Na estreia de Forlán, Inter fica no empate com o Vasco

29 07 2012

Em um 0 a 0 sem graça, Internacional e Vasco deixaram a desejar

Por Gustavo Soler

Forlán se movimentou bem, mas pouco criou no jogo (Foto: Agência do Estado)

Neste sábado (28), Internacional e Vasco se enfrentaram pela décima terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O atrativo do jogo era a estreia de Diego Forlán no time Colorado. A partida foi realizada no estádio Beira-Rio. O jogo foi fraco tecnicamente e o resultado final foi 0 a 0.

O jogo começou com o Vasco dominando a partida. O time carioca trocava passes no meio-campo, mas não chegava do gol. A equipe cruzmaltina teve a primeira chance. Aos oito, Eder Luis recebeu cruzamento, mas não conseguiu chegar na bola em condições para marcar. Dois minutos depois, Fred carregou pelo meio, viu que tinha espaço e mandou de fora da área, mas Fernando Prass fez boa defesa. Com 19 min, D’Alessandro gingou na frente da zaga, invadiu a grande área e finalizou pra fora.

A equipe Colorada começava a ganhar campo, principalmente com D’Alessandro, mas o camisa 10 acabou se machucando na primeira metade da etapa inicial. Com 30 minutos, Fabricio cruzou pela esquerda na cabeça de Elton, que mandou para o gol, porém o lateral estava impedido. Forlán se movimentava muito, mas a bola não chegava até seus pés. Quando ela chegou, o uruguaio passou nas costas de Dedé e finalizou de primeira, mandando pra fora. O camisa 7 do Inter tentava, mas não conseguia bater em gol com a facilidade que demonstrou na Copa do Mundo de 2010.

O segundo tempo era muito ruim tecnicamente. Nenhum dos dois times conseguia chegar à área adversária, ninguém arriscava um chute de longe. O que mais chamou atenção nos primeiros dez minutos foi D’Alessandro mexendo no seu celular no banco de reservas. Aos 14, Felipe bateu falta para dentro da área, a bola pegou uma curva e quase surpreendeu o goleiro Muriel. William Bárbio avançou com velocidade no meio, mas pegou mal na bola e facilitou para Muriel. Com 39 min, Carlos Alberto teve uma chance de abrir o marcador, após tabelas com Felipe. O camisa 84 ficou cara a cara com o gol, mas na hora da finalização mandou pra longe.

O atacante Jajá era um dos piores em campo, mas, em um lance isolado do jogo, o atleta Colorado colocou Dedé para dançar e, na hora do chute, ele mandou na arquibancada. Em busca do primeiro gol, Elton cruzou para Maurides que mandou de cabeça pra fora.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 0 X 0 VASCO

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 28/7/2012 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)
Auxiliares: Emerson de Augusto Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP)

Cartões amarelos: Fred, Guiñazú (INT); Dedé (VAS)
Cartões vermelhos: –

Gols: –

INTERNACIONAL: Muriel; Elton, Bolívar, Índio e Fabrício; Ygor (Josimar – 34’/2ºT), Fred, Guiñazú e D’Alessandro (Marcos Aurélio – 28’/1ºT); Jajá e Forlán (Maurides – 22’/2ºT). Técnico: Fernandão

VASCO: Fernando Prass; Auremir, Dedé, Douglas (Fabrício – 34’/2ºT) e William Matheus; Wendel, Fellipe Bastos, Felipe e Carlos Alberto; Eder Luis (Wiliam Barbio – 21’/2ºT) e Alecsandro. Técnico: Cristovão Borges

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: