Em jogo de viradas, Palmeiras se classifica na Copinha

15 01 2013

Verdão dominava, teve um “apagão”, levou a virada, mas consegue se recuperar e bate o Desportivo Brasil em Barueri

Por Gustavo Soler

Jogadores do Palmeiras vibram com o primeiro gol de Chico (Foto: Gazeta Press)

Nesta terça-feira (15), o Palmeiras encarou o time de empresários da Traffic, o Desportivo Brasil, pela segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Palestra se classificou em primeiro lugar no grupo Q, com duas vitórias e um empate. Já o Desportivo Brasil, que também passou na primeira posição do grupo R, ficou com seis pontos. A partida foi realizada na Arena Barueri, local aonde o próprio Palmeiras disputou a fase de grupos da Copinha. Em um jogo de duas viradas, o Palmeiras saiu vencedor pelo placar de 3 a 2.

O confronto começou com os dois times duelando muito no meio de campo. As jogadas acabavam terminando sempre pelas linhas laterais por conta dos desarmes realizados. Aos quatro minutos, o Palmeiras perdeu um dos seus principais jogadores da Copinha, o volante Rato, que após tentar um domínio, esticou demais a perna e acabou sentindo a coxa direita, a mesma lesão que ele teve na última rodada da fase de grupos contra o Grêmio Barueri.

A equipe do Parque Antártica se mostrava mais disposta no jogo e, aos 12 min, Vinícius tabelou com Diego Souza e bateu de primeira, mas Clayton fez a defesa. Vinícius teve outra grande oportunidade, depois de bela jogada individual, o camisa 9 trouxe para o pé direito e bateu firme no cantinho, e de novo o arqueiro foi buscar. O capitão pediu para a torcida palestrina fazer mais barulho em Barueri para empurrar o time dentro de campo.

Em outra boa chegada, agora pelo lado direito, Bruno Oliveira tabelou com Chico e cruzou para o atacante Vinicius, que não conseguiu finalizar direito, mas a bola sobrou para o zagueiro Fernando, que mandou para o gol. O bandeira, porém, assinalou, de forma correta, o impedimento do camisa 4. O Desportivo Brasil não conseguia sair para o jogo, e sofria para acertar a marcação pelos lados do campo. Já o Palmeiras, quase abriu o placar com Chico, que recebeu um cruzamento na medida de Bruno Oliveira, porém, Clayton foi no ângulo para defender o cabeceio. Aos 29 minutos, Vinícius lançou Edílson, que bateu cruzado para mais uma defesa de Clayton, no rebote, Vinícius bateu mascado e Clayton mandou para a linha de fundo.

A equipe do Palmeiras voltou martelando no segundo tempo e logo aos dois minutos Diego Souza sofreu falta. Na cobrança, Bruno Dybal bateu sobre o gol, sem levar grande perigo à meta adversária. O Desportivo Brasil finalmente saiu para o jogo, e depois de um cruzamento pela esquerda, Bruno Gomes, que fez um intercâmbio no Manchester United, testou firme no canto, mas Walter fez boa defesa. No lance seguinte, Agnaldo, outro jogador que intercambiou nos Reds Devils, recebeu pela esquerda e mandou para o gol, porém, a bola explodiu na rede pelo lado de fora. Aos nove minutos, o zagueiro Alexandro falhou e foi desarmado por Vinícius, o capitão palmeirense invadiu a área, tentou driblar Clayton, mas perdeu o ângulo. O atacante ainda insistiu e tocou para Chico, mas a bola passou pelo camisa 7.

O arqueiro do Desportivo Brasil era o grande nome do jogo, autor de grandes defesas, o camisa 1 foi o responsável por parar duas vezes Diego Souza. Na primeira chance, o camisa 10 bateu falta de muito longe, e Clayton foi no canto para espalmar. Na segunda, após um contra-ataque veloz, a bola chegou em Diego Souza que bateu de longe para o goleiro saltar e espalmar para escanteio. O gol, porém, finalmente saiu, aos 18 minutos: Bruno Oliveira cruzou, Chico não cabeceou bem e a bola sobrou para Edílson. O camisa 19 cruzou na medida para o próprio Chico, que, livre de marcação, testou sem chances para Clayton. Depois do gol, o Desportivo Brasil acordou para o duelo. Com 24 min, Yan recebeu dentro da área e rolou na medida para Bruno Gomes, que bateu no contrapé de Walter para empatar.

Após o gol, o Palmeiras sofreu um “apagão” e dois minutos depois Deivid aproveitou o corte errado da zaga, tabelou com Bruno Gomes e bateu sem ângulo para virar o jogo para o Desportivo Brasil. Depois da bronca de Narciso, o Verdão conseguiu por a bola no chão e aos 28 min, Vinícius cruzou na medida para Chico, que de cabeça empatou o jogo, contando com uma falha de Clayton. Com 32, João Pedro, que havia entrado a pouco, recebeu pela direita e bateu firme, porém, a bola acabou subindo. A alteração do Narciso funcionou: após mais uma bola ganha de cabeça por Chico, a redonda bateu no travessão e no rebote João Pedro deu um toque de letra para se livrar da marcação e bateu no canto. Clayton ainda tocou nela, mas não evitou o tento da virada. O Verdão carregou bem o jogo até o final, sem sofrer pressão e se classificou para as oitavas de finais. O clube da capital pega o Velo Clube.

ESCALAÇÕES:

PALMEIRAS: Walter; Bruno Oliveira, Luiz Gustavo, Fernando e Victor Hugo; Rato (Lucas Morelatto/ Fabiano), Bruno Dybal, Edílson (João Pedro) e Diego Souza; Chico e Vinícius

DESPORTIVO BRASIL: Clayton; Yan, Alexandre, Guilherme, Mateus; Emerson (Elvis), Douglas, Agnaldo, Nicolas (Deivid) e Caio; Bruno Gomes

GOLS: Chico 18’/2ºT; Bruno Gomes 24’/2ºT; Deivid 26’/2ºT; Chico 28’/2ºT; João Pedro 37’/2ºT

Anúncios

Ações

Information

One response

16 01 2013
Giovanni Cabral

Reblogged this on Interioranagens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: