Marcos Assunção, ao JFC: “Alguns da diretoria não quiseram minha permanência no Palmeiras”

6 01 2013

Agora ex-camisa 20 do Verdão, o volante não acertou sua renovação de contrato

Por Caio Martins

Chateado com sua saída do Palmeiras, Marcos Assunção falou com o Jornalismo FC (Foto: Guilherme Cardoso)

Marcos Assunção não é mais jogador do Palmeiras. O volante, especialista nas jogadas de bola parada, não chegou a um acordo com a diretoria do Verdão e não veste mais a camisa alviverde. Houve muitas tentativas de acerto de um novo contrato, mas em nenhuma delas houve um consenso. Com isso, o atleta está sem clube e livre para negociar. Uma aposentadoria, no entanto, ainda não está descartada.

Uma possível saída de Assunção do Palmeiras já havia sido informada pelo Jornalismo FC no fim de outubro do ano passado, após breve conversa com o empresário do futebolista, Ely Coimbra Filho. Sua vontade de seguir no Palestra Itália, no entanto, foi ofuscada pela vontade contrária de certos dirigentes do clube. Quem afirmou isso foi o próprio volante, em conversa exclusiva com o JFC.

Assunção não é mais jogador do Palmeiras (Foto: Getty Images)

Assunção não é mais jogador do Palmeiras (Foto: Getty Images)

– Estou muito triste. Aprendi a amar o Palmeiras. Gostaria muito de ter ficado, mas alguns da diretoria não quiseram minha permanência. Mas tudo bem, saio de cabeça erguida, com o pensamento de que sempre tentei fazer o melhor pelo Palmeiras acima de tudo e de todos – disse.

Especula-se que a pedida inicial de Assunção tenha sido de R$ 400 mil mensais, valor que assustou a cúpula palmeirense. Mesmo tendo reduzido o valor em R$ 100 mil, a diretoria não passou perto do valor e a renovação ficou ainda mais complicada. Assim, o agente do atleta deu um ultimato ao Palmeiras e disse que o prazo máximo para um acordo seria até esse domingo (6). Não houve consenso.

– A decisão está tomada. Amanhã (segunda) vamos convocar uma coletiva de imprensa e vocês (jornalistas) vão ouvir tudo da boca do Marcos Assunção. Infelizmente, não houve acordo. Amanhã, ele vai explicar tudo o que aconteceu – declarou Ely Coimbra Filho.

O jogador, que concedeu entrevista exclusiva ao portal em agosto do ano passado, deixa o Palmeiras depois de disputar 145 partidas e marcar 31 gols, quase todos eles de falta, sendo um deles um gol olímpico. Sua passagem, no entanto, foi mais marcada pelo número de assistências. Com Assunção em campo, a principal jogada do Verdão há quase três anos é a bola parada. Em 2012, o ex-camisa 20 da equipe participou de mais da metade dos gols do time no ano, que teve a glória da Copa do Brasil e que terminou com o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro.

O volante de 36 anos foi o grande destaque da conquista da Copa do Brasil, em julho (Foto: Agência Reuters)

Anúncios

Ações

Information

2 responses

11 01 2013
De volta à Vila! Marcos Assunção acerta seu retorno ao Santos por um ano «

[…] do futebol brasileiro, o volante Marcos Assunção acertou o seu retorno ao Santos. Depois de  sair do Palmeiras por divergências com a diretoria, o volante volta para a equipe da baixada santista com contrato de um ano. O atleta já realizou os […]

7 01 2013
Giovanni Cabral

Reblogged this on Interioranagens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: