Thiago Alcântara é apresentado no Bayern e terá forte concorrência

16 07 2013

Meia saiu do Barcelona visando ter mais minutos de jogo, mas em Munique terá que brigar por posição contra Ribéry, Robben, Müller e outros

Por Luiz Queiroga

Thiago é apresentado no Bayern de Munique (Foto: Divulgção/Bayern de Munique)

Nesta terça-feira (16), o Bayern de Munique apresentou oficialmente o meia Thiago Alcântara, vindo do Barcelona. O brasileiro naturalizado espanhol chegou com o aval do técnico Pep Guardiola, com quem trabalhou na equipe catalão e expressou publicamente o desejo de tê-lo no time bávaro. Thiago, que tinha pouco espaço no Barça, optou por uma “mudança de ares” e disse que por ter sido indicado por Guardiola, resolveu migrar para o futebol alemão. O nome do atleta também esteve ligado ao inglês Manchester United.

– Queria uma mudança de ares, uma mudança radical. Mas tudo aconteceu de forma respeitosa. Pensei muito, analisei durante este tempo como foi minha última temporada no Barça. Quando terminou a Eurocopa (Sub-21), Pep me chamou e tomei a decisão – declarou.

TAMBÉM DE SAÍDA: Villa sai do Barcelona e acerta com o Atlético de Madri

– O Barcelona foi minha casa durante muito tempo, estou muito agradecido e a saída não foi nada fácil. São duas equipes que estão no mesmo nível. Nunca vi na minha carreira um treinador como Pep. É um treinador diferente de todos

Xavi, Iniesta, Messi x Ribéry, Robben, Müller, Kroos, Shaquiri….

Xodó? Relação entre Guardiola (esquerda) e Thiago Alcântara pode incomodar atletas do Bayern (Foto: Divulgação/Reprodução)

O principal motivo da saída de Thiago Alcântara do Barcelona foi a falta de espaço no elenco azul-grená. No esquema do técnico Tito Vilanova, o meia perdia espaço para os veteranos Xavi e Iniesta, além de ter Cesc Fábregas e Alex Song como concorrentes. A ida para o Bayern de Munique foi a solução de Thiago para ter mais tempo dentro de campo, mas, mesmo com respaldo de Guardiola, ele terá problemas para ser titular.

Na equipe alemã, a concorrência no meio de campo é enorme. Para se ter ideia, se não fosse pelo gol marcado na final da UEFA Champions League diante do Borussia Dortmund que decretou o título, o meia Arjen Robben estava com a saída decretada. O holandês vivia má fase e estava insatisfeito com a condição de reserva, que só se alterou quando o titular Toni Kroos se machucou. Sem com Robben a vida não foi fácil, para Thiago Alcântara também não será.

O elenco bávaro está repleto de grandes nomes do futebol mundial, como Thomas Müller, que teve uma temporada avassaladora, Franck Ribéry, principal jogador da França na atualidade, e até mesmo o menos badalado Shaqiri, que chegou do Basel por um alto investimento no início do ano. Além desses, Guardiola terá bastante pressão caso coloque na reserva a maior contratação para esta temporada, o meia Mário Götze, que chegou do rival Borussia Dortmund por mais de R$100 milhões.

MERCADO EUROPEU: Benfica contrata zagueiro de Portugal

Até mesmo nomes como Schweinsteiger , Javi Martinez e do brasileiro Luiz Gustavo podem aumentar a concorrência no meio, por esses volantes contarem com qualidade para sair jogando e já terem sido usados mais à frente das posições originais deles. Segundo o jornal “Abendblatt”, a ida de Thiago ao Bayern foi vista como desnecessária pela imprensa local.

Problemas extracampos

Por mais que o brasileiro conte com o respaldo de Pep Guardiola, a relação dele com o atleta pode gerar certo incômodo para alguns atletas, como também expressou o “Abendblatt”. Se a concorrência já era acirrada, com Thiago o clima nos vestiários pode esquentar. O polêmico Robben não escondia a insatisfação quando esquentava o banco em boa parte da temporada passada.

Jokenpo! Concorrência que já era acirrada no Bayern pode complicar comando de Guardila (Foto: Imago)

Dificilmente Guardiola terá como colocar um meio de campo repleto de meias, o que obriga necessariamente que algum craque fique no banco. Ribéry é o mais “intocável” do elenco, seguido por Thomas Müller. Se Pep mantiver a formação tradicional do Bayern de 4-5-1, com um homem centrado na armação e dois abertos pelas pontas, a vaga em aberto será pelo lado direito do campo, na qual Robben e Kroos brigam pela titularidade. O elenco bávaro pode ser dito como um dos mais fortes da Europa, mas esse fator pode ser o principal obstáculo da nova era de Josep Guardiola.

Anúncios

Ações

Information

3 responses

26 07 2013
Borussia e Bayern decidem a Supercopa da Alemanha neste sábado |

[…] FORTE CONCORRÊNCIA: ida de Thiago Alcântara ao Bayern pode ser problema para o clube […]

17 07 2013
Messi elogia Neymar e acredita no sucesso da dupla dentro e fora de campo |

[…] atual temporada também foi destacada por Messi. O craque falou da força do Bayern de Munique, que contratou o ex-Barça Thiago Alcântara e conta com Pep Guardiola, que comandou o time catalão na mais vitoriosa fase do […]

17 07 2013
Émerson Sheik renova contrato com o Corinthians por mais um ano e meio |

[…] CONFIRA: Thiago Alcântara é apresentado no Bayern de Munique […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: