No jogo dos líderes, Juventus vence Napoli com golaço de Pogba e chega a 48 jogos de invencibilidade

21 10 2012

Mesmo com a derrota, Napoli se mantem na segunda posição. Lazio vence o Milan no Olímpico de Roma e continua firme na terceira colocação; já o time Rossonero, tem o mesmo número de pontos do Pescara; Inter e Roma vencem

Por Gustavo Soler

Neste final de semana pós data FIFA, a Juve venceu o Napoli no confronto entre os líderes do campeonato. Agora a Velha Senhora disparou na ponta da tabela, e o Jornalismo FC traz os principais resultados.

Juventus 2 x 0 Napoli

Paul Pogba, o novo Vieira, entrou no final do jogo e decidiu a vitória da Velha Senhora (Foto: Agência AP)

Empatados na primeira colocação com 19 pontos, Juventus e Napoli se enfrentaram na Arena Juventus. O time da casa, que não perde há 47 jogos no Calcio, não contava com o arqueiro Buffon e tinha que estar preparado para marcar o artilheiro Cavani. Por outro lado, os Azzurris queriam estragar a série invicta dos rivais para assumir a ponta isoladamente. No entanto, o técnico Massimo Carrera mexeu no time, colocando Cáceres e Pogba, e ambos marcaram os gols da vitória da equipe de Turim.

A primeira boa chance de gol foi da Juventus. Depois de uma cobrança ensaiada de escanteio, Giovinco arrancou da ponta esquerda para o meio e bateu com força, mas De Sanctis espalmou e a defesa afastou o perigo. O jogo era muito equilibrado, ambas as equipes estavam bem postadas em campo. O Napoli quase abriu o placar com Cavani. O camisa 7 cobrou falta pela ponta esquerda, surpreendendo o time alvinegro, pois pela sua posição ninguém imaginaria uma cobrança direta, mas, para a sorte do goleiro Storari, a bola explodiu no travessão. A Juve teve outra boa chance no final da primeira etapa, após finalização de Marchisio, De Sanctis se esticou todo e mandou para escanteio.

Mesmo com o jogo muito equilibrado, a Velha Senhora conseguia oferecer mais perigo ao gol adversário. Andrea Pirlo bateu falta, a bola desviou na barreira e De Sanctis conseguiu voltar a tempo para encaixar a bola antes que ela entrasse. Com muita velocidade pela ponta esquerda, Asamoah partia pra cima da marcação. Em uma destas arrancadas, o ganês tocou para do meia da área para Giovinco. O Formiga Atômica furou na finalização, porém, ele se recuperou, trouxe a bola para a perna direita e bateu assustando o time do Napoli.

Das poucas oportunidades do Napoli, Cavani aproveitou a bola mal afastada pela defesa e bateu de primeira, mandando a bola pra fora. Aos 35 minutos, Pirlo bateu escanteio pela esquerda, e Cáceres subiu mais que todo mundo e testou para o gol, abrindo o placar pra Juve. Os Azzurris foram para cima tentando um empate, mas no contra-ataque, Giovinco arriscou, a bola foi rebatida pela zaga e Pogba aproveitou o rebote. O francês bateu de primeira no canto de De Sanctis que nada pode fazer. O jovem meia, que é comparado com Patrick Vieira, marcou o seu primeiro gol como jogador profissional.

Lazio 3 x 2 Milan

Hernanes marca novamente em mais uma vitória da Lazio (Foto: AFP)

O segundo jogo da rodada foi entre Lazio e Milan. Os times vivem momentos muitos distintos no Calcio. O time da capital italiana luta por uma vaga na Champions League e persegue os dois líderes do campeonato. Já o Milan vive uma má fase incrível e briga para não entrar na zona de rebaixamento da competição. Mas, para desespero do técnico Allegri, os Rossoneros perderam novamente e estão com os mesmo 7 pontos do Pescara, o primeiro clube da zona de rebaixamento.

Mesmo jogando fora de casa, o Milan foi quem tomou as primeiras ações do jogo, mas suas finalizações não ofereceram perigos ao gol de Bizzarri. A primeira oportunidade da Lazio foi com 24 minutos, após uma jogada individual de Hernanes, o camisa 8 bateu de fora da área, a bola desviou em Bonera e encobriu o goleiro Amelia. Um minuto depois do gol, El Shaarawy recebeu pela ponta e bateu por baixo de Bizzarri, mas André Dias chegou de carrinho e tirou a bola do gol dos Azuis.

Aos 40 minutos, Candreva recuperou a bola pelo meio e carregou pela direita, o meio campo do Milan não acompanhou o jogador, que arriscou de muito longe e mandou no ângulo de Amelia, marcando um golaço para a Lazio. Logo no começo do segundo tempo, Candreva ajeitou a bola no peito, caminhou livre pela direita e lançou Klose dentro da área, o alemão chegou batendo de primeira, marcando o terceiro gol dos mandantes.

Na rodada pós data FIFA, que foi marcada pela incrível reação da Suécia, que perdia fora de casa por 4 a 0 para a Alemanha e conseguiu empatar, os rossoneri tinham como inspiração os suecos. Aos 9 minutos, Emanuelson cruzou e Pazzini tocou de cabeça, o goleiro Bizzarri errou o tempo de bola, mas conseguiu se recuperar espalmando para escanteio. Com 15 min, Emanuelson bateu falta pela direita, à zaga da Lazio vacilou e De Jong de carrinho mandou para o gol.

Aos 33, El Shaarawy faz grande jogada individual pela esquerda, invadiu a área e bateu com força no cantinho. Mesmo com este gol, o time milanista não conseguiu se impor em campo e o empate não veio.

Internazionale 2 x 0 Catania

Cassano (à direita) comemora com Cambiasso o primeiro gol da Inter (Foto: Agência AP)

Com uma boa série de vitórias, a Inter precisava da vitória para não se distanciar da Lazio, que venceu na rodada. O time nerazzurri enfrentou o Catania. O time do técnico Maran Rolando, queria os três pontos para entrar na zona de Liga Europa, ficando apenas um ponto atrás da própria Inter. Mas, Cassano e Palacio decidiram a vitória do time de Milão.

O Catania teve a primeira chance de abrir o placar. Depois de um lançamento de Barrientos, Ranocchia e Juan falharam, e Almirón conseguiu dominar a bola, mas acabou batendo pra fora. A Inter tentava chegar nas bolas longas. A primeira foi com Samuel, que lançou Cassano, mas o atacante não conseguiu a conclusão. Na segunda, Cassano mandou para Palacio, o argentino testou em cima do goleiro Andujar. Na terceira tentativa, Cambiasso lançou, e Cassano subiu de cabeça abrindo o placar para a Inter, com 28 minutos.

No segundo tempo, Cambiasso ajeitou e Milito mandou para o gol, mas Andujar espalmou para escanteio. Tentando matar o jogo, Rick Alvaréz recebeu pela ponta esquerda, puxou a bola para o meio, ficando cara-a-cara com o goleiro, mas na hora da conclusão, o zagueiro Legrottaglie apareceu se jogando na bola para salvar o time. Em um lance que levantou muita polêmica, Guarin tentou desarmar o atacante Gomez, mas o volante interista derrubou o adversário, porém, Carmeni Russo mandou o jogo seguir.

A Inter tentava de tudo para chegar ao segundo gol e, em mais uma bola alçada para dentro da área, Milito subiu para testa de cabeça, a bola tocou na trave, no pé de Andujar, e o arqueiro argentino conseguiu realizar a defesa. No ataque seguinte, Milito tocou para Rick Alvaréz, o camisa 11 bateu firme e novamente Andujar salvou. De tanto insistir, os Nerazzurri chegaram ao segundo gol. Após uma lançamento de Milito, Palacio dominou no peito e mandou de pé esquerdo para o gol.

Genoa 2 x 4 Roma

Roma se recupera e vira o jogo para cima do Genoa (Foto: Agência AP)

Tentando se firmar no campeonato, o Roma buscava mais uma vitória para tentar chegar à zona de Liga Europa. O time Giallorossa, no meio da semana, teve uma polêmica envolvendo o volante De Rossi e o atacante Osvaldo. Segundo a imprensa italiana, os dois jogadores fizeram uma festança e seriam barrados para o jogo deste final de semana. O técnico Zeman negou o afastamento e colocou os jogadores em campo. Sorte a dele, pois Osvaldo marcou dois dos quatro gols da vitória.

Envolvidos em polêmica, De Rossi e Osvaldo ajudam no triunfo do Roma (Foto: Site Oficial do Roma)

Logo aos 7 minutos, Borriello recebeu na área e fez o pivô para Kucka. O meia chegou batendo de primeira e mandou no ângulo de Stekelenburg, abrindo o placar com um golaço. Para comemorar o gol, o eslôvaquio fez a dança do famoso hit sul-coreano “Gangnam Style”. Jogando contra a sua ex-equipe, Borriello exibia um bom futebol. O atacante arrancou pela esquerda e cruzou para Jankovic. O meia passou da bola, mas mesmo assim ele conseguiu se esticar e acertou o popular chute do escorpião, o mesmo usado pelo goleiro colombiano Higuita em suas defesas. A bola bateu na trave, e no rebote, Jankovic recebeu a bola para mandar pro fundo do gol.

Perdido em campo, o time da capital italiana aparentava que não conseguiria se recuperar no jogo. Mas, depois de um bate-rebate, a bola sobrou para Francesco Totti. O Capitano não perdoou e diminuiu a vantagem do Genoa. O Roma foi melhorando no jogo e já se igualavam na posse de bola como o abalado time dos Grifonis. Com 43 minutos, Totti tabelou com Piris, o paraguaio cruzou na medida para Osvaldo mandar de voleio e empatar o jogo.

O segundo tempo começou com o Genoa ainda abalado. O time da casa sedia muitos espaços e sofria para marcar Totti companhia. Com cinco minutos de jogo, Florenzi cobrou escanteio pela esquerda e Osvaldo subiu no último andar para testar e marcar o gol da virada. O time da casa se encolheu mais ainda, e, quando ia ao ataque, Borriello não mostrava a mesma eficiência da primeira etapa. Com 37min, Totti tentou uma bola enfiada para Pjanic, a zaga afastou, e Lamela aproveitou o rebote para marcar o quarto gol.

Confira todos os resultados da oitava rodada do Calcio:

Sábado (20/10)

Juventus 2 x 0 Napoli

Lazio 3 x 2 Milan

Domingo (21/10)

Cagliari 1 x 0 Bologna

Atalanta 2 x 1 Siena

Chievo Verona 1 x 1 Fiorentina

Internazionale 2 x 0 Catania

Palermo 0 x 0 Torino

Parma 2 x 1 Sampdoria

Udinese 1 x 0 Pescara

Genoa 2 x 4 Roma

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: