Fluminense abusa dos gols perdidos e fica só no empate com o Huachipato no Engenhão

7 03 2013

Time carioca foi melhor durante a partida mas abusou das chances desperdiçadas e segue sem vencer em casa na competição

Por Leonardo Perri

Fluminense não saiu de um empate em casa (Foto: Photocamera)

Fluminense não saiu de um empate em casa (Foto: Photocamera)

O que tinha tudo para ser uma tranquila vitória do Fluminense acabou indo por água a baixo. Abusando dos gols perdidos, os comandados de Abel Braga bem que tentaram mas não saíram de um empate por 1 a 1 com os chilenos do Huachipato no Engenhão pela quarta rodada do grupo 8. O resultado foi ruim para os cariocas que seguem sem vencer em casa nessa Libertadores e podem perder a liderança do grupo.

Apesar do empate, o Flu segue na liderança do grupo com 7 pontos mas com um jogo a mais que Grêmio e Caracas. Na próxima rodada, o time carioca vai  ao Sul enfrentar o Grêmio, no deulo que valerá a liderança do grupo 8. O Huachipato recebe o Caracas, no Chile.

Buscando apagar a má impressão deixada na derrota para o Grêmio em casa, o time do Fluminense começou a partida pressionando o adversário no seu campo de defesa com boa variação de jogadas. Logo com 5 min, Thiago Neves por pouco não abriu o placar. Após bela tabela com Fred, o meia chutou forte para boa defesa do goleiro Veloso. No minuto seguinte, Carlinhos invadiu pela esquerda e chutou para o meio. A bola desviou na zaga e obrigou o goleiro a espalmar para escanteio.

Com boa movimentação e toque de bola, O Flu continuava a criar boas chances de gol. Aos 12 min, por muito pouco o volante Jean, convocado para a Seleção Brasileira, não marcou. Thiago Neves lançou Wellington Nem na esquerda que cruzou rasteiro para o meio da área. Como elemento surpresa, Jean apareceu de frente para o gol mas chutou pra fora, enganando os torcedores que chegaram comemorar.

O tempo passava e o time da casa não cansava de perder gols. Aos 17 min, foi a vez de Wellington Nem desperdiçar oportunidade após jogada de Fred. O atacante chutou cruzado à direita do gol. Logo em seguida, Thiago Neves recebeu livre dentro da área mas na hora do chute foi travado pela defesa da equipe chilena, desperdiçando a quarta oportunidade em apenas quinze minutos jogados.

O Flu tentava de todas as maneiras e o gol teimava em não sair. Jean e Thiago Neves, em dois chutes de fora da área quase fizeram, mas o goleiro as defendeu. Mesmo pressionado, o time chileno mantinha a mesma postura e não se desesperava diante da pressão sofrida.

Após 30 min de pressão, o gol finalmente saiu, e em uma jogada inacreditável. Em bola recuada da defesa, o goleiro furou a bola e ela sobrou na frente para Deco. No entanto, o goleiro se recuperou com categoria e antes que a bola chegasse com um lindo chapéu. Na hora de dar o chutão, a bola bateu no defensor chileno, que desatento, viu a bola pegar nele e sobrar novamente para Deco, que de frente para o gol foi puxado. O juiz deu o pênalti e na cobrança, Fred bateu com categoria para abrir o placar.

Fred tentou, mas não salvou o Flu do empate em casa (Foto: Marcelo Theobald / Ag. O Globo)

Fred tentou, mas não salvou o Flu do empate em casa (Foto: Marcelo Theobald / Ag. O Globo)

Mesmo com a vantagem no placar, o time carioca voltou para o segundo tempo com uma postura ofensiva a fim de aumentar o placar. Com 7 min, Fred tabelou rápido com Jean que enfiou a bola pra Wellington. O atacante, na cara do gol, driblou o goleiro mas chutou por cima, desperdiçando ótima chance. Aos 15 min, Fred cebeceou para ótima defesa do goleiro, mas em impedimento.

O Fluminense diminuiu o seu ritmo e viu a equipe do Huachipato se animar no Engenhão, gerando vaias da torcida tricolor. E no seu melhor momento na partida, a equipe visitante chegou ao empate, contando com a má fase da defesa carioca.  Aos 25 min, após bola sobrada na cobrança de falta, Arrué fez linda jogada no meio de dois defensores e cruzou rasteiro na área. A defesa do Flu não conseguiu afastar e sobrou para Nuñez empatar.

O Fluminense respondeu logo em seguida em passe de Thiago Neves para Fred, na frente do gol, chutar forte e obrigar o goleiro a fazer ótima defesa. Carlinhos, em uma bomba de fora da área quase virou.

No final, o Fluminense partiu para a pressão e o jogo ficou em aberto. Carlinhos fez boa jogada pela linha de fundo e cruzou para o meio da área, mas ninguém apareceu para completar. Chance de um lado, chance do outro. No contra-ataque, Braian Rodríguez apareceu com liberdade pela esquerda e chutou cruzado para ótima defesa de Diego Cavalieri.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1X1 HUACHIPATO (CHI)

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 6/3/2013, às 22h
Árbitro: Germán Delfino (ARG)
Auxiliares: Diego Bonfa (ARG) e Gustavo Rossi (ARG)

Renda/Público: R$ 261.980,00 / 10.991 pagantes
Cartões Amarelos: Carlinhos e Digão (FLU);
Cartões Vermelhos: Não houve

GOLS: Fred, aos 30’/1ºT (1-0); Nuñez, aos 25’/2ºT (1-1)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno (Rhayner – 32’/2º), Gum, Digão e Carlinhos; Edinho, Jean e Deco (Wagner – 24’/2ºT); Thiago Neves (Samuel – 47’/2º), Wellington Nem e Fred – Técnico: Abel Braga.

HUACHIPATO (CHI): Veloso; Aceval, Labrín (Contreras – Intervalo), Muñoz e Crovetto; Nuñez, Yedro, Rodríguez (Arrué – 22’/1ºT) e Reyes; Falcone (Llanos – 19’/2ºT) e Brian Rodríguez. – Técnico: Jorge Pellicer

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: