Após cinco derrotas seguidas, Abel Braga é demitido do Fluminense

29 07 2013

Treinador não resisitiu à sequência negativa e agora clube corre atrás de Luxemburgo, Cristovão Borges e Ney Franco

Por Diogo Arraes

Abel Braga não é mais o técnico do Fluminense (Foto: Dhavid Normando/Photocamera)

Abel Braga não é mais o técnico do Fluminense (Foto: Dhavid Normando/Photocamera)

O técnico Abel Braga não é mais o comandante do Fluminense. Como já era divulgado de forma extraoficial, depois da derrota para o Grêmio por 2 a 0, ontem, na Arena do clube gaúcho, o treinador teve uma reunião com os dirigentes do clube das Laranjeiras e houve a decisão pelo desligamento de Abel depois de mais de 2 anos no cargo.

O contrato não tem multa rescisória, assim Abel Braga já se despediu dos jogadores no hotel em que estavam hospedados em Porto Alegre. A oficialização deve ser feita em uma coletiva na tarde de hoje nas Laranjeiras, depois que a equipe desembarcar no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.

LUTO: Aos 27 anos, jogador equatoriano morre no Catar

Ainda sem o nome do novo técnico, a tendência é que Marcelo Veiga, treinador das divisões de base, comande o time contra o Cruzeiro nesta quarta-feira (31), no Rio de Janeiro.

Possivelmente o novo treinador será anunciado até o final dessa semana. Um nome é o de Vanderlei Luxemburgo, preferido pelo presidente da parceira do clube, Celso Barros, mas alguns membros da diretoria do Fluminense acreditam que o time precisa de alguém motivador, e o ex-técnico do Grêmio não se encaixaria neste pefil. Outro cotado é Cristovão Borges que está no Bahia e disse que não se pronunciaria, pois Abel Braga ainda estava empregado. Agora será consultado novamente.

Outra possibilidade é o ex-técnico do São Paulo, Ney Fanco. O treinador já até conversou com Celso Barros e teria se interessado em assumir o projeto apresentado. Ney está de férias com a família no Rio de Janeiro, onde tem uma residência na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade.

Duas passagens pelo Fluminense

O técnico Abel Braga assumiu duas vezes o Tricolor nos últimos oito anos, a  primeira em 2005 e a segunda em junho de 2011, onde permaneceu por mais tempo.  No total, ele comandou o time em 217 partidas, com 114 vitórias, 44 empates, 59  derrotas, com aproveitamento 59,29%.

Abelão é o terceiro treinador que mais vezes comandou o Fluminense. Só fica  atrás de Ondino Vieira, com 300 partidas, e Zezé Moreira, o recordista, que  participou de 424 partidas pelo Flu.

O treinador foi campeão Brasileiro em 2012 e disputou duas Copas Libertadores  com o time em 2012 e 2013. Nos dois anos, o Tricolor foi eliminado nas quartas  de final da competição (para o Boca Juniors, e para o Olimpia). Também  conquistou o Campeonato Carioca de 2012 e o de 2005 com o Tricolor.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: