No UFC Japão, Wanderlei Silva consagra-se e nocauteia Brian Stann

3 03 2013

Saitama Super Arena é mais uma vez palco para nocaute de “Cachorro Louco”

                                                                                                           Por Rodolfo Zanchin

Os protagonistas Wanderlei Silva e Brian Stann (Foto: lutamma)

Os protagonistas Wanderlei Silva e Brian Stann (Foto: lutamma)

 Nessa madrugada de sábado (2), o lutador Wanderlei Silva voltou a Saitama Super Arena, no Japão, onde é reconhecido e ovacionado pelas lutas que fez pelo Pride. Ao som de “Sandstorm”, tema característico de Wanderlei, o “Cachorro Louco” fez uma luta memorável com Briann Stann, muita trocação e golpes a cada quatro segundos lhe renderam o nocaute da noite. Faltando 59 segundos para o fim do segundo round, Wand encaixou um soco direto e um cruzado de esquerda em Stann, sem chances para o norte-americano que ainda viu o Cachorro Louco enche-lo de socos e marteladas quando caiu sem reação no Octágon.

A luta começou com os dois adversários se estudando, mas foi Brian, ex-fuzileiro dos Eua, que tomou iniciativa, com belas trocacões e sequências entre os dois. Logo nos primeiros momentos, Wand acertou Briann em cheio, que sentiu o golpe, mas logo se recuperou e devolveu o golpe, o que fez Wanderlei quase perder o equilíbrio. Wanderlei silva incendiou a luta quando chamou o estadunidense para porrada e após alguns chutes e socos, o norte-americano acertou a região genital do brasileiro. A luta foi parada por alguns segundos até Wanderlei retomar o folêgo. Na volta, Cachorro Louco com a mão pesada castigou o nariz de Stann que não parou de sangrar, tanto que no final do primeiro round, os dois foram para o chão e após soar o gongo dava para ver o peito de Wand Silva ensaguentado por causa do ferimento nasal de Brian Stann.

Wanderlei acerta um cruzado de esquerda em Brian Stann (Foto: Getty Images)

Wanderlei acerta um cruzado de esquerda em Brian Stann (Foto: Getty Images)

No Segundo round, a luta começou mais calma, buscavam a hora certa para trocação. Wanderlei com jabs curtos e alguns diretos seguidos mirava o ferimento no nariz de Stann, que sem a disposição inicial tentava alguns chutes para minimizar a movimentação do adversário. Aos dois minutos de luta, Briann foi advertido pelo árbitro por acertar novamente a região genital do brasileiro. Assim seguiu a luta, até que Wanderlei, que já levava vantagem no round, aos quatro minutos e oito segundo acertou um direto de direita, seguido de um cruzado de esquerda levando Brian ao knockdown. Wand ainda partiu para cima e martelou o rosto do norte-americano até o árbitro Marc Goddard encerrar a luta.

O cachorro louco que vinha de derrota para Rich Franklin no UFC BH, liquidou U$$ 100 mil: U$$ 50 mil pela “luta da noite” e U$$ 50 mil pelo “nocaute da noite”. Já stann, soma a sua segunda derrota consecutiva, já que havia perdido para o inglês Michael Bisping em sua luta anterior.

Outro destaque da noite, foi a luta entre Mark Hunt e Stefan Struve. Mark nocauteou o holândes no terceiro round, com um cruzado que quebrou o maxilar de Struve.

Entre os brasileiros, no card principal, além de Wanderlei Silva, Rani Yahia venceu Mizuto Hirota por decisão unânime. No card preliminar, Cristiano Marcello foi derrotado por Kazuki Tokudome, por decisão dos juízes. E o sul-coreano Hyun Gyu Lim nocauteou com uma joelhada Marcelo Guimarães.

Card Principal:

Wanderlei Silva x Brian Stann: Wanderlei Silva por Nocaute aos 4min 08seg do segundo round

Mark Hunt x Stefan Struve: Mark Hunt por nocaute a 1min 44seg do terceiro round

Diego Sanchez x Takanori Gomi: Diego Sanchez por decisão dividida

Yushin Okami x Hector Lombard: Yushin Okami por decisão dividida

Rani Yahia x Mizuto Hirota: Rani Yahia por decisão unânime

Dong hyun Kim x Siyar Bahadurzada: Dong Hyun Kin por decisão unânime

Card Preliminar:

Brad Tavares x Riki Fukuda: Brad Tavares por decisão unânime

Takeya Mizugaki x Bryan Caraway: Takeya Mizugaki por decisão dividida

Kazuki Tokudome x Cristiano Marcello: Kazuki Tokudome por decisão unânime

Kyung Ho Kang x Alex Caceres: Alex Caceres por decisão dividida

Hyun Gyu Lim x Marcelo Guimarães: Hyun Gyu Lim por nocaute aos 4min do segundo round

Anúncios

Ações

Information

One response

19 03 2013
magnon godoi

esse e o vanderlei que eu conheco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: