Média de público nos Estaduais de 2012 não chega a 4 mil pagantes por jogo

12 03 2013

Campeonato Pernambucano é líder no ranking

Por Renato Fugulin

Estado das obras do Estádio Nacional Mané Garrincha, em março deste ano. Foto:  Ademir Rodrigues/www.copa2014.gov.br

Estado das obras do Estádio Nacional Mané Garrincha, em março deste ano. Foto: Ademir Rodrigues/www.copa2014.gov.br

Os Campeonatos Estaduais atraíram pouca gente em 2012. Um levantamento efetuado pela Pluri Consultoria mostra que o número de torcedores presentes nos estádios no ano passado foi de 3.273 pagantes por partida. Foram analisados 2.090 jogos em 19 dos 27 Campeonatos Estaduais do país.

De acordo com os números divulgados, apenas 14 dos certames tem uma média superior a mil pagantes, já contando com o público dos clássicos regionais, que, em alguns torneios, representa cerca de 70% da média total do campeonato. O Pernambucano é líder nacional neste quesito, com 9.134 pagantes por jogo, seguido pelo Campeonato Goiano, com 6.220.

Entre os Estaduais mais badalados, o Paulista é o melhor colocado, aparecendo na terceira posição com a média de 6.122 pessoas, 240 a mais do que as 5.822 de 2011.

Já o Campeonato Carioca é o oitavo do ranking, com 3.058 pagantes por partida. Fica atrás do Mineiro (3.581), Catarinense (4.012), Baiano (4.121) e Paraense (4.121).

Se o Campeonato Pernambucano é o campeão da lista, o Amazonense é o lanterna, com uma média de 414 presentes nos estádios.

Embora estas estatísticas se refiram somente aos Estaduais, os números podem ser fulcrais após a Copa do Mundo. Quatro das doze cidades-sede do Mundial de 2014 que terão estádios novos para receber o evento apresentam médias de público muito baixas, fazendo com que seja mais complicado torná-las rentáveis e dificultando inclusive a sua manutenção.

O Estádio Nacional, em Brasília, terá capacidade para 70.042 pessoas. Todavia, o Campeonato Brasiliense, também conhecido como Candangão, teve uma das piores médias de público entre todos os Estaduais, com 681 pagantes por partida.

Cuiabá também terá uma situação semelhante, uma vez que a moderna Arena Pantanal poderá receber 42.968 torcedores. Porém, o Campeonato Mato-Grossense teve em 2012 uma média de 902 presentes nos estádios.

Quando concluída, a Arena Amazônia, em Manaus, terá 42.377 cadeiras.  No entanto, os 414 pagantes que o Amazonense teve em média por partida ocupariam 0,98% do novo estádio do Estado.

Por fim, a Arena das Dunas, em Natal, terá 43 mil lugares, sendo que 10 mil serão removíveis. Muito embora tenha tido uma média superior a mil pagantes por jogo – mais exatamente 1.416 -, o Campeonato Potiguar também sofre com estádios praticamente vazios na maioria das partidas.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: