Adeus, Mano: técnico é demitido e deixa a seleção brasileira

23 11 2012

Treinador esteve à frente da seleção por 33 partidas

Por Caio Martins

Mano não treina mais a seleção brasileira (Foto: AP)

Fim da era Mano Menezes no comando técnico da seleção brasileira. O treinador não resistiu aos meses de desconfiança e críticas ao seu trabalho à frente da equipe e foi demitido pelo presidente da CBF, José Maria Marin. A decisão foi tomada em reunião de cúpula da entidade nesta sexta-feira (23) e a informação será confirmada ainda hoje de forma oficial. O sucessor de Mano só será conhecido no início de janeiro de 2013.

Outro que também pode abandonar a CBF é o diretor de seleções Andrés Sanchéz, ex-presidente do Corinthians. Defensor de Mano Menezes, o dirigente pediu alguns dias para tomar uma decisão definitiva sobre sua permanência na entidade.

Apresentação de Mano na seleção, em 2010 (Foto: Folhapress)

Mano foi comunicado sobre a decisão de seus superiores logo após a reunião. Contratado em 2010, após a polêmica recusa de Muricy Ramalho do cargo, o técnico não tem um pronunciamento oficial marcado. O favorito para assumir o comando da seleção é Luiz Felipe Scolari, que deixou o Palmeiras recentemente e conquistou o penta da Copa do Mundo em 2002. Muricy também é especulado e pode surgir como surpresa.

Desempenho pouco satisfatório

Ao analisar friamente os números de Mano Menezes na seleção brasileira, concluí-se que ele não teve uma passagem tão ruim: em 33 partidas, conquistou 21 vitórias, teve seis empates e saiu derrotado em seis oportunidades. O problema é o seu retrospecto em jogos com seleções de peso e futuras concorrentes na próxima Copa do Mundo, no Brasil. Derrotas para Argentina, Alemanha e França, além de empates com Holanda e com a organizada Colômbia.

Além disso, colecionou fracassos nas duas maiores competições que disputou: Copa América, no ano passado, e nas Olimpíadas de Londres, neste ano. No torneio sul-americano, foram três empates (em um deles, 0x0 no tempo normal com o Paraguai e o vexame das cobranças de pênaltis, quando o Brasil errou quatro) e apenas uma vitória. Nos jogos olímpicos, derrota frustrante para o México e uma nova medalha de prata para o futebol brasileiro.

O treinador conquistou o Superclássico das Américas duas vezes: em 2011 e em 2012. Sua última partida no comando da seleção, aliás, foi na última quarta-feira, quando o Brasil derrotou a Argentina em nova disputa de pênaltis na era Mano. Dessa vez, sem decepção no jogo. Só depois dele.

#EnqueteJFC: Quem deve ser o novo técnico da seleção brasileira? Vote!

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: