Bayern de Munique confirma o favoritismo e vence o Arsenal por 3 a 1 em Londres

19 02 2013

Gols da vitória foram marcados por Kroos, Müller e Mandžukić; Podolski descontou

Por Caio Martins

Kroos comemora um dos gols do Bayern com o zagueiro brasileiro Dante (Foto: Getty Images)

Nesta terça-feira (19), os espectadores da UEFA Champions League viram mais do mesmo. Na partida de ida entre Arsenal e Bayern de Munique, em Londres, os gunners mostraram mais uma vez sua dificuldade em jogar de igual para igual com seu adversário nas oitavas de final da competição, fase na qual os ingleses são eliminados há dois anos consecutivos. Finalista em duas das últimas três finais do torneio, o Bayern não teve dificuldades para derrotar seu adversário por 3 a 1 fora de seus domínios. Grande vantagem para seguir na competição e buscar o sonho do 5º título da Liga dos Campeões, que foi adiado nos últimos anos.

Toni Kroos comemora o seu gol: o primeiro da partida (Foto: Getty Images)

Toni Kroos comemora o seu gol: o primeiro da partida (Foto: Getty Images)

Jogando em seus domínios, o Arsenal foi o primeiro a fazer o goleiro adversário pegar na bola. Aos dois minutos, Santi Cazorla foi lançado por Wilshere na direita e tentou o cruzamento rasteiro, mas Van Buyten desviou e Neuer, atento, defendeu. A superioridade técnica dos alemães, no entanto, já ficou evidente logo aos seis minutos, quando Thomas Müller deu belo passe para Toni Kroos, da entrada da área, soltar uma bomba de primeira, sem chances para Szczesny: 1 a 0 Bayern.

Os gunners até ensaiaram uma reação, tentando manter a posse de bola e rondando a área bávara na base do toque de bola, mas foram os visitantes quem marcaram pela segunda vez no Emirates Stadium. Aos 21min, Kroos cobrou escanteio pela direita e Van Buyten se antecipou à zaga e cabeceou. Szczesny conseguiu a defesa ao espalmar para o meio da área, mas não conseguiu evitar que Müller aparecesse para fazer  2 a 0.

A primeira tentativa real de finalização do Arsenal foi aos 33min. Após cruzamento de Wilshere e bate-rebate na área alemã, Mertesacker finalizou, mas foi travado por Toni Kroos. Os ingleses conseguiram equilibrar a partida, mas ainda sofreram com o último lance de perigo da primeira etapa. Aos 44min, Lahm cruzou e Mandžukić subiu mais que a zaga e cabeceou. A bola passou raspando a trave esquerda do polonês Szczesny.

Jogador mais talentoso dos gunners, Wilshere teve dificuldades para armar no meio-campo inglês (Foto: Getty Images)

Segunda etapa

Podolski comemora o gol que marcou no Emirates Stadium (Foto: Getty Images)

Podolski comemora o gol que marcou no Emirates Stadium (Foto: Getty Images)

Apesar de voltar sem alterações dos vestiários, o Arsenal começou a etapa final com outra postura. Compacto na defesa e determinado no ataque, o time de Arsène Wenger logo diminuiu o marcador. Aos 10min, Wilshere cobrou escanteio, Neuer saiu mal do gol e o polonês naturalizado alemão Lukas Podolski aproveitou para descontar: 2 a 1.

A resposta alemã veio aos 17min, quando Kroos arriscou de fora área e obrigou Szczesny a fazer grande defesa. Em busca do empate, o Arsenal quase marcou seu segundo gol aos 27min. Após cruzamento de Walcott, Giroud apareceu sozinho e chutou, mas Neuer defendeu.

A reação dos gunners foi brecada. Aos 31, Phillip Lahm arrancou pela direita e levantou na área. O croata Mario Mandžukić venceu na disputa com Sagna e empurrou para o fundo das redes, marcando o terceiro dos alemães em Londres. Cinco minutos depois, quase o quarto: Luiz Gustavo arriscou de fora, a bola desviou no meio do caminho e Szczesny conseguiu defender. No rebote, Mario Gómez não conseguiu aproveitar e isolou.

O Arsenal bem que ensaiou uma nova reação, mas o Bayern, bem postado, segurou o ímpeto inglês e garantiu a vitória por 3 a 1, placar que dá excelente vantagem para os bávaros chegarem, novamente, às quartas de final da UEFA Champions League.

Atletas do Arsenal lamentam a derrota para o Bayern (Foto: Getty Images)

Atletas do Arsenal lamentam a derrota para o Bayern (Foto: Getty Images)

FICHA TÉCNICA
ARSENAL 1×3 BAYERN DE MUNIQUE

Local: Emirates Stadium, Londres (ING)
Data-Hora: 19/02/2013 – 16h45 (de Brasília)
Árbitro: Svein Moen (NOR)
Cartões amarelos:  Sagna, Arteta, Podolski (ARS); Schweinsteiger, Müller (BAY)
Cartões vermelhos:  Nenhum
Gols:
 Kroos (7′ do 1º tempo), Müller (20′ da 1ª etapa) Mandzukic (32′ do 2º tempo); Podolski (9′ do 2º tempo)

ARSENAL: Szczesny, Sagna, Mertesacker, Koscielny e Vermaelen; Arteta, Ramsey (Rosicky – 25′ do 2º tempo), Wilshere e Cazorla; Podolski (Giroud – 26′ da 2ª etapa) e Walcott Técnico: Arsene Wenger.

BAYERN: Neuer, Lahm, Van Buyten, Dante e Alaba; Martínez, Schweinsteiger, Müller, Kroos (Luiz Gustavo – 28′ do 2º tempo) e Ribéry (Robben – 19′ da 2ª etapa); Mandzukic (Gómes – 34′ do 2º tempo) Técnico: Jupp Heynckes.

Anúncios

Ações

Information

One response

20 02 2013
Após derrota para o Bayern, jogadores do Arsenal prometem lutar até o fim em Munique «

[…] Após a derrota para o Bayern de Munique, por 3 a 1, em pleno Emirates Stadium, na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, os jogadores do Arsenal não “jogaram a toalha” e acreditam na classificação para a próxima fase, mesmo tendo que vencer a equipe alemã, fora de casa, por três gols de diferença. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: