85% dos clubes brasileiros ficam quase oito meses sem jogar depois dos Estaduais

28 02 2013

Problema atinge 10.309 jogadores

Por Renato Fugulin

River-PI e Flamengo-PI são duas das oito equipes que disputam o Campeonato Piauiense. Foto: Neyla do Rêgo Monteiro

Um estudo elaborado pela Pluri Consultoria revela que 554 dos 654 clubes brasileiros participantes em Campeonatos Estaduais não têm jogos marcados no calendário o término desses torneios. Isto significa que 85% dos emblemas ficam cerca de oito meses sem partidas oficiais. Como consequência, um total de 10.309 jogadores são afetados.

Resta a tais clubes disputar competições regionais ou amistosas. Todavia, os times em questão enfrentam problemas financeiros e não conseguem manter os jogadores no elenco durante o ano todo. Para contornar a situação, são obrigados a contratar os atletas apenas para os Campeonatos Estaduais.

Quando o torneio termina, liberam os jogadores e voltam a contratá-los para a disputa dos Estaduais do ano seguinte. Tendo em conta que cada Estadual dura cerca de quatro meses, 10.309 jogadores têm que procurar outra atividade durante os restantes oito meses do ano.

A situação é uma bola de neve para os clubes, principalmente os pequenos. Sem campeonatos para disputar, a renda diminui consideravelmente. Por conseguinte, não há dinheiro para os custos administrativos do clube, nem para manter o elenco. O resultado é visível. Em outro relatório realizado pela Pluri, constata-se que 80 clubes fecharam as portas entre 2009 e 2012, fato que está ligado à redução das divisões de cada Estado. São Paulo é o único a ter quatro divisões, depois da desativação da 6ª, em 2003 e da 5ª no ano seguinte. Os casos mais dramáticos ocorrem no Amapá e em Roraima, cada um com apenas seis participantes na primeira divisão de seus respectivos Estaduais, seguidos de perto pelo Piauí, cuja primeira divisão do Piauiense é disputada por oito times.

Leia também:

Balotelli ignora fama de ‘marrento’ e encomenda estátua de si próprio

Tite acredita que a morte de Kevin não foi acidental: “Acidente é outra coisa”

Palmeiras busca a liderança contra o Libertad-PAR nesta quinta-feira

Fluminense vira no Chile e vence o Huachipato

Palmeiras espera reposta da Caixa para iniciar negociações

Lateral comenta evolução natural da Portuguesa

“Seis são louco?” Torcedores conquistam direito de irem ao Pacaembu

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: