Em partida movimentada, Flamengo e Cruzeiro empatam no Engenhão

13 10 2012

Apesar da boa partida, o empate em 1 a 1 não foi bom para nenhuma das equipe. Com o resultado, o Flamengo segue necessitando de pontos para escapar de vez do Z4; já o Cruzeiro vê o sonho do G4 ficando mais distante

Por Stéfano Bruno

Montillo e Airton, Flamengo e Cruzeiro (Foto: Luciano Belford / Futura Press)

Montillo voltou a ter atuação destacada, mas dessa vez não conseguiu ajudar a sua equipe a sair de campo com a vitória (Foto: Luciano Belford/Futura Press)

Apesar da boa partida feita por ambas as equipes, o resultado não era o esperado por Flamengo e Cruzeiro. O empate em 1 a 1, na noite deste sábado (13), não favoreceu nem a equipe a carioca e nem a mineira. Enquanto a equipe rubro-negra buscava os três pontos para se afastar ainda mais da zona de rebaixamento, a equipe celeste tentava se aproximar da zona de classificação para a Copa Libertadores 2013.

Foi uma partida com muitas chaces de gol, onde os goleiros apareceram bem. O Flamengo abriu o placar com o atacante Liédson e, pouco depois, o Cruzeiro empatou com o Everton. No segundo tempo, o Flamengo chegou a ter um gol mal anulado pela arbitragem. Os goleiros Fábio e Felipe fizeram grades defesas, o que foi fundamental para a partida terminar empatada.

Próximos jogos

O Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira (17), onde vai a São Paulo enfrentar a Portuguesa, às 22h (de Brasília), no estádio Canindé. O Cruzeiro volta a campo no mesmo dia e horário, e também enfrenta uma equipe paulista. A Raposa recebe o Corinthians, no estádio do Melão, em Varginha.

Crônica da partida

O Flamengo começou exercendo uma enorme pressão sobre o Cruzeiro, e o placar não demorou a ser aberto. Logo aos dez minutos, Ramon recebeu boa bola na esquerda e acertou bom cruzamento para Vágner Love. O atacante ajeitou para o meio e Liedson chegou para completar para o fundo do gol. No lance, os jogadores do Cruzeiro ficaram reclamando que o atacante Vágner Love havia ajeitado a bola com o braço, mas o árbitro da partida, Anderson Daronco, confirmou o gol para a equipe rubro-negra. 1 a 0.

HOME - Fla x Cruzeiro (Foto: Bruno de Lima)

Liedson marcou mais uma vez com a camisa do Flamengo (Foto: Bruno de Lima/Lancenet!)

Mesmo após o gol, a equipe carioca continuou pressionando o Cruzeiro, que tentava sair em velocidade para o ataque. Após um contra-ataque rápido, aos 18min, a equipe celeste empatou a partida. Bem na partida, Montillo recebeu a bola no meio-campo, carregou ela até próximo a área, onde deu bom passe para Martinuccio, que estava aberto pela esquerda. O meia argentino levantou a cabeça e cruzou na medida para Everton, que , de cabeça, desviou para o fundo do gol. 1 a 1.

Após o gol de empate, foi à vez de o Cruzeiro crescer na partida. Se mantendo por maior tempo em seu campo de ataque, a equipe mineira encontrava dificuldades para entrar na defesa carioca.

Pouco depois de Vágner Love cair na área e ficar reclamando de um pênalti, o Cruzeiro quase passou a frente do placar. Aos 31min, Montillo fez grande jogada pela direita e cruzou para o meio da área, onde estava o Anselmo Ramon. Dentro da pequena área, o atacante finalizou, mas Felipe fez grande defesa. No rebote, a bola sobrou novamente para o atacante celeste, que tentou girar batendo para o gol, mas Felipe apareceu novamente e evitou o que poderia ser o gol da virada do Cruzeiro.

Com as duas equipes bem postadas defensivamente, não houve mais nenhuma grande oportunidade de gol na primeira etapa.

Segundo tempo

Assim como no primeiro tempo, a segunda etapa começou bastante movimentada. Logo aos dois minutos, o Flamengo quase voltou à frente do placar. Cleber Santana fez bom passe para Adryan, que estava aberto pela esquerda. O jovem meia escorou para Ramon que bateu firme, de primeira. A bola passou por cima do gol defendido por Fábio.

Enquanto o Cruzeiro encontrava dificuldades para atacar o Flamengo, a equipe rubro-negra chegava com facilidades ao seu campo de ataque, mas encontrava muitas dificuldades para finalizar.

Aos 17min, Cruzeiro e Flamengo desperdiçaram boas oportunidades. Primeiro foi à vez da equipe celeste. Após um contra-ataque rápido, Anselmo Ramon driblou Renato Santos e deu belo passe para Montillo. O craque argentino bateu de primeira e Felipe fez grande defesa. No contra-ataque, foi à vez do Flamengo dar a resposta. Cleber Santana deu ótima assistência para o Vágner Love, que, sozinho na área, teve tempo de dominar e escolher o canto. O atacante bateu no fraco, no canto esquerdo de Fábio, que caiu para fazer a defesa, sem maiores problemas.

A partida seguia movimentada, com ambas as equipes usando a velocidade para tentar chegar ao gol. Após uma boa jogada, aos 27min, Vágner Love tentou um passe para o Adryan, mas a defesa celeste cortou. No rebote a bola sobrou para o próprio atacante do Flamengo, que alcançou a bola e tentou a finalização cruzada. A bola desviou na defesa celeste e pegou o goleiro Fábio no contrapé, mas o arqueiro fez uma grande defesa, evitando que o Flamengo voltasse à frente do placar.

Bernardo Monteiro/Vipcomm

Jogadores do Flamengo e do Cruzeiro disputaram muito todos os lances da partida (Foto: Bernardo Monteiro/Vipcomm)

Aos 39min, após cobrança de escanteio, Vágner Love desviou de cabeça e Liedson completou para o fundo do gol, mas árbitro Anderson Daronco, auxiliado pelo seu assistente, assinalou impedimento do atacante rubro-negro. No lance, o lateral da equipe celeste Diego Renan, dava condições ao atacante, por isso, os jogadores flamenguistas reclamaram muito com o árbitro gaúcho.

Os minutos finais ganharam ainda mais em emoção. Com a partida aberta, as duas equipes pareciam estar se aproximando do gol. Mas aos 45min, foi o Flamengo que esteve mais perto de balançar as redes do adversário. Wellington Silva recebeu bom passe na direita e cruzou para área. A bola passou por todo mundo e sobrou para o Ramon na esquerda. O lateral bateu para o gol e Vágner Love, dentro da pequena área, disputou a bola com o Fábio, mas o assistente já havia assinalado impedimento do atacante.

Um minuto depois, Wellington Bruno arriscou firme, de fora da área, e Fábio fez grande defesa.

A pressão rubro-negra seguiu até o fim, mas o placar não foi alterado.

FLAMENGO 1 X 1 CRUZEIRO

Competição: Campeonato Brasileiro – 30ª rodada
Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 13/10/2012 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronico (RS)
Auxiliares: Bruno Boschilia e João Patricia de Araujo

Renda: R$232.780,00

Público: 15.922

Renda/público:
Cartões amarelos: Leandro Guerreiro (21min/1ºT); Marcelo Oliveira (37min/1ºT); Charles (19min/2ºT); Adryan (20min/2ºT); Vagner Love (23min/2ºT); Ramon (30min/2ºT); Cleber Santana (34min/2ºT); Wellington Silva (43min/2ºT).
Gols: Liedson, 10′/1ºT (1-0); Everton, 18′/1ºT (1-1)

FLAMENGO: Felipe, Wellington Silva, Frauches, Renato Santos e Ramon; Aírton (Luiz Antonio, 21min/2ºT), Ibson (Wellington Bruno, 36min/2ºT), Léo Moura (Adryan, 44min/1ºT) e Cleber Santana; Liedson e Vagner Love Técnico: Dorival Júnior.

CRUZEIRO: Fábio, Ceará, Léo, Mateus e Everton (Diego Renan, 38min/2ºT); Leandro Guerreiro, Marcelo Oliveira, Willian Magrão (Charles, 8min/2ºT) e Montillo; Martinuccio (Elber, 24min/2ºT) e Anselmo Ramon. Técnico: Celso Roth.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: