Champions League: Pelo grupo da morte, Real recebe City na estreia

17 09 2012

Merengues vivem momento de instabilidade na liga nacional e futuro nebuloso de astro; pregando respeito, técnico Mancini fala de vitória em jogo difícil

Por Luiz Queiroga

Após quatro meses, finalmente a bola voltará a rolar pelo campeonato considerado o mais charmoso entre clubes do planeta, a UEFA Champions League, nessa terça-feira (18). E o principal destaque fica para o grande duelo entre os gigantes Real Madrid e Manchester City, no Santiago Bernabéu, às 15h30 (de Brasília)

O início desta temporada para os merengues não está sendo nada fácil: depois de conquistar a Supercopa da Espanha em cima do rival Barcelona, o time do técnico José Mourinho vê-se hoje oito pontos atrás dos catalães, somando apenas quatro pontos em quatro partidas. Os números preocupam mais ainda uma vez que o Real jamais conseguiu reverter a situação quando a diferença entre os dois era exatamente essa.

Cristiano Ronaldo estaria insatisfeito no Real Madrid ( Foto: Reprodução/Twitter)

Para piorar, a indefinição sobre o futuro de Cristiano Ronaldo na equipe tem sido assunto da imprensa local nos últimos tempos. Visivelmente frustrado com questões internas, dando inclusive declarações polêmicas, o astro português não teve o contrato renovado, como foi especulado. Mas para o treinador isso não é problema, já que o Real será uma “uma equipe determinada, compacta, solidária, onde o conjunto é o mais importante e onde todos queiram trabalhar para todos”.

Pelo lado do Manchester City, o time comandado pelo técnico Roberto Mancini vem de um empate com o modesto Stoke City, colocando-o em quarto lugar no Campeonato Inglês dois pontos atrás do líder.

Almejando voos maiores que o da temporada passada, quando foi eliminado ainda na fase de grupos da Champions League, o Manchester vê como difícil mas não impossível a classificação em um grupo considerado o mais complicado desta edição, que ainda conta com Borússia Dortmund e Ajax, na chave D.

Mancini pretende somar pontos no Santiago Bernabeu (Foto: Imageglobe)

Embora Mancini pregue respeito, ele espera por “um jogo difícil, já que, sem dúvida, o Real Madrid é um dos melhores clubes do mundo, mas nós queremos ser melhores que eles”, acreditando que pode somar pontos fora de casa.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: