Buscando a vice-liderança, Atlético-MG recebe o embalado Cruzeiro

2 12 2012

Enquanto o Galo busca a vaga na fase de grupos da Libertadores, a Raposa busca se classificar diretamente para as oitavas da Copa do Brasil

Por Stéfano Bruno

Rivais fecham temporada por objetivos mais nobres  em 2012 (EM/D.A. Press)

Ronaldinho Gaúcho e Montillo são a grande esperança de atleticanos e cruzeirenses para uma vitória no clássico de hoje (Foto: EM/D.A. Press)

Sem favoritismo e sem pensar no Grêmio. Essa foi à fala mais ouvida na Cidade do Galo nos últimos dias. Ainda com objetivos no campeonato, o Atlético recebe hoje o Cruzeiro, na Arena Independência, às 17h (de Brasília). Durante a semana o Cruzeiro também ganhou um objetivo: terminar em sexto lugar. Após o comunicado da CBF, avisando que caso o São Paulo venha a conquistar a Copa Sul-Americana, não poderá disputar a Copa do Brasil e o sexto colocado do Campeonato Brasileiro entrará nas oitavas de finais do modificado torneio nacional, o Cruzeiro ganhou uma motivação extra para buscar a sua 16ª vitória neste Brasileirão.

Atlético: mistério e vontade

Réver, zagueiro do Atlético-MG (Foto: Fernando Martins / Globoesporte.com)

Para Réver, uma vitória de um a zero, está de bom tamanho (Foto: Fernando Martins / Globoesporte.com)

Enquanto o técnico Cuca faz mistério sobre quem vai jogar ao lado de Ronaldinho e Bernard, os jogadores alvinegros preferiram ficar no tradicional discurso: “clássico não tem favorito”.

Em busca da vice-liderança do Campeonato Brasileiro, posição que garante uma vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores 2013, o Atlético tem que vencer o Cruzeiro e torcer para que o grêmio não faça o mesmo contra o Internacional. Sobre a partida do Tricolor Gaúcho, o comandante alvinegro preferiu não comentar: “Temos que fazer a nossa parte, irmos tranquilos e determinados para o jogo”, disse Cuca.

Já o goleiro Victor não se esquivou da pergunta. Para o goleiro atleticano, a semana foi boa e muito produtiva, com isso, a equipe vai à busca do objetivo, que é terminar o ano bem e com a vice-liderança.

– Esse é o objetivo, sabendo da qualidade, sabendo da dificuldade que é um clássico como esse. Mas, além dessa questão de fechar bem o ano, tem a questão do nosso objetivo de tabela também. A gente sabe que precisa vencer esse jogo para poder brigar pela segunda posição do campeonato e também pensando nisso que nós vamos pra campo amanhã (hoje) – disse o arqueiro alvinegro.

Questionado sobre o clássico da última rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, no qual o Atlético foi goleado pelo Cruzeiro por 6 a 1, Réver disse que um a zero está bom, e que a equipe não pode entrar em campo achando que vai golear o Cruzeiro.

– Futebol hoje está muito equilibrado. Um a zero no clássico está muito bom. Não podemos entrar achando que vamos golear. Tem profissionais como os nossos do outro lado. No momento podem não estar bem, mas são profissionais como nós. Não podemos entrar achando que vamos ganhar apenas por estarmos num momento melhor. Isso é bastante errado – disse o capitão atleticano.

Cuca leva uma dúvida para o vestiário. Serginho, Guilherme e Escudero disputam uma vaga no meio-campo. Richarlyson foi confirmado na lateral-esquerda, no lugar do suspenso Júnior César. Com isso, o Galo deve ir a campo com: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete, Ronaldinho Gaúcho, Bernard e Guilherme (Serginho ou Escudero); Jô.

Cruzeiro: atrapalhar o rival e entrar nas oitavas da Copa do Brasil

ceara, lateral do Cruzeiro (Foto: Roberto Rodrigues / Globoesporte.com)

Ceará espera repetir 2006, e levar a melhor sobre Ronaldinho novamente (Foto: Roberto Rodrigues / Globoesporte.com)

Após o comunicado da CBF informando que o sexto lugar do Campeonato Brasileiro entraria nas oitavas de finais da Copa do Brasil, o Cruzeiro, antes sem objetivos no Brasileirão, agora tem dois: atrapalhar o rival chegar na vice-liderança e terminar na sexta colocação.

Para alcançar a vaga nas oitavas do torneio nacional, o Cruzeiro tinha que torcer para o Botafogo não vencer o Flamengo ontem. O “secador” do Cruzeiro funcionou bem e o clássico carioca terminou empatado em 2 a 2. Mas mesmo vencendo o Atlético, o Cruzeiro pode não alcançar a sexta posição. A equipe celeste tem que torcer pela vitória do Fluminense sobre o Vasco. Caso a equipe cruzmaltina pontue contra o Tricolor Carioca, atinge ou ultrapassa os 56 pontos e a Raposa não poderá alcançá-lo.

Famoso por ter anulado Ronaldinho Gaúcho na final do Mundial Interclubes de 2006, quando o Internacional venceu o Barcelona por 1 a 0, o lateral Ceará disse que espera um grande duelo com o craque alvinegro, como foi há seis anos atrás.

– Vou reencontrar depois de seis anos. Obviamente ele joga hoje de uma maneira diferente do Barcelona, mas não deixa de ser um grande jogador. Será um dos oponentes e eu espero logicamente estar bem concentrado dentro do clássico, seja o Ronaldo ou o Bernard caindo do meu lado. Que eu possa estar sempre atento para impedi-los de fazer uma jogada ofensiva – declarou o lateral cruzeirense.

O volante Tinga disse que a equipe celeste está ciente da equipe que vai enfrentar e está motiva e concentrada para vencer o maior rival, diante de sua torcida.

– A gente tem um grande jogo amanhã (hoje). É um dos mais importantes e de maior rivalidade do país e a gente sabe da importância. Vamos para fazer um grande jogo. Nossa torcida quer isso e nós queremos mais ainda. Nós vivemos disso, de grandes jogos. Estamos motivados e animados. Jogar no Cruzeiro e disputar um clássico contra o Atlético-MG é motivo suficiente para motivação. A gente está concentrado e sabe quem vai enfrentar – disse o volante.

Com três vitórias seguidas, o Cruzeiro vive um bom momento. Com isso, Celso Roth deve manter a base da equipe que venceu Bahia, Fluminense e Coritiba. A Raposa deve ir a campo com: Fábio; Ceará, Thiago Carvalho, Leandro Guerreiro e Everton; Charles, Marcelo Oliveira, Tinga e Montillo; Martinuccio e Anselmo Ramon.

Arbitragem

O árbitro para este clássico será o paulista Paulo César de Oliveira. Paulo será auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse, ambos de São Paulo.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: