Santos derrota o Goiás e conquista o bicampeonato da Copinha

25 01 2013

Neymar marca presença no estádio, e Meninos da Vila voltam a conquistar a competição após 29 anos de espera

Por Leonardo Perri

Santos venceu o Goiás e venceu a Copinha (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Santos venceu o Goiás e venceu a Copinha (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Na festa pelo aniversário da cidade de São Paulo, quem fez bonito foi o time da baixada. Motivados pelo público de mais de 25 mil torcedores que foram ao Pacaembu, a garotada santista fez bonito e conquistou pela segunda vez na história o título da Copa São Paulo de Futebol Júnior, que não vinha desde 1984.

Regida por Neílton, o “clone” de Neymar, a equipe santista venceu o Goiás por 3 a 1 e além do gol da nova joia santista, contou com gols de Pedro Castro e Giva para levantar o troféu. O Goiás marcou o seu tento com Arthur e ainda perdeu um pênalti, que poderia ter dado um empate ao time Esmeraldino logo no início da segunda etapa.

A vitória na partida final, que contou com a presença do craque Neymar nas tribunas do Pacaembu, corou a brilhante campanha santista conquistada de forma invicta. Na fase de grupos, o Peixinho venceu o Remo, São Mateus e empatou com o Corinthians-AL. Na fase seguinte, uma goleada por 5 a 1 sobre o Náutico. Nas oitavas de final, vitória nos pênaltis sobre o Grêmio Osasco por 4 a 3 após empate por 1 a 1. Nas quartas de final outro empate por 1 a 1 e vitória novamente nas penalidades por 4 a 3, agora sobre o Audax São Paulo. Na fase semifinal, uma eletrizante vitória sobre o Palmeiras por 3 a 2 credenciou o Santos a disputar a tão sonhada final e conquistar o bicampeonato.

Neílton foi o grande destaque da Copinha (Foto: Miguel Schincariol)

Neílton foi o grande destaque da Copinha (Foto: Miguel Schincariol)

A grande final começou com o Santos tomando conta da partida e com maior posse de bola no campo ofensivo, no entanto, faltava o último passe para que o domínio se transformasse em jogadas de perigo. A alternativa encontrada pelos garotos santistas foi chutar de longe mas a tentativa não surtia efeito.

Visivelmente nervoso em campo, o Goiás errava muitos passes e não criava nenhuma chance para levar perigo. A partida se equilibrava quando o Santos conseguiu marcar dois gols e dois minutos. Aos 35 min, Allef derrubou Emerson dentro a área e o juiz assinalou pênalti. Na cobrança, Pedro Castro abriu o placar. Abaladopelo gol sofrido, o Goiás errou na saída de bola e o lance sobrou para Neílton, que aos 37 min, ficou de frente para o goleiro e com um toque de categoria por cima digno de Neymar, ampliou a vantagem santista.

Em desvantagem no placar, o Goiás voltou com outra postura para o segundo tempo. Com Arthur no lugar de Allef, o time cresceu e logo com 4 min, descontou o placar. O mesmo Arthur que entrou no intervalo, recebeu dentro da grande área, ajeitou para a perna direita e chutou cruzado para fazer 2 a 1 no placar.

O gol inflamou o time Esmeraldino que adiantou a sua marcação e jogou o time santista para sua defesa. O lance capital do jogo veio aos 8 min quando Wallace derrubou Erik na grande área. Na cobrança, Liniker cobrou para fora e desperdiçou a chance de ouro da equipe verde de empatar o duelo. A chance desperdiçada abalou os garotos do Goiás e recolocou o Santos na partida novamente.

Com a partida igual, o Peixe voltou a tocar a bola e chegou a o terceiro gol. Aos 18 min, Giva fez tabela com Neílton dentro da área e recebeu na cara do gol. O artilheiro tocou na saída do goleiro e saiu para o abraço e deixar os garotos perto da conquista. O gol desestabilizou os goianos que tiveram poucas chances de tentar alguma reação e deu o controle da partida pra o time de Vila Belmiro. Sem dificuldades, os Meninos da Vila controlaram a partida até o apito final para soltarem o entalado grito de campeão.

Neymar marcou presença na grande final (Foto: Marcos Ribolli)

Neymar marcou presença na grande final (Foto: Marcos Ribolli )

Anúncios

Ações

Information

One response

9 02 2013
Ainda promessa no Santos, Neilton já desperta interesse de gigantes ingleses «

[…] da equipe campeã da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o jovem é chamado de sósia do Neymar, devido aos ousados penteados que lembram os do craque da […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: