Por mudanças, Marin demite o presidente da Comissão Nacional de Arbitragem

22 08 2012

Substituto de Sérgio Correa já foi anunciado: ex-auxiliar da Fifa, Aristeu Leonardo Tavares assume o cargo

Por Caio Martins

Aristeu Leonardo Tavares (esquerda) é o novo “chefão” da arbitragem brasileira (Foto: Rafael Ribeiro)

– Confesso que não estou satisfeito. Temos de dar exemplo. A arbitragem não corresponde aos anseios dos clubes e dos torcedores. Vamos estudar um pouco mais esse problema. Peço que aguardem. Talvez eu tome outras providências em relação à arbitragem até o fim dessa semana.

Foi com essas palavras que o presidente da CBF, José Maria Marin, mostrou sua insatisfação com o atual momento da arbitragem no futebol brasileiro. Menos de 24 horas após essa declaração, que ocorreu na apresentação do mais novo patrocinador da seleção brasileira, Marin realmente tomou providências. Sérgio Correa não é mais o presidente da Comissão Nacional de Arbitragem. Com a demissão de Correa, Aristeu Leonardo Tavares, coronel da Polícia Militar e auxiliar que participou da Copa do Mundo de 2006, assumirá o cargo.

– Procurar melhorar o nível da arbitragem é um compromisso de honra assumido no primeiro dia da minha administração. Essas mudanças têm o objetivo de continuar nessa busca, que, tenho certeza, vamos conseguir – declarou José Maria Marin ao site da CBF.

Aristeu Tavares disse que a sua nova função é complicada e agradeceu a confiança do mandatário da CBF.

– Não tenha dúvida, presidente, que o trabalho que está sendo desenvolvido na arbitragem vai render bons frutos. Vamos começar com dois objetivos, que são minimizar o erro e apresentar novos árbitros – afirmou o ex-bandeira da Fifa.

José Maria Marin, logo que assumiu a presidência da CBF em abril, pretendia mudanças na arbitragem. Uma das medidas foi colocar o próprio Aristeu Leonardo Tavares como ouvidor de arbitragem da entidade. O cenário, no entanto, não mudou e o presidente da CBF decidiu tomar uma atitude mais drástica e demitiu Sérgio Correa.

Anúncios

Ações

Information

One response

23 08 2012
Cartão vermelho! Erros de arbitragem interferem muito no que poderia ser a real classificação do Brasileirão «

[…] presidente da CBF, José Maria Marin, tomou, na última quarta-feira (22), uma medida drástica: demitiu o presidente da Comissão Nacional de Arbitragem, Sérgio Correa. O coronel da Polícia Militar e ex-auxiliar Aristeu Leonardo Tavares já foi anunciado como seu […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: