No clássico tricolor, Barcos comanda o Grêmio na goleada sobre o Fluminense no Engenhão

21 02 2013

Vanderlei Luxemburgo manteve a invencibilidade no duelo contra Abel Braga; o Tricolor gaúcho assumiu a liderança do grupo 8 da Libertadores

Por Gustavo Soler

Destaque do jogo, Barcos participou de todos os gols do Grêmio (Foto: Bruno Lima/Lancenet)

Nesta quarta-feira (20), um dos confrontos brasileiros mais esperados da primeira fase da Libertadores ocorreu no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro. O Fluminense veio para o confronto embalado com a vitória no primeiro jogo contra o Caracas fora de casa. Por outro lado, o Grêmio, que investiu pesado para trazer a taça novamente ao Rio Grande do Sul, estava pressionado pelo fato de apresentarem um futebol muito ruim e por terem perdido em casa para o Huachipato, atual campeão chileno, logo na estreia. No décimo quinto encontro entre Luxemburgo e Abel Braga, o técnico gremista chegou a sua 12ª vitória – os outros três jogos terminaram empatados – e com direito a uma goleada fora de casa por 3 a 0.

O clássico tricolor começou quente: o atacante Wellington Nem tentou por duas vezes cavar um pênalti. No segundo lance, aos 15 minutos, o camisa 11 deixou o experiente zagueiro Cris e o lateral André Santos irritados com as tentativas de ludibriar o árbitro da partida. Aos 21, André Santos tabelou com Zé Roberto e cruzou rasteiro, a bola passou à frente de Barcos e Vargas, que não conseguiram chegar na redonda. Os gaúchos tiveram a chance de abrir o placar com Elano. O meia cobrou um escanteio cheio de efeito, mas Diego Cavalieri deu um soco para a linha de fundo. Na segunda cobrança, a pelota veio na medida para Barcos, mas quem desviou para o fundo das redes foi Bruno, atleta do Fluminense.

Após o gol, o Grêmio percebeu o desequilíbrio emocional do seu adversário e buscou o segundo gol, no entanto, Barcos e Vargas não estavam em sintonia. Além da dupla, Elano e Zé Roberto pouco armavam o time. Abel Braga voltou para a etapa final com Deco na vaga de Wagner, em busca de recuperar as ações no meio campo. Porém, a alteração não colocou o Tricolor das Laranjeiras de volta ao jogo, pois, aos dez minutos, Barcos recebeu um cruzamento, dominou com categoria e bateu de esquerda. Diego Cavalieri fez a defesa e, no rebote, André Santos empurrou para o gol vazio. O auxiliar não assinalou o impedimento do camisa 27 e o gol foi confirmado.

Com muitas vaias e pedidos para a entrada de Thiago Neves no time, o Fluminense não conseguia chegar ao gol de Dida. Abelão colocou o camisa 10 e o jovem Samuel Rosa nas vagas de Wellington Nem e Rafael Sóbis, que estavam rendendo muito abaixo do esperado. Porém, o castigo gremista continuou: primeiro com Zé Roberto batendo no cantinho e Diego Cavalieri executando uma grande defesa. Na segunda, Vargas aproveitou um passe milimétrico de Barcos e bateu por baixo do goleiro para marcar o seu primeiro gol pelo Imortal.

A goleada quase ficou maior aos 32 minutos: Barcos tocou para Elano, o camisa 7 arriscou da entrada da área e caprichosamente a bola explodiu na trave direita de Cavalieri. O Engenhão aos poucos se esvaziava. Com 44 min, Carlinhos cruzou na medida para Fred, o capitão do Flu ajeitou a bola no peito e bateu fraquinho, em cima de Dida, que realizou tranquilamente a defesa. Os poucos torcedores que aguardaram o término da partida vaiaram muito o desempenho do Tricolor carioca.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 0X3 GRÊMIO

LOCAL: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
DATA/HORÁRIO: 20/2/2013, às 22h
ÁRBITRO: Paulo César de Oliveira (Fifa/SP)
ASSISTENTES: Márcio Santiago (Fifa/MG) e Fabrício Vilarinho (Fifa/GO)

Renda/Público: R$ 747.550,00 / 18.947 pagantes

Cartões Amarelos: Anderson (FLU); Elano e Zé Roberto (GRE)
Cartões Vermelhos: 
Não houve

GOLS: Bruno (contra), aos 33’/1ºT (0-1); André Santos, aos 9’/2ºT (0-2) e Vargas, aos 24’/2ºT (0-3)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Leandro Euzébio, Anderson e Carlinhos; Edinho, Jean, e Wágner (Deco – Intervalo); Wellington Nem (Thiago Neves – 17’/2ºT), Fred e Rafael Sobis (Samuel – 18’/2ºT). Técnico: Abel Braga

GRÊMIO: Dida; Pará, Werley, Cris e André Santos; Fernando, Souza (Adriano – 35’/2ºT), Elano (Marco Antônio – 33’/2ºT) e Zé Roberto; Vargas (Welliton – 37’/2ºT) e Barcos. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: