Copa das Confederações: “Why always me”? Balotelli marca e decide para a Itália

17 06 2013

Sem brilho e com muitas chances perdidas, Itália estreia com vitória na reinauguração do Maracanã por competições oficiais

Por Gustavo Soler

Balotelli marca e garante triunfo para a Azzurra (Foto: AFP)

Neste domingo (16), Itália e México inauguraram o novo Maracanã em uma competição oficial. Marcada na história por estar no primeiro jogo do estádio em 1950, a Seleção Mexicana vem sendo contestada nas eliminatórias da CONCACAF e desembarcou no Brasil como um ponto de interrogação para a Copa das Confederações. Já a Azzurra, chegou ao Rio de Janeiro como uma das favoritas ao título. Com três jogos disputados, a Seleção Italiana leva vantagem sobre os mexicanos com uma vitória e dois empates. Os italianos mantiveram a invencibilidade e venceram o México por 2 a 1.

O jogo começou com a Itália melhor no jogo, tentado chegar ao gol na base dos passes, os italianos tiveram sua primeira oportunidade após uma falha grotesca do zagueiro Rodriguez, que tocou de graça para Balotelli. O camisa 9 viu o goleiro Corona fora da sua meta e arriscou levando muito perigo. Aos seis minutos, Montolivo avançou pela ponta esquerda, invadiu a área e rolou para Balotelli, o atacante bateu de primeira e Corona fez uma grande defesa.

O atacante italiano estava inspirado nos primeiros minutos de jogo, aos oito, o polêmico centroavante arriscou de longe, Corona bateu roupa e no rebote, o arqueiro deu um carrinho mandando a redonda para linha lateral. O México acordou na partida com 10 min. Giovani dos Santos ganhou na disputa de corpo contra Abate e rolou para Guardado, o camisa 18 bateu de primeira e a bola explodiu no travessão. A Itália partiu novamente para o campo de ataque com Giaccherini, o meia da Juve trabalhou com Pirlo, que se livrou do marcador e foi tocado dentro da área, o árbitro Enrique Ossees mandou craque italiano se levantar.

Explorando os contra-ataques, a equipe mexicana teve uma ótima oportunidade de abrir o placar: Giovani dos Santos partiu no mano a mano com a zaga e tocou para Chicarito, o camisa 14 partiu pra cima de Barzagli e bateu fraquinho, sem problemas para Buffon. Aos 21 minutos, Balotelli sofre falta na intermediária, Andrea Pirlo foi para a cobrança, e como de costume, o camisa 21 cobrou com extrema categoria mandando no ângulo direito de Corona, abrindo o placar para a Azzurra. Com 32 min, Barzagli se complicou sozinho dentro da área, foi desarmado por Giovani dos Santos e derrubou o camisa 10. O árbitro assinalou a penalidade. Na cobrança, Chicharito empatou o jogo.

O capitão Rodriguez errou mais uma vez e mandou a bola nos pés de Balotelli, o atacante se livrou da marcação e bateu de perna esquerda, no entanto, o chute foi fraquinho e Corona defendeu com tranquilidade. Aos 41, Pirlo lançou Abate, o lateral bateu cruza e Corona tirou a redonda do pé de Balotelli. A segunda etapa começou com mais uma falha de Rodriguez. Aos seis minutos, o camisa 2 cometeu falta na mesma posição do gol de Pirlo. O maestro italiano foi para a cobrança, porém, desta vez a cobrança saiu por baixo da barreira e sobrou para Marchisio, o meia tocou com o bico da chuteira e Corona conseguiu chegar para defender.

Com 13 minutos, Andrea Pirlo cobrou nova falta, desta vez a redonda passou a direita do gol, mas assustou o arqueiro Corona. Aos 14, Chicharito tabelou com Giovani dos Santos, porém, na devolução, o atacante mexicano foi travado no corpo e caiu, o juiz mandou seguir, no lance seguinte, a Azzurra foi para o ataque. Balotelli recebeu atrás da zaga e foi calçado por Moreno, mas novamente Enrique Osses mandou continuar o jogo.  Com 32 min, De Rossi tocou de cavadinha para Giaccherini, o meia escorou para Balotelli, o atacante ganhou no corpo de Rodriguez e tocou no contrapé de Corona, marcando o segundo gol italiano.

COPA DAS CONFEDERAÇÕES

MÉXICO 1×2 ITÁLIA

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 16/06/2013 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Cartões Amarelos: Barzagli, Balotelli. De Rossi (ITA), Moreno (MEX)
Gols: Pirlo (26′ do 1º tempo), Hernández (33′ da 1ª etapa) e Balotelli (32′ do 2º tempo)

MÉXICO: Corona, Flores, F. Rodríguez, Moreno e Salcido; Torrado, Aquino (Mier – 7′ do 2º tempo), Zavala (Jiménez – 41′ do 2º tempo), Giovanni dos Santos e Guardado; Chicharito Técnico: José Manuel de la Torre
ITÁLIA: Buffon, Abate, Barzagli, Chiellini e De Sciglio; De Rossi, Pirlo, Montolivo, Marchisio (Cerci – 23′ da 2ª etapa) e Giaccherini (Aquilani – 42′ da 2ª etapa); Balotelli (Gilardino – 38′ do 2º tempo) Técnico: Cesare Prandelli

 

Cobertura completa da Copa das Confederações

A Copa das Confederações acontecerá entre os dias 15 e 30 de junho e contará com cobertura especial do Jornalismo Futebol Clube. Acompanhe de perto cada lance por meio do site e do Google Plus. Em parceria com o Google, divulgaremos nosso conteúdo na página do G+ dedicada à competição, busque pela hashtag #jornalismoFC e fique por dentro de tudo o que acontece nos gramados do Brasil.

Anúncios

Ações

Information

3 responses

19 06 2013
Copa das Confederações: Por classificação antecipada, Brasil precisa vencer algoz México |

[…] DERROTA: México perde para a Itália na estreia da Copa […]

19 06 2013
Copa das Confederações: Fúria ataca na estréia e supera Celeste |

[…] Leia também: Balotelli marca e decide para a Itália […]

17 06 2013
Copa das Confederações: Torcida pede e Felipão libera os minutos finais do treino para a alegria dos fãs |

[…] Leia também: Copa das Confederações: “Why always me?” Balotelli marca e decide para a… […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: