#JFCnoUFC: Lyoto Machida vence o “dono da casa” e espera o seu adversário pelo cinturão da categoria

24 02 2013

Lutando contra toda a torcida californiana, Lyoto “The Dragon” Machida venceu Dan Henderson, e agora espera por Jon Jones ou Chael Sonnen pela disputa do cinturão dos Meio Pesados

Por Gustavo Soler

Após vencer o lutador local, o paraense foi vaiado pelo público (Foto: Getty images)

Na madrugada deste domingo (24), o UFC foi para a Califórnia, terra de Urijah Faber, uma das referências da categoria Peso Pena, que também participou do evento e saiu vitorioso após uma finalização por mata-leão em pé. O evento de número 157 da franquia era especial, pois haveria a realização da primeira luta entre mulheres do maior evento de MMA do mundo. Mas antes do inédito combate, o paraense Lyoto Machida encarou Dan Henderson. O confronto tinha uma importância imensa para a categoria, pois o vencedor provavelmente desafiaria o campeão da categoria dos Meio Pesados, que terá o seu cinturão em disputa no dia 27 de abril, entre Jon Jones e Chael Sonnen. A definição saiu por conta dos juízes, que decretaram a vitória de Lyoto “The Dragon” Machida em uma decisão dividida por: 29-28; 29-28; 28-29.

Com chutes precisos, The Dragon deixou um inchaço no rosto de Hendo (Foto: Getty images)

Ex-campeão da categoria, Lyoto Machida começou o combate estudando a movimentação do seu oponente, e logo buscou um chute alto, mas o golpe passou no vazio. Lutando em casa e sendo incentivado pela torcida, o californiano Dan Henderson tentava chegar ao raio de ação do brasileiro, no entanto, seus golpes eram bem desviados pelo paraense. Hendo conseguiu uma sequência de dois socos frontais que atingiram o rosto do adversário, que sentiu o peso de sua mão direita. Ao término do round, The Dragon conseguiu uma rasteira e levou a luta no chão e buscou o ground and pound, mas o gongo soou e salvou o americano.

O segundo round teve o mesmo desenho do primeiro: Dan Henderson caminhando para frente e levando golpes no contra-ataque do brasileiro. Em um desses contragolpes, Lyoto acertou um chute frontal no rosto de Hendo, inchando a região do olho direito do americano, que ainda tentou um single leg, mas não conseguiu efetuar o golpe. Com chutes fortíssimos na região do peito do californiano, o paraense cansava o seu oponente. Irritado com a luta, o atleta da casa tentou alguns overhands no braço do The Dragon, no entanto, um pegou de raspão no rosto de Machida.

Os últimos cinco minutos eram fundamentais. Lyoto emendou um chute muito potente no corpo de Hendo, que sentiu o golpe. O americano foi pra cima em busca de um nocaute, porém, sempre parava nos contra-ataques brasileiro, mas o The Dragon acabou tropeçando em uma de suas tentativas de contragolpe, caiu e, posteriormente, foi pressionado por Henderson no ground and pound. O carateca conseguiu escapar do chão e conectou bons chutes de caratê no americano. O combate acabou com um grande ponto de interrogação para os juízes, que, em um decisão dividida, deram a vitória para o brasileiro.

Lyoto Machida e Dan Henderson durante a pesagem do UFC157 (Foto: Getty Images)

Card Principal

Ronda Rousey vs Liz Carmouche – Vitória de Ronda Rousey por Finalização

Dan Henderson vs Lyoto Machida – Vitória de Lyoto Machida por Decisão Dividida (29-28; 29-28; 28-29)

Urijah Faber vs Ivan Menjar – Vitória de Urijah Faber por Finalização (Mata-Leão)

Court McGee vs Josh Neer – Vitória de Court McGee por Decisão Unânime (30-27; 30-27; 30-27)

Josh Koscheck vs Robbie Lawler – Vitória de Robbie Lawler por Nocaute Técnico

Card Preliminar

Brendan Schaub vs Lavar Johnson – Vitória de Brendan Schaub por Decisão Unânime (30-27; 30-27; 30-27)

Michael Chiesa vs Anton Kuivanen – Vitória de Michael Chiesa por Finalização (Mata-Leão)

Dennis Bermudez vs Matt Grice – Vitória de Dennis Bermudez por Decisão Dividida (29-28; 28-29; 29-28)

Sam Stout vs Caros Fodor – Vitória de Sam Stout por Decisão Unânime (30-27; 30-27; 29-28)

Kenny Robertson vs Brock Jardine – Vitória de Kenny Robertson por Finalização (Chave de Joelho)

Neil Magny vs Jon Manley – Vitória de Neil Magny por Decisão Unânime (30-27; 30-27; 29-28)

Nah-Shon Burrell vs Yuri Villefort – Vitória de Nah-Shon Burrell por Decisão Unânime (29-28; 29-28; 30-27)

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: