Santos empata no tempo normal e garante, nos pênaltis, a vaga na final paulista

4 05 2013

Time santista decidiu a vaga para as finais nas penalidades

Por Camila Andrade

O Mogi Mirim ficou no quase, neste sábado (04), na disputa para uma vaga na final do Campeonato Paulista, ao empatar a partida em tempo normal, por 1 a 1, e nos pênaltis, perder a classificação para o Santos, no estádio Romildo Ferreira. A equipe santista viu Rafael brilhar e colocar o time do litoral na final, em busca do tetracampeonato, após a vitória por 5 a 4 nas penalidades e agora aguarda seu rival, na disputa entre São Paulo e Corinthians, neste domingo.

Neymar comemora classificação (Foto: Miguel Schincariol / Gazeta Press)

A “zebra” mostrou sua força e não se entregou em nenhum momento da partida. Já time da Vila Belmiro, jogando como visitante, sofreu um pouco pela falta de organização. O melhor lance do primeiro tempo se deu somente aos 37 minutos. Em passe de Neymar para Cícero, com cruzamento rasteiro, Miralles tentou chegar à bola com um carrinho, mas não conseguiu completar o lance.

Após a tentativa frustrada do Santos de abrir o marcador, foi o Mogi quem inaugurou o placar. Aos 44, Mateus Caramelo, pela direita, rolou a bola para Val, que cruzou na cabeça de Roni e assim, o primeiro gol do jogo.

No começo do segundo tempo, aos nove minutos, o Santos perdeu Montillo, com uma lesão muscular. E desta forma, Neymar ficou incumbido de criar, mas sob forte marcação, não conseguia seguir sua missão. Já o Mogi, cresceu e explorava os contra-ataques. Aos 14, Henrique, dentro da área, chutou bem, mas Rafael conseguiu evitar o segundo gol do time da casa.

Edu Dracena empata a partida (Foto: Lucas Baptista / Futura Press)

Aos 31, em cobrança de falta de Neymar, Cícero desviou, o goleiro Daniel fez a defesa, mas no rebote Miralles cruzou para o zagueiro Edu Dracena, que conseguiu subir mais alto e cabeceou para empatar a partida. Com o gol, a vaga seria definida nas penalidades.

Pelo lado do Mogi, Carlos Alberto e Juninho desperdiçaram. No lado do Santos, Miralles e Renê Jr., também não conseguiram marcar. Na sequência alternada, Rafael defendeu a bola de Roni. Assim, o Mogi com quatro gols, contra cinco do Santos, estava definido o finalista do Paulistão e o time praiano tentará ganhar seu quarto paulista consecutivo e entrar pra história do campeonato.

Rafael defendeu dois penaltis e garantiu a classificação para o Santos (Foto: Sergio Barzaghi / Gazeta Press)

 

FICHA TÉCNICA:

MOGI MIRIM (4)1 X 1(5) SANTOS

Local: Romildo Ferreira, Mogi Mirim – SP
Data/Hora: 4 de maio 2013, às 18h30
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra
Assistentes: Herman B. Vani e Danilo Ricardo S. Manis

Renda/Público: R$ 376.425 / 16.645 pagantes
Cartões Amarelos: Val, Roger Gaúcho e Tiago Alves (Mogi Mirim); Montillo e Renê Júnior (Santos)
GOLS: Roni (44’/1ºT) – Mogi Mirim; Edu Dracena (31’/2ºT) – Santos

Pênaltis: Miralles (0-0); Tiago Alves (1-0); Cícero (1-1); Carlos Alberto (1-1); Renê Júnior (1-1); Roger Gaúcho (2-1); André (2-2); Juninho (2-2); Neymar (2-3); Waguininho (3-3); Léo (3-4); Val (4-4); Edu Dracena (4-5) e Roni (4-5)

MOGI MIRIM: Daniel; Caramelo, Tiago Alves, Lucas Fonseca e João Paulo (Juninho, 7’/2ºT); Val, Magal, Roger Gaúcho e Wagner (Carlos Alberto, 32’/2ºT); Henrique (Waguininho, 16’/2ºT) e Roni. Técnico: Dado Cavalcanti.

SANTOS: Rafael; Felipe Anderson, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Renê Júnior, Cícero e Montillo (André, 9’/2ºT); Miralles e Neymar. Técnico: Muricy Ramalho.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: