Super Rugby: Blues e Bulls jogam de olho na liderança

9 03 2013

As duas equipes começaram de forma arrasadora o torneio e prometem um super duelo

Por Luiz Queiroga

Super Rugby

Em ótima fase: Piri Weepu é um dos principais jogadores do Blues (Foto: Divulgação)

No início da madrugada desse domingo (10), o Blues, da Nova Zelândia, e Bulls, da África do Sul, entram em campo pela terceira rodada do Super Rugby, no Eden Park, em Auckland. Terceiro e quarto colocados, respectivamente, a partida será importante para um dos times permanecerem perto do topo da tabela.

Após uma temporada abaixo do esperado, os donos da casa contam com o bom início no torneio neste ano para somarem os quatro pontos. Os recentes resultados do time liderado pelo capitão Ali Willians deixaram a equipe ter mais sossego.

Destaque para a combinação de alguns fatores que se consolidaram no esquema utilizado pelo técnico John Kirwan, como no poder de criação dos médios Piri Weepu, que através ótima fase, e Chris Noakes, além de ter o jogo parado seguro. Em pouco tempo de trabalho, Kirwan conseguiu ajeitar o Blues.

O Bulls também chega forte para esse duelo, já que venceu as duas partidas em casa até agora de forma convincente. Sem fugir da característica, de bastante contato, jogo fechado, chutes táticos e rapidez nas finalizações, a equipe comandada por Frans Ludeke aposta no ótimo início de temporada para bater o adversário.

Pierre Spies aposta no ótimo início para bater o Blues (Foto: Divulgação)

Os Bulls apostam nos forwads para arrancarem a vitória fora de casa, além da qualidade de estrelas como Morne Steyn, Wynand Oliver e Zane Kirchner.

– Nós sabemos que é uma temporada longa e estamos indo de encontro com os nossos planos. Temos um grande time e nós tivemos duas ótimas duas semanas – declarou o terceira linha e capitão Pierre Spies.

Ficha Técnica:
Local: Eden Park
Árbitro: Garratt Williamson (Nova Zelandia)
Árbitros assistentes: Mike Fraser (Nova Zelandia), Sheldon Eden-Whaitiri (Nova Zelândia)

Blues: 15 Charles Piutau, 14 Frank Halai, 13 Rene Ranger, 12 Francis Saili, 11 Waisake Naholo, 10 Baden Kerr, 9 Piri Weepu, 8 Steven Luatua, 7 Luke Braid, 6 Kane Barrett, 5 Ali Williams ( capitão), 4 Liaki Moli, 3 Charlie Faumuina, 2 Quentin MacDonald, 1 Tim Perry.
Reservas: 16 James Parsons, 17 Angus Ta’avao, 18 Ronald Raaymakers, 19 Brendon O’Connor, 20 Jamison Gibson-Park, 21 Marty McKenzie, 22 Albert Nikoro.
Treinador: Sir. John Kirwan

Bulls: 15 Zane Kirchner, 14 Akona Ndungane, 13 JJ Engelbrecht, 12 Wynand Olivier, 11 Lionel Mapoe, 10 Mornè Steyn, 9 Jano Vermaak, 8 Pierre Spies (capitão), 7 Arno Botha, 6 Deon Stegmann, 5 Juandrè Kruger, 4 Flip van der Merwe, 3 Frik Kirsten, 2 Willie Wepener, 1 Mornè Mellett.
Reservas: 16 Chiliboy Ralepelle, 17 Werner Kruger, 18 Grant Hattingh, 19 Jacques Potgieter, 20 Francois Hougaard, 21 Louis Fouché, 22 Jürgen Visser.
Treinador: Frans Ludeke

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: