Com três golaços, Galatasaray surpreende e vence o Real Madrid

9 04 2013

Real sofre um apagão em campo e leva três gols, porém, Cristiano Ronaldo salva o time espanhol

Por Gustavo Soler

 

Monstro no título do Chelsea, Dorgba quase garante o Galatasaray de forma surpreendente (Foto: Getty images)

Monstro no título do Chelsea, Dorgba quase garante o Galatasaray de forma surpreendente (Foto: Getty images)

Nesta terça-feira (09), o Real Madrid viajou até Istambul para o jogo de volta das quartas de finais da Champions League. Com um resultado de 3 a 0 no jogo de ida, os espanhois estavam praticamente garantidos na semifinal, porém, o técnico José Mourinho exigiu que o seu time entrasse em campo para jogar com seriedade. Do outro lado, o Galatasaray tentava um milagre diante da sua torcida. E o tal milagre quase ocorreu. Os leões venciam por 3 a 1 e pressionavam, mas aos 45 do segundo tempo, Cristiano Ronaldo marcou o segundo dele e matou o jogo.

Com o time praticamente classificado, o Real Madrid começou o jogo pressionando a saída de bola dos turcos, e em um erro de passe de Muslera, Dí Maria arriscou de longe, mas a bola saiu desviada. Aos oito minutos, Khedira cruzou na medida e Cristiano Ronaldo completou para o gol, abrindo o placar em Istambul. O craque português se isolou na artilharia da Champions League com dez gols. No lance seguinte após o gol, novamente o camisa 7 apareceu. Desta vez ele se livrou de Felipe Melo e Kaya mandou uma bomba de fora da área, porém, o goleiro conseguiu defender.

Assim como no jogo de Madri, os Merengues comandavam o andamento da partida e pouco ofereciam chances ao Galatasaray de chegar ao gol. Aos 24 min, Modric tentou um passe por elevação para Khedira, Riera afastou, mas a bola sobrou para Cristiano Ronaldo. O artilheiro da Champions tocou de letra para Dí Maria, que chegou batendo de três dedos, porém, Muslera conseguiu dar um toquinho na bola e mandou para escanteio. Com 30 min, Essien acabou sentindo uma dor muscular na coxa esquerda e teve que deixar o campo. Os turcos chegaram no final do primeiro tempo com Snejider, o holandês recebeu de Altintop e bateu rasteira. O goleiro Diego Lopez se esticou para ficar com a bola.

O segundo tempo começou com o Real indo pra cima de novo. Na tabela entre Dí Maria e Cristiano Ronaldo, o português recebeu dentro da área, mas perdeu a chance de ampliar o placar. Com 12 min, Snejider cruzou rasteiro, a bola atravessou toda a grande área e sobrou para Eboue. O lateral bateu de três dedos e jogou a bola no ângulo de Diego Lopez, marcando um verdadeiro golaço em Istambul. Aos 15, os blancos estavam perdidos em campo, o lateral Coentrão tentou fazer um corte e a bola chegou limpa para Snejider, na marca do pênalti e sem marcação, porém, o holandês pegou de tornozelo na bola e perdeu a chance de virar o jogo.

A pressão turca aumentava e, aos 26 min, Sarioglu tocou para Snejider. Desta vez o holandês foi brilhante: ao receber, ele deu uma caneta em Varane e tocou na saída de Diego Lopez para virar o jogo. No lance, novamente Sarioglu fez a jogada. O camisa 55 cruzou rasteiro e Drogba usou toda a sua experiência para cima do jovem Varane, que não deu o combate e, de letra, o marfinense mandou para o canto direito do Real: 3 a 1 Galatasaray. Imediatamente, Mourinho colocou Benzema em campo para prender a bola. Os visitantes estavam perdidos em campo. Aos 35 min, Sarioglu lançou, Elmander fez o corta luz e a bola sobrou para Drogba. O camisa 12 se livrou de Varane e tocou na saída do goleiro, porém, o lance estava parado com impedimento do atacante marfinense.

 

Cristiano Ronaldo vê seu time em pane, mas salva aos 45 do segundo tempo (Foto: Getty images)

Cristiano Ronaldo vê seu time em pane, mas salva aos 45 do segundo tempo (Foto: Getty images)

Ao apagar das luzes, Benzema fez a jogada pela direita, a zaga afastou, porém a bola voltou para Benzema, que cruzou rasteiro. A bola sobrou para Cristiano Ronaldo, que com raiva bateu de primeira de pé direito e tirou qualquer chance de uma zebra ainda maior. Agora os espanhois esperam o sorteio para ver quem será o seu adversário na semifinal.

FICHA TÉCNICA
GALATASARAY 3×2 REAL MADRID

Data-hora: 09/04/2013, às 15h45min (de Brasília)
Local: Türk Telekom Arena, em Istambul (TUR)
Árbitro: Stéphane Lannoy (FRA)
Auxiliares: Frédéric Cano (FRA) e Michael Annonier (FRA)
Cartões Amarelos: Sneijder, Amrabat e Eboué (GAL); Arbeloa (REA)
Cartões Vermelhos: Arbeloa (REA)
Gols: Cristiano Ronaldo 7’/1ºT (0-1), Eboué 12’/2ºT (1-1), Sneijder 26’/2ºT (2-1), Drogba 27’/2ºT (3-1) e Cristiano Ronaldo 46’/2ºT (3-2)

GALATASARAY: Muslera, Eboué (Elmander – 34’/2ºT), Kaya, Zan e Riera; Felipe Melo, Altintop (Amrabat – intervalo), Inan e Sneijder; Drogba e Bulut (Sarioglu – 18’/2ºT). Técnico: Fatih Terim

REAL MADRID: Diego López, Essien (Arbeloa – 30’/1ºT), Pepe, Varane e Fábio Coentrão; Khedira, Modric e Özil (Albiol – 35’/2ºT); Di María, Cristiano Ronaldo e Higuaín (Benzema – 27’/2ºT). Técnico:José Mourinho

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: