Atlético-MG empata com Vasco, perde a vice-liderança e vê Fluminense ser campeão

11 11 2012

Atlético saí na frente mas cede empate para o Vasco.  Com o resultado, o Galo perdeu a vice-liderança e viu o Fluminense vencer o Palmeiras e ficar com a taça de campeão brasileiro

Por Stéfano Bruno

As imagens de Vasco 1 x 1 Atlético-MG (Foto: Bruno de Lima)

Juninho Pernambucano e Ronaldinho Gaúcho tiveram atuações discretas no duelo desta tarde (Foto: Bruno de Lima/Lancenet!)

Vasco e Atlético fizeram uma partida que poderia definir a situação de ambas as equipes no campeonato. Enquanto o Vasco buscava reencontrar o caminho das vitórias e voltar ao G4, o Atlético ainda sonhava com o título de campeão brasileiro. Com o empate, o Vasco praticamente deu adeus a Libertadores, enquanto o Atlético viu o Fluminense ser campeão brasileiro. Além de não ter mais chances de título, o Galo ainda viu o Grêmio assumir a vice-liderança.

A partida foi equilibrada, com as equipes alternando o domínio do jogo. O Atlético abriu o placar no primeiro tempo, com Ronaldinho Gaúcho cobrando pênalti. O Vasco empatou na segunda etapa, com Alecsandro.

Próximos jogos

O Vasco volta a campo no próximo sábado (17), onde enfrenta o Coritiba no Couto Pereira, às 19:30 (de Brasília). Já o Atlético volta a campo no domingo (18), onde recebe o Atlético-GO, às 17h (de Brasília), na Arena Independência.

Crônica da partida

A partida começou com o Atlético pressionando a equipe vascaína e, logo aos cinco minutos, o Galo quase abriu o placar. Ronaldinho Gaúcho cobrou firme uma falta da entrada da área e Fernando Prass, bem posicionado, fez a defesa. No rebote, a bola sobrou para Réver, que mesmo caindo conseguiu finalizar por cima do gol.

A partida seguia com o Atlético buscando mais as jogadas ofensivas, enquanto o Vasco tentava explorar as jogadas de bola parada, sempre com Juninho Pernambucano nas cobranças.

Aos 19min, o Vasco balançou as redes do Atlético, mas o gol foi anulado pelo árbitro da partida, que marcou equivocadamente uma falta técnica do volante Wendel, que teria pedido ao Felipe para deixar a bola passar, antes de finalizar para o fundo do gol.  Como o pedido foi feito de um companheiro para outro do mesmo time, não poderia ser marcado a falta técnica.

Seis minutos depois, após um contra-ataque rápido, Escudero recebeu belo passe, invadiu a área e foi derrubado por Douglas. Pênalti! Na cobrança, Ronaldinho bateu no meio do gol e abriu o placar em São Januário. 1 a 0.

A resposta vascaína ocorreu aos 33min. Tenório recebeu falta na entrada da área e, na cobrança, Juninho cobrou bem, mas Victor fez a defesa. O goleiro atleticano espalmou a bola para o meio da área, mas nenhum jogador do Vasco apareceu para aproveitar o rebote.

Aos 40min, após fazer falta em Juninho Pernambucano, o volante Serginho deixou o Atlético com um jogador a menos em campo. O jogador já havia recebido o cartão amarelo e após cometer nova falta, recebeu novo cartão amarelo e consequentemente o cartão vermelho.

Segundo tempo

A segunda etapa começou com o Atlético dando um susto no Vasco logo no primeiro minuto. Marcos Rocha fez boa jogada pela direita e bateu firme para o gol. A bola pegou na rede pelo lado de fora.

A resposta do Vasco foi aos oito minutos. Alecsandro arriscou de longe e Victor fez a defesa. Dois minutos depois, o atacante recebeu ótimo passe dentro da área, girou e bateu para o gol, dessa vez sem chances de defesa para o goleiro atleticano. 1 a 1.

Marcos Rocha não conseguiu ajudar o Atlético a sair de campo com a vitória que ajudaria a equipe a seguir na briga pelo título (Foto: Gazeta Press)

Aos 20min o Vasco quase virou o placar. Após boa troca de passes do ataque vascaíno, Max recebeu a bola livre de marcação e bateu para o gol. Victor fez grande defesa.

Mesmo com um jogador a menos em campo, o Galo exercia certa pressão sobre o Vasco. Aos 27min, após boa troca de passes, Réver recebeu a bola na entrada da área e bateu no canto esquerdo de Fernando Prass. A bola passou rente a trave, assustando o goleiro vascaíno.

Aos 37min, o zagueiro Douglas fez falta em Neto Berola e recebeu o segundo cartão amarelo, consequentemente

O último lance de perigo da partida foi aos 46min. Ronaldinho levantou a bola na área e Réver cabeceou para uma grande defesa de Fernando Prass.

VASCO 1 x 1 ATLÉTICO-MG

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-horário: 11/11/2012 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fábio Pereira (TO) e Ivan Carlos Bohn (PR)
Gols: Ronaldinho (27’/1ºT); Alecsandro (10’/2ºT)
Cartão amarelo: Douglas, Wendel, Eduardo Costa, Juninho, Felipe (VAS); Serginho, Marcos Rocha (CAM)
Cartão vermelho: Douglas (VAS) Serginho (CAM)

VASCO: Fernando Prass; Jonas (Max – intervalo), Douglas, Renato Silva e Thiago Feltri (Felipe Bastos – 23’/2ºT); Eduardo Costa, Wendel, Juninho e Felipe; Tenório (Marlone – intervalo) e Alecsandro. Técnico: Gaúcho.

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Junior César; Pierre, Serginho, Escudero (Richarlyson – intervalo) e Ronaldinho; Bernard (Neto Berola – 27’/2ºT) e Leonardo (Guilherme – 14’/2ºT). Técnico: Cuca.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: