Atlético-MG goleia o Palmeiras e espanta sequência negativa

9 09 2012

Após ficar quatro jogos sem vencer, Galo bate o Palmeiras por 3 a 0 e continua na cola do Fluminense

Por Stéfano Bruno

Rodrigo Clemente/EM/D.A Press

Com dois gols, Bernard foi o grande nome da vitória do Atlético sobre o Palmeiras (Foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)

Em uma boa partida, o Atlético-MG venceu o Palmeiras por 3 a 0 na noite deste domingo (09) e se manteve na cola do Fluminense. A equipe mineira está a dois pontos do Tricolor Carioca.

Todos os gols da partida foram marcados no segundo tempo, que teve Victor como um dos destaques. Bernard, duas vezes, e Leonardo Silva, fizeram os gols do Galo.

O Atlético-MG volta a campo na próxima quarta-feira (12), onde recebe o São Paulo, as 22h (de Brasília), na Arena Independência. No mesmo dia e horário, o Palmeiras vai ao Rio de Janeiro, onde enfrenta o Vasco, no estádio São Januário.

Com a vitória o Galo se mantém na segunda colocação, a dois pontos do Fluminense. Já o Palmeiras viu a sua situação complicar um pouco mais. A equipe ocupa a 18ª colocação e está agora a cinco pontos do Coritiba, primeira equipe fora da zona de rebaixamento. Além disso, com a derrota deste domingo, a equipe paulista é agora a que mais perdeu neste Campeonato Brasileiro.

Crônica da partida

O Atlético começou a partida exercendo uma enorme pressão sobre o Palmeiras, que procurava se defender para segurar o ímpeto da equipe mineira. Com isso, o Galo encontrava muita dificuldade para concluir as jogadas.

Apesar da pressão da equipe da casa, quem quase abriu o placar foi o Palmeiras. Aos 12min, João Vitor carregou a bola pelo meio e tocou para o Juninho, que estava sozinho na ponta esquerda. O lateral cruzou e Obina bateu prensado pela marcação. Mesmo assim, a bola passou rente a trave direita de Victor.

A resposta da equipe alvinegra ocorreu um minuto depois. Após cobrança de falta pela direita, Bruno saiu mal do gol e Bernard teve duas chances de abrir o placar, mas ambas foram salvas pelos defensores da equipe paulista, que fizeram uma barreira na frente do meia.

Lances do duelo entre Atlético e Palmeiras no Independência - Rodrigo Clemente/EM/D. A Press

Obina bem que tentou, mas não conseguiu balançar a rede da sua ex-equipe (Foto: Rodrigo Clemente/EM/D. A Press)

Logo em seguida, após um contra-ataque rápido, Danilinho tocou para Guilherme, que apareceu bem dentro da área. O atacante dominou e tentou bater cruzado, mas a defesa palmeirense apareceu bem e afastou o perigo.

Um minuto depois, foi a vez do Palmeiras assustar o Atlético. Valdivia fez bom cruzamento pela direita e Obina, em posição de impedimento, cabeceou para o fundo do gol. O gol foi bem anulado pela arbitragem.

Com partida muito pegada, principalmente no meio-campo, o Galo começou a apostar nas bolas alçadas na área, e nos contra-ataques rápidos. Após uma cobrança de escanteio, aos 34min, Guilherme pegou de primeira, sem deixar a bola cair no chão, e quase fez um lindo gol. A bola passou por cima do gol, assustando o goleiro Bruno.

Na chance mais clara do primeiro tempo, o Palmeiras quase abriu o placar aos 40min. Valdivia fez bom cruzamento pela direita e Luan apareceu nas costas da defesa alvinegra. O atacante palmeirense tentou cabecear no contrapé do goleiro Victor, que fez uma grande defesa, evitando o primeiro gol da equipe paulista.

Segundo tempo

O Atlético voltou para a segunda etapa com duas alterações. Danilinho e Leandro Donizete saíram para a entrada Leonardo e Escudero, respectivamente.

Com uma escalação mais agressiva, o Galo quase abriu o placar aos cinco minutos. Ronaldinho deu uma assistência espetacular e Marcos Rocha desperdiçou uma chance incrível.

Logo em seguida, aos sete minutos, o Atlético abriu o placar. Ronaldinho Gaúcho cobrou escanteio pela direita, Leonardo Silva subiu mais que a defesa palmeirense e cabeceou para o fundo do gol. 1 a 0.

Após abrir o placar, a equipe mineira continuou tentando explorar as jogadas em velocidade. Em uma delas, aos 13min, Ronaldinho fez um lançamento espetacular, de letra, e deixou o Júnior César no mano a mano com o seu marcador. Quando o lateral se preparava para invadir a área, João Vítor chegou e cometeu a falta, próximo a área. Ronaldinho cobrou, mas a bola passou por cima do gol.

Aos 19min, Ronaldinho cobrou escanteio curtinho, Bernard recebeu, caminhou com a bola e bateu cruzado. A bola passou próxima a trave esquerda de Bruno, assustando o goleiro palmeirense.

Lances do duelo entre Atlético e Palmeiras no Independência - Rodrigo Clemente/EM/D. A Press

Ronaldinho participou bem de alguns lances e quase deixou sua marca em uma cobrança de falta (Foto: Rodrigo Clemente/EM/D. A Press)

Com o decorrer da partida, o Palmeiras foi crescendo e o Atlético recuando mais. Aos 32min, Valdivia abriu boa bola para o Juninho na esquerda. O lateral dominou e bateu cruzado para mais uma grande defesa de Victor.

Três minutos depois, Bernard fez falta em João Vítor na entrada da área. Na cobrança, Corrêa bateu bem e a bola passou por cima do gol, assustando a equipe atleticana.

Apesar do momento do Palmeiras ser melhor na partida, quem chegou ao gol novamente foi o Atlético. Leonardo deu uma bela assistência para Bernard, que invadiu a área e bateu no canto direito do goleiro palmeirense. 2 a 0.

Nos acréscimos, em nova cobrança de falta da entrada da área, Corrêa obrigou Victor a fazer uma defesa espetacular. O goleiro atleticano espalmou a bola, que pegou na trave direita e sobrou para Luan. O atacante da equipe paulista chegou batendo firme, mas pegou mal na bola, que saiu por cima do gol.

Na cobrança de tiro de meta, Victor mandou a bola para frente e Leandro Amaro deixou passar para o goleiro Bruno. Mas Bernard alcançou a bola antes, driblou o goleiro e mandou para o fundo do gol, ampliando ainda mais o placar. 3 a 0.

ATLÉTICO-MG 3X0 PALMEIRAS

Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data/ Hora: 9/9/2012 – 18h30
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Marcelo Bertanha Barison (RS)
Renda/ público: R$601.235 / 18.033 pagantes
Cartões amarelos: Thiago Heleno 13’/1T (PAL); Guilherme 14’/1T (ATL); Valdivia 21’/1T (PAL); Artur 13’/2T (PAL); Pierre 45’/2T (ATL)

Gol: Leonardo Silva 7’/2T (ATL), Bernard 38’/2T e Bernard 47’/2T (ATL)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Rafael Marques e Junior Cesar; Pierre, Leandro Donizete (Escudero/intervalo), Danilinho (Leonardo/intervalo) e Ronaldinho Gaúcho; Bernard e Guilherme (Serginho 29’/2T). Técnico: Cuca.

PALMEIRAS: Bruno; Artur (Márcio Araújo 16’/2T), Leandro Amaro, Thiago Heleno e Juninho; Correa, João Vitor (Patrik 39’2T), Tiago Real (Maikon Leite 16’/2T) e Valdivia; Luan e Obina. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: