Em partida equilibrada, Atlético-MG e Fluminense empatam sem gols

29 07 2012

Com o empate, o Galo que já era líder da competição, abriu dois pontos para o Vasco; jogadores do Fluminense reclamaram de um gol mal anulado pela arbitragem

Por Stéfano Bruno

Confira imagens do duelo entre Fluminense e Atlético, disputado no Engenhão - Dhavid Normando/Photocamera

Em partida equilibrada, Deco e Ronaldinho forem bem ofuscados pela marcação (Foto: Dhavid Normando/Photocamera)

Em uma partida muito equilibrada e com uma grande polêmica no final, Fluminense e Atlético não saíram do 0 a 0 no Engenhão. Resultado ficou de bom tamanho para o Galo, que agora soma 32 pontos, dois de vantagem para o vice-líder Vasco. Já o Tricolor se mantêm na terceira colocação, agora com 26 pontos, quatro a menos que o rival carioca.

A partida que teve um primeiro tempo mais frio, com muitas faltas e com apenas uma grande chance, encontrou na segunda etapa as melhores chances do jogo. Se Danilinho desperdiçou uma chance na frente de Diego Cavallieri, Fred retribuiu e também perdeu uma chance na frente do goleiro atleticano. Aos 43 minutos, Fred chegou a balançar a rede do gol defendido por Victor, mas o seu gol foi mal anulado pela arbitragem.

O Fluminense volta a campo no próximo domingo (05), aonde vai ao Couto Pereira enfrentar o Coritiba, às 16h (de Brasília). Já o Atlético volta a campo no próximo sábado (04), onde enfrenta o Flamengo, novamente no Rio de Janeiro, às 18:30 (de Brasília).

A partida começou equilibrada, com as duas equipes se estudando. Logo na primeira vez que chegou ao ataque, aos três minutos, o Fluminense deu um grande susto no torcedor atleticano que compareceu em bom número no estádio Engenhão. Após um erro de passe da equipe mineira no meio-campo, o Fluminense avançou em velocidade e Carlinhos cruzou para Fred, que teve tempo de dominar e bater para o gol. A bola passou próxima a trave esquerda de Victor.

A partida seguiu bastante equilibrada, mas com o Fluminense com maior posse de bola. Enquanto a equipe carioca buscava as jogadas pelas laterais, principalmente pelo lado esquerdo, a equipe mineira tentava chegar ao gol nas jogadas de bola parada. Em uma delas, aos 14min, Ronaldinho deu trabalho para o Diego Cavallieri.

Confira imagens do duelo entre Fluminense e Atlético, disputado no Engenhão - Dhavid Normando/Photococamera

Com grandes defesas, Victor foi o grande nome da partida (Foto: Dhavid Normando/Photococamera)

Após uma certa pressão do Fluminense quem passou perto de abrir o placar foi o Galo. Aos 31min, Ronaldinho cobrou falta pela esquerda, Danilinho escorou para o meio, Jô subiu mais que os seus marcadores cabeceou fraco, em cima de Diego Cavallieri, que apesar de ter se assustado com a bola, segurou firme.

Quatro minutos depois o Galo voltou a chegar com perigo. Ronaldinho fez grande jogada dentro da área e bateu cruzado, mas Digão apareceu para afastar o perigo. A resposta do Tricolor aconteceu dez minutos depois, quando Carlinhos cruzou pela esquerda e Wellington Nem cabeceou para uma defesa espetacular de Victor.

Segundo tempo

A segunda etapa começou mais movimentada, mas a primeira chance clara só aconteceu aos 13min e foi a favor do Fluminense. Ronaldinho perdeu a bola no meio-campo e Fred saiu na frente do gol. O atacante tocou na saída de Victor que fez outra grande defesa. A resposta da equipe alvinegra veio um minuto depois. Em um contra-ataque rápido, Marcos Rocha recebeu a bola na esquerda e cruzou para Danilinho, que sozinho e na frente de Diego Cavallieri, finalizou muito mal, por cima do gol.

Este lance serviu de motivação para o Atlético que começou a dominar a partida e ter boas oportunidades, quase sempre em velocidade. O que impedia o Galo de abrir o placar era o fato de sempre errar o último passe.

Mas o equilíbrio da partida era visto até mesmo nas chances de gol desperdiçadas. Aos 33min, após cruzamento da direita, Fred subiu mais que o Réver e cabeceou fraco, mas rente a trave esquerda, assustando o goleiro Victor.

Confira imagens do duelo entre Fluminense e Atlético, disputado no Engenhão - Dhavid Normando/Photocamera

Danilinho (esquerda) desperdiçou a melhor chance do Atlético na partida, e Fred (direita), teve um gol mal anulado pela arbitragem (Foto: Dhavid Normando/Photocamera)

Aos 42min, Ronaldinho deu grande assistência para o Jô, que driblou Diego Cavallieri mas perdeu o ângulo e tentou cruzar para a área, mas a defesa do Tricolor afastou o perigo. No lance seguinte, o Fred recebeu livre, driblou Victor e tocou a bola para o fundo da rede. Mas o gol do atacante foi mal anulado pelo árbitro da partida, que marcou impedimento na jogada.

O lance foi o último de perigo na partida que terminou sob protestos dos jogadores do Fluminense sobre a arbitragem.

FLUMINENSE 0 X 0 ATLÉTICO-MG

Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 
29/7/2012, às 16h
Árbitro: 
Rodrigo Braghetto (SP)
Auxiliares: 
Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Vicente Romano Neto (SP)
Cartões amarelos: 
Danilinho, Junior Cesar e Pierre (CAM), Wallace (FLU).


FLUMINENSE: 
Diego Cavalieri, Wallace (Wagner, 32’/2ºT), Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Digão, Jean e Deco; Wellington Nem, Thiago Neves (Marcos Júnior, 24’/2ºT) e Fred. Técnico: Abel Braga.

ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha (Serginho, 39’/2ºT), Leonardo Silva, Réver e Junior Cesar; Pierre e Leandro Donizete; Danilinho (Guilherme, 26’/2ºT), Ronaldinho  e Bernard (Escudero, 26’/2ºT); Jô. Técnico: Cuca.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: