Hoje sim? Ecclestone quer tirar Intergalos da F1 em 2014

16 04 2013

Chefão da categoria automobilística se irrita com falta de reformas no autódromo: ‘Se não estiver em condição, não iremos em 2014 a São Paulo’

Por Luiz Queiroga

Adeus, Interlagos? Casa de Senna (foto), Piquet, Fittipaldi, Barrichello, Massa e outros brasileiros pode sair do calendário oficial (Foto: Norio Koike/IAS)

 O circuito de Intergalos pode não estar mais presente no calendário da próxima temporada da Fórmula 1. Quem garantiu a informação foi o dono dos direitos comerciais da categoria, Bernie Ecclestone, em declaração ao jornal Estado de S. Paulo, na qual demonstrou total irritação com o descumprimento em relação às reformas de modernização prometidas pelo governo da cidade para adequar o autódromo aos padrões da F1.

– As promessas de reforma de Interlagos não foram cumpridas. Agora chega. Não fosse a relação antiga e os sentimentos que me ligam ao Brasil, a Fórmula 1 já não estava mais lá. Este ano não espero mudanças. Mas se o autódromo não estiver na condição que a Fórmula 1 necessita em 2014 não iremos a São Paulo – ameaçou.

Ecclestone ordena a execução do projeto elaborado pela empresa SPTuris, ainda criada no mandato do ex-prefeito Gilberto Kassabi, que tem a deslocação do paddock para a reta oposta, onde tem mais espaço para as instalações necessárias. Até o momento, porém, a gestão de Fernando Haddad ainda não disponibilizou as garantias para tirar o projeto do papel, orçadas em R$120 milhões.

– O traçado é um dos melhores do mundo, com certeza. Já a estrutura à disposição do público e das equipes é a pior do calendário. Não podemos mais cobrar nada dos outros autódromos com Interlagos ano após ano mantendo-se como está. Os demais administradores sabem o que é Interlagos, isso nos desmoraliza. Nem em pistas de rua, como Mônaco, Melbourne, Montreal, enfrentamos essas dificuldades.

As garantias deverão ser apresentadas até o fechamento do calendário provisório, caso contrário, Intergalos deixará de representar o Brasil nas provas da F1. Mas Ecclestone assegurou que o país dos campeões Emerson Fittipaldi, Ayrton Senna e Nelson Piquet não deixará de receber a maior categoria automobilística do planeta.

– Se até antes da definição do calendário não tivermos garantias de o autódromo estar como exige a Fórmula 1, não vamos sequer usar o tradicional asterisco de sujeito a melhorias no autódromo. Temos de saber já antes, de São Paulo ou outra cidade do Brasil – esclareceu o chefão.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: