Champions League: Com gol de Ronaldo no fim, Real bate City em estreia emocionante

18 09 2012

Partida teve a emoção toda no segundo tempo, quando saíram os cinco gols, sendo o último já perto do apito final

Por Luiz Queiroga

Cristiano Ronaldo e Marcelo foram os protagonistas da vitória merengue na estreia da UEFA Champions League (Foto: Reuters)

Na tarde desta terça-feira (18), a temporada 2012/2013 da UEFA Champions League deu início com o grande duelo entre os gigantes Real Madrid e Mannchester City, no Santiago Bernabéu, em jogo válido pela primeira rodada do Grupo D.

Com o apoio da torcida, a equipe da casa foi a responsável pelos lances ofensivos no início da partida. Logo aos oito minutos, o astro Cristiano Ronaldo gingou na frente do zagueiro Kompany e chutou com perigo na trave esquerda. Pouco depois, aos 11min, novamente o português recebeu a bola dentro da área e arrematou, a bola, porém, foi desviada no Higuain e quase complicou o goleiro Hart, que defendeu com a barriga.

Após ter sua saída do Real especulada, Cristiano Ronaldo foi o nome do primeiro tempo (Foto: Getty Images)

O jogo foi bastante disputado em boa parte do tempo (Foto: Getty Images)

O Real Madrid dominava por completo a partida, dificultando a troca de passe inglesa, e assustando em poucos lances, mas com bastante perigo. Bastante presente no jogo, até mesmo para afastar a polêmica em que foi envolvido, Cristiano Ronaldo criou mais uma grande chance, agora aos 20min: Higuain tocou para o atacante dominar, dar um chapéu dentro da área adversária e ter o chute desviado na zaga. No rebote, Khedira mandou por cima do travessão.

Para piorar a situação do time comandado pelo técnico Roberto Mancini, o meia Nasri sentiu uma lesão e precisou ser substituído pelo lateral-esquerdo Kolarov. Enquanto o City não deu nenhum trabalho para Iker Casillas, Joe Hart precisou se esticar pela oitava vez na partida ao tentar pegar arremate de Di Maria, aos 41min, mas passou rente à trave.

Dzeko calou a torcida merengue por um instante (Foto: Getty Images)

Na segunda etapa, o predomínio merengue permaneceu, os lances de perigo, porém, foram poucos. Tanto que o melhor só veio aos 14min, em chute de longa distância de Marcelo no ângulo esquerdo do arqueiro.  Seis minutos depois, o brasileiro apareceu novamente, mas a bola passou por cima do travessão.

Aos 24min, porém, no único lance de perigo do Manchester City no segundo tempo, Dzeko não desperdiçou. O volante Yaya Touré disparou pelo meio e tocou por entre o espaço deixado pela zaga madrilena nos pés do centroavante, que chutou na saída de Casillas. Pouco depois, Kolarov assustou e quase ampliou, em chute cruzado.

A emoção no Santiago Bernabeu aumentou quando Marcelo tentou pela terceira vez marcar o gol, e balançou as redes finalmente, aos 31min. O lateral entrou na área pela esquerda, puxou para dentro e arrematou colocado no ângulo esquerdo, indefensável para Hart.

Marcelo tentou três vezes, mas conseguiu acertar um lindo gol no ângulo (Foto: Getty Images)

Com o placar empatado, as duas equipes resolveram sair definitivamente para o ataque, enlouquecendo os presentes no Bernabéu. Aos 40min, a virada aconteceu: Kolarov cobrou de maneira magnífica falta próxima da área. A comemoração, porém, durou apenas dois minutos, já que Di Maria tocou na medida para Benzema na entrada da área. O francês dominou, girou e arrematou no canto direito da meta, sem chances para Hart, que se esticou todo.

O lance capital veio nos pés de Cristiano Ronaldo, que chutou cruzado e deu números finais à partida, aos 45min, dando a vitória aos merengues.

FICHA TÉCNICA do confronto entre REAL MADRID 3X2 MANCHESTER CITY

Local: Santiago Bernabéu, Madri (ESP)
Data-Hora: 18/09/2012, às 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Damir Skomina (ESL)
Cartões amarelos: Javi García (MCT), Kompany (25’/2ºT)
Cartões vermelhos:
Gols: Dzeko (24’/2ºT), Marcelo (31’/2ºT), Kolarov (41’/2ºT), Benzema (42’/2ºT), Cristiano Ronaldo (45’/2ºT)

REAL MADRID: Casillas, Arbeloa, Varane, Pepe e Marcelo; Khedira (Modric, 28’/2ºT), Xabi Alonso e Essien (Özil, 19’/2ºT); Di María, Cristiano Ronaldo e Higuaín (Benzema, 28’/2ºT). Técnico: José Mourinho
MANCHESTER CITY:
 Hart, Maicon (Zabaleta, 28’/2ºT), Kompany, Nastasic e Clichy; Javi García, Barry, Yaya Touré e Nasri (Kolarov, 35’/1ºT), David Silva (Dzeko, 17’/2ºT), Tevez. Técnico: Roberto Mancini

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: