Após sete jogos sem perder, Palmeiras cai diante do Libertad

1 03 2013

Com dois gols de cabeça, time brasileiro foi batido em Assunção

Por Rodolfo Zanchin

Jogadores do Libertad comemoram o gol (Foto: Norberto Duarte/AFP)

Jogadores do Libertad comemoram o gol (Foto: Norberto Duarte/AFP)

O pesadelo do Palmeiras parece não ter fim. Contra o Libertad, pela segunda rodada da Taça Libertadores, o alviverde foi pressionado do início ao fim. Na noite de quinta (28), no estádio Nicolás Leoz, o time do Palestra Itália perdeu por 2 a 0, sendo submisso ao time agíl e bem dístribuido paraguaio. O técnico palmeirense, Gilson Kleina, admitiu a má atuação do time e aponta entrosamento como o principal rival do Palmeiras.

Em Assunção, Paraguai, logo aos dez minutos do primeiro tempo, após receber nas costas de Marcelo Oliveira, o atacante Nuñez cruzou na cabeça de Velázquez, que testou para dentro e abriu o placar para os donos da casa , sem chances para o goleiro Fernando Prass.

O time de Kleina não armava jogadas e era dominado pelos paraguaios. No primeiro tempo, chutaram a gol duas vezes apenas, sendo a melhor chance de Wesley, que após lançamento de Souza chutou de primeira, mas o goleiro Muñoz defendeu e a bola ainda bateu na trave.

Para o segundo tempo, Gilson Kleina escalou Valdívia e Kléber, mas de nada adiantou. Aos nove minutos do segundo tempo,  quando Henrique, zagueiro do Palmeiras estava sendo atendido fora de campo, o Libertad aproveitou em uma bola cruzada e o zagueiro Benítez, na altura da segunda trave, cabeceou para marcar mais um para os mandantes.

Valdívia não ajuda Palmeiras (Foto: Norberto Duarte/AFP)

Valdívia não ajuda Palmeiras (Foto: Norberto Duarte/AFP)

Maikon Leite tentou dar velocidade ao time, quando entrou no lugar de Souza, mas não foi possível vencer a retranca paraguaia que se estabeleceu na metade do segundo tempo.

Com a derrota, o Palmeiras possui três pontos e a terceira posição no grupo dois. O Libertad tornou-se o líder somando seis pontos.

A próxima partida do Verdão será na quarta-feira (06), contra o Tigre, na Argentina já que a rodada do final de semana contra o Paulista de Jundiaí foi adiada para o dia catorze.

Ficha Técnica:

Libertad (Par) 2 x 0 Palmeiras: Velázquez (10’/1 ºT) (1-0) e Benítez (9’/2 ºT) (2-0)

Local: Nicolás Leoz, em Assunção (Par)

Árbitro: Juan Soto (Ven)

Auxiliares: Jorge Urrego e Carlos López (Ven)

Renda/Público: Não disponíveis

Cartões amarelos: Maurício Ramos, Henrique, Waldinho e Vinícius

LIBERTAD: Rodrigo Muñoz; Jorge Moreira, Ismael Benegas, Pedro Benítez e Gustavo Mencia; Sergio Aquino, William Mendieta (Claudio Vargas), Guiñazu e Miguel Samudio (Jorge González); Pablo Velázquez e Ariel Núñez (Mauro Guevgeozián). Técnico: Rubén Israel

PALMEIRAS: Fernando Prass; Weldinho, Henrique, Maurício Ramos (Valdivia,) e Marcelo Oliveira; Márcio Araújo, Vilson, Souza (Maikon Leite) e Wesley; Patrick Vieira (Kleber) e Vinícius. Técnico: Gilson Kleina

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: