Edinson Cavani dá show e coloca Napoli ao lado de Juventus no topo do Calcio

28 09 2012

Juventus vacila e empata sem gols fora de casa. Milan e Inter vencem e se afastam um pouco da crise. Lazio é atropelada pelo Napoli e perde a terceira posição. Roma segue sem vencer em casa

Por Gustavo Soler

Neste meio de semana, o Napoli aproveitou o tropeço da Juventus, e, com um hat-trick de Cavani, os Azzurri se igualaram à Velha Senhora na ponta do Calcio. O Jornalismo FC traz os principais resultados.

Fiorentina 0 x 0 Juventus

Em um jogo dominado do começo ao fim pela Fiorentina, Jovetic (à direita) perdeu a melhor chance da partida (Foto: Agência Reuters)

Defendendo a liderança e uma invencibilidade de 44 jogos, a Juventus viajou até Florença para encarar a Fiorentina. O time Viola havia vencido os dois jogos em que disputou em casa, o estádio Artemio Franchi. Porém, nenhuma das equipes conseguiu o triunfo e ficaram em um empate sem gols.

Querendo a vitória para ficar isolado na primeira colocação, a Juventus começou o jogo indo pra cima da Fiorentina. A primeira boa chance veio com o pequeno Giovinco. O camisa 12 trouxe da ponta direita para o meio e bateu firme de pé esquerdo, mas a bola acabou saindo. Em uma jogada ensaiada de escanteio, o capitão Pasqual recebeu na meia-lua da grande área e emendou de primeira, mas a bola foi parar na arquibancada.

O capitão da Gigliati apareceu bem novamente. Depois tabelar com Jovetic, Pasqual caiu na área após uma dividida com Arturo Vidal. O arbitro Paolo Tagliavento mandou o jogo seguir. Dominando todas as ações da partida, a Fiorentina foi novamente para o ataque. Depois de uma boa trama com Cuadrado e Jovetic, o montenegrino tocou para Ljajic, que bateu em cima da defesa alvinegra. Com poucas oportunidades no jogo, a Velha Senhora teve a chance com Andrea Pirlo em uma cobrança de falta que levou perigo, porém a bola foi pela linha de fundo. Na resposta, Mati Fernandez cobrou falta na cabeça de Jovetic, o camisa 8 mandou no travessão de Buffon, que estava vendido no lance.

Assim como no primeiro tempo, o time da casa mandou nas ações do jogo. Logo no começo, Roncaglia se livrou de dois marcadores e mandou de fora da área, levando muito perigo ao gol de Buffon. Em outra oportunidade, Cuadrado obrigou o arqueiro da Juve se esticar todo, mas novamente a bola foi pra fora. No final da partida, Cuadrado cruzou, a bola atravessou toda a grande área e chegou para Pasqual, o capitão entrou cabeceando e, de novo, assustou o goleiro da Juventus, mas a bola foi pela linha de fundo.

Chievo Verona 0 x 2 Internazionale

No seu jogo de número 300 no Calcio, Cassano marcou para a Inter (Foto: Getty Images)

Tentando superar o papelão que fez na última rodada, a Inter foi até Verona para encara o Chievo. O jogo começou com o time Nerazzuri preocupando e levando pressão, a torcida pensou que seria mais um daqueles dias sofridos, porém Álvaro Pereira e Cassano salvaram a noite interista.

A primeira chance do jogo foi do Chievo. Após um lançamento para dentro da área, Hetemaj subiu mais que Javier Zanetti e testou para o gol, mas Handanovic fez a defesa. Na base dos lançamentos longos o time da casa chegou de novo. Di Michele lançou, Samuel falhou e a bola sobrou para Pellissier que encheu o pé, mas novamente Handanovic fez a defesa. Aos 43 minutos, Cassano arriscou da entrada da área, a bola desviou na zaga e sobrou praticamente dentro do gol para Álvaro Pereira mandar para o fundo das redes.

Jogadores da Inter comemorando o primeiro gol do jogo, marcado por Álvaro Pereira (31) (Foto: Agência AP)

Tentando o gol de empate, o Chievo foi pra cima e oferecia os contra-ataques para a Inter. O time de amarelo quase empatou o jogo com Hetemaj batendo falta, porém, Handanovic voou no ângulo para espalmar para escanteio. Em um destes contra-golpes, Cassano tocou para Gargano, o uruguaio devolveu para o atacante, que, na velocidade invadiu a área e decidiu o jogo. No final do segundo tempo, Cruzado bateu uma falta com força que explodiu no travessão.

Milan 2 x 0 Cagliari

Em uma noite inspirada, El Shaarawy marca dois e faz a festa no San Siro (Foto: Getty Images)

Com apenas uma vitória em quatro jogos, o Milan entrou pressionadíssimo para enfrentar o Cagliari, para conquistar o seu segundo triunfo, o primeiro em casa. Já o Cagliari, que perdeu na justiça três pontos do jogo contra o Roma, precisava vencer para sair da zona de rebaixamento. Com dois de El Shaarawy, o time Rossonero saiu vitorioso.

Logo aos 15 minutos de jogo, Montolivo enfiou uma bola por trás da zaga para El Shaarawy, o Pequeno Faraó dominou e bateu na saída do goleiro para abrir o placar. Na resposta, o ex-cruzeirense Thiago Ribeiro recebeu um lançamento e mandou de primeira, mas Abbiati fez grande defesa. Os visitantes cresceram no jogo e quase chegaram ao gol de empate com Ibarbo, o atacante bateu levando perigo ao gol milanista. O Milan teve a chance do segundo gol. Após escanteio cobrado por Montolivo, a defesa afastou e a bola sobrou com El Shaarawy, o camisa 92 mandou de primeira, o chute foi desviado no meio do caminho e bateu no travessão, no rebote Pazzini subiu bem e tocou de cabeça, quando a bola estava entrando, a defesa conseguiu afastar.

O segundo tempo começou com o Cagliari em cima. Daniele Conti cobrou falta na cabeça de Ibarbo, que cabeceou assustando a meta do Milan. O mesmo Conti, que era fundamental para o time visitante, recebeu um cartão amarelo com 18 minutos, levou o segundo amarelo aos 21, após deixar o braço no rosto de Pazzini. Em mais uma bela enfiada de bola, mas desta vez por Ambrosini, El Shaarawy se jogou de carrinho para marcar o seu segundo gol.

Napoli 3 x 0 Lazio

Artilheiro, “Furacão” Cavani ataca novamente e marca três na vitória contra a Lazio (Foto: Agência Reuters)

No jogo mais esperado da rodada, Napoli e Lazio se enfrentaram para ver quem encostaria na líder Juventus, que havia empatado com a Fiorentina. Jogando no estádio San Paolo, o time da casa foi empurrado pela torcida e contou com o artilheiro Cavani para decidir o jogo.

Com menos 10 minutos de jogo, Klose abriu o placar. Depois de um escanteio cobrado por Hernanes, o artilheiro mandou a bola para o gol. O tento, no entanto, foi irregular, pois o alemão fez o gol com a mão. O segundo maior artilheiro das Copas, porém, surpreendeu, confessou o seu ato e o árbitro anulou o gol. Bela atitude do goleador. Aos 18, Hamsik carregou a bola e tocou para Cavani, o uruguaio trouxe para o meio e mandou uma bomba, a bola ainda desviou no meio do caminho e tirou o goleiro Marchetti da bola, abrindo o placar para o Napoli.

Tentando o empate, a Lazio foi pra cima do time da casa, mas Paolo Cannavaro recuperou a bola e acertou um lançamento à la Pirlo para Cavani. O camisa 7 encheu o pé e contou com a contribuição de Marchetti, que foi com a mão mole e espalmou pra dentro do gol: 2 a 0 Napoli. No segundo tempo, Konko cruzou e Klose, desta vez de cabeça, mandou para o gol, porém De Sanctis foi buscar.

Aos 19, Behrami lançou Cavani, que aproveitou o vacilo de André Dias, que não o acompanhou, e partiu em direção do gol. O artilheiro do Napoli ainda driblou Marchetti antes de marcar o terceiro. Dez minutos depois do terceiro gol, Insigne invadiu a área com muita velocidade, foi pra cima do zagueiro Ciani, e foi derrubado pelo mesmo. Na cobrança da penalidade, Cavani mandou pra longe do gol.

Roma 1 x 1 Sampdoria

Depois de conquistar na justiça os três pontos do jogo contra o Cagliari, a Roma entrou em campo para tentar a sua primeira vitória em casa e, após o gol de Totti, que fez 36 anos no dia 27 de Setembro, a torcida Giallorossa achou que veria um show romanista, mas o time da Sampdoria, que briga pela ponta da tabela, estragou a festa e empatou o jogo.

As vésperas de mais um aniversário, Totti marca, mas vê Roma ficar apenas com um empate (Foto: Site Oficial da Roma)

Antes de completar 36 anos, Francesco Totti queria se presentear no jogo contra a Sampdoria. Logo no começo do jogo, o Capitano lançou Destro, o camisa 22 devolveu para Totti, que viu o goleiro adiantado e mandou por cobertura, porém a bola bateu no travessão. Aos 34 minutos, Lamela tentou o passe, que foi interceptado pela zaga, mas a bola se ofereceu para Destro cara a cara com Romero, o goleiro argentino saiu bem e conseguiu defender o chute. Na continuação da jogada, Lamela ficou com o rebote, tocou para Florenzi e o meia achou Totti livre do outro lado. O Capitano bateu de primeira e abriu o placar, marcando o seu gol de número 216 na carreira e tornando-se o terceiro maior artilheiro do Calcio, somente atrás de José Altafini, o Mazzola, e Giuseppe Meazza.

No final do primeiro tempo, Balzaretti lançou o jovem Destro, que bateu de primeira, em cima de Romero. Com um minuto do segundo tempo, tudo aparentava ficar mais fácil para a Roma, pois Maresca recebeu o segundo amarelo após fazer falta em Lamela. Com um a menos, o time visitante não saiu para o jogo, mas aos 17, Berardi cruzou, Stekelenburg falhou de forma bisonha e a bola sobrou para Munari empurrar para o fundo das redes. No último lance do jogo, Balzaretti recebeu por trás da zaga e mandou de cabeça pro gol, mas Romero tirou de cima da linha, evitando o gol da vitória romanista.

Confira todos os resultados da quinta rodada do Calcio:

Terça (25/09)

Fiorentina 0 x 0 Juventus

Pescara 1 x 0 Palermo

Quarta (26/09)

Catania 2 x 1 Atalanta

Chievo Verona 0 x 2 Internazionale

Genoa 1 x 1 Parma

Milan 2 x 0 Cagliari

Napoli 3 x 0 Lazio

Roma 1 x 1 Sampdoria

Torino 0 x 0 Udinese

Quinta (27/09)

Siena 1 x 0 Bologna

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: