Expectativa para o Torneio Inicial: Título

Racing Club

Valentín Viola retorna ao Racing Club (Foto: Canchallena)

O Racing Club de Avellaneda conseguiu a repatriação do atleta Valetín Viola, atacante que estava no Sporting (POR). Além dele, ‘la academia’ contratou Mario Regueiro, ex-Lanús, Rodrigo Bataglia e Nelson Ibañez. Em contra partida, o clube perdeu dois dos seus principais jogadores para o futebol europeu, trata-se do meia-atacante Ricardo Centurión, uma promessa do futebol argentino, que transferiu-se para o Genoa (ITA) e do meia Luis Fariña que reforçou o Benfica (POR).

Time base: Saja; Pillud, Ortíz, Cahais, Corvallán (Ibañez); Villar, Pelletieri, Zuculini; De Paul; Valentín Viola e Luciano Vietto.

Expectativa para o Torneio Inicial: Vaga na Libertadores

Lanús

Santiago Silva e Lautaro Acosta saíram do Boca Juniors para reforçar o Lanús (Foto: Olé)

Outra equipe que a cada temporada realiza boas campanhas é o Lanús. Atualmente dirigido por Guillermo Schelotto, os ‘granates’ buscam vaga na próxima edição da Libertadores, e para isto, reforçaram a equipe com a dupla de ataque que estava na reserva do Boca Juniors. Santiago Silva e Lautaro Acosta chegam para formar o setor ofensivo do Lanús. Além deles, os dirigentes ainda trouxeram o atacante Lucas Melano, ex-Belgrano, o volante Leandro Somoza e os defensores Jorge Ortíz e Matías Martínez.

Time base: Marchesín; Araújo, Paolo Goltz, Izquierdoz, Velázquez; González, Somoza, Barrientos; Ismael Blanco, Lautaro Acosta e Santiago Silva.

Técnico: Guillermo Schelotto

Expectativa para o Torneio Inicial: Vaga na Libertadores

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: